O segundo dia em Londres começou com uma passada breve pelo Regent’s Park, um dos parques reais da cidade, localizado na parte norte da região central. O parque é enorme e rodeado por uma avenida chamada Outter Ring, com 4,3 km de extensão. É um local muito agradável, muito calmo e muito limpo. Em sua área há cerca de nove palacetes, além do zoológico London Zoo, um Jardim de Rosas da rainha Maria e um teatro ao ar livre. A passagem pelo parque foi breve pois ele ficava no meio do caminho entre a estação de metrô Regent’s Park e o museu de cera Madame Tussaud’s, que foi a primeira atração do dia.

Regent's Park - Londres
Regent’s Park

 

O Madame Tussaud’s é o museu de cera mais conhecido do mundo. A unidade de Londres foi onde tudo começou. Há ainda outras 8 filiais espalhadas pelo mundo. Nele estão expostos as figuras de dezenas de personalidades das mais diversas áreas, como atores, cantores, esportistas, políticos, personagens históricos, personagens do cinema, entre outros. Quem ja visitou alguma filial do museu talvez não se impressione muito com o de Londres, pois a maioria das figuras se repetem, com exceção da família real e de celebridades locais, como o piloto Lewis Hamilton. Mas para quem ainda não conhece, vale a pena. É muito divertido e algumas estátuas são tão perfeitas que parecem reais, como por exemplo a do ator Robert Pattinson, do filme Crepúsculo, o polêmico Hitler e o personagem Wolverine.

Robert Pattinson de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Robert Pattinson de cera

 

Helen Mirren de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Helen Mirren de cera

 

Beatles de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Os Beatles de cera

 

Beyonce de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Beyoncé de cera

 

Britney Spears de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Britney Spears de cera

 

Além do circuito das estátuas de cera, o museu conta ainda com outras duas atrações boas. Uma delas é chamada The Spirit of London. É um passeio num carrinho para duas pessoas, tipo um trem fantasma, onde ele faz um percurso através de diversos cenários animados, com bonecos animados e efeitos especiais, que mostram várias épocas e momentos da história da cidade. O passeio dura em torno de 10 minutos e é muito bem produzido.

A outra atração do museu, que foi inaugurada no ano passado, é o cinema Marvel Super Heroes 4D. Esta é a parte legal do museu. É um cinema com tela oval, que lembra um planetário, onde passa um filme exclusivo com os super-heróis da Marvel, como Homem-Aranha, Homem de Ferro, Wolverine, entre outros, que lutam contra um vilão quer destruir o museu Madame Tussaud’s. É um programa de criança, mas os adultos com certeza vão se divertir muito. É bom tentar sentar bem no centro do cinema, para curtir melhor a projeção. E é bom tomar cuidado pra nao levar sustos, como as águas que espirram na gente e pricipalmente as garras do Wolverine, que em alguns momentos cravam nas nossas costas fazendo as pessoas quase pularem da cadeira de susto. Antes do filme começar, a sala de espera é um lounge temático, com uma estátua de cera de quase todos os personagens da Marvel, incluindo um gigantesco incrível Hulk.

Homem-aranha de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
O Homem-Aranha de cera

 

Wolverine de cera - Museu Madame Tussauds, Londres
Wolverine de cera

 

O maior problema do Madame Tussaud’s são as grandes filas que se formam na entrada. Neste dia, haviam duas longas filas, uma que se alongava para o lado direito e outra para o lado esquerdo do museu. Não precisei pegar nenhuma delas, entrei por uma entrada rápida e direta, pois havia comprado meu ticket com antecedência pela internet através de um Combo, que combinava a entrada deste museu com a entrada da roda gigante London Eye, que pertencem à mesma empresa. Comprando os ingressos combinados, consegue-se um desconto de 20%, além de nao precisar as grandes filas que se formam na compra do ticket na hora. Só que, ao comprar estes tickets combinados, deve-se obrigatoriamente visitar primeiro o museu de cera, onde recebe-se o ticket para poder visitar a London Eye. Para ver os preços, comprar os tickets e conhecer as outras possibilidades de pacote, o site é este.

Ao lado do museu encontra-se a estação de metro Baker Street, por onde passa a linha Jubilee, que leva rapidamente até a London Eye. Ao saltar na estação Westminster, logo damos de cara com o famoso Big Ben e o House of Parliament, ou Parlamento. Cruzando a Westminter Bridge em direção à roda gigante é possivel ter uma bela visão do Rio Tâmisa para ambos os lados.

Big Ben - Londres
Big Ben

 

House of Parliament - Londres
House of Parliament

 

Vista da Westminster Bridge - Londres
Vista da Westminster Bridge

 

Roda gigante London Eye - Londres

A London Eye, que tambem é conhecida por Millenium Wheel (roda do milênio) é uma gigantesca roda gigante construída para celebrar a virada do milênio na cidade, e que acabou se tornando um símbolo e uma das atrações mais visitadas. Até 2006 era considerada a maior roda gigante do mundo. São 32 cápsulas que se elevam a uma altura de 135 metros acima do rio Tâmisa, numa volta que dura aproximadamente 30 minutos e ofecere um visual espetacular de toda a cidade.

London Eye - Londres

London Eye - Londres
London Eye - Londres

London Eye - Londres

London Eye - Londres

Vista panorâmica da London Eye - Londres

Vista panorâmica da London Eye - Londres

Vista panorâmica da London Eye - Londres

Vista panorâmica da London Eye - Londres



Vista panorâmica da London Eye - Londres

London Eye - Londres

Vista panorâmica da London Eye - Londres

London Eye - Londres

A roda incialmente iria permanecer no local durante apenas 5 anos e depois seria desmontada. Mas devido ao grande sucesso, foi comprada por um grupo pelo Merlin Enterteinment Group e ganhou licença permanente para operar. Entre as várias opções de pacotes de ingressos há desde uma volta simples até o aluguel de uma cápsula pra fazer festas privadas! A venda de tickets fica num prédio ao lado da torre, próximo ao Aquário de Londres.

A entrada dá direito a assistir um filme antes de entrar na fila da torre. O filme em 4D é exibido em um pequeno cinema no fundo do salão de venda de tickets e mostra belas imagens da cidade e da roda, incluido sua inauguração, com direito a ventos e chuva, embalado pelo som da banda Coldplay. Vale muito a pena assistir. Encontrei um video no youtube de alguém que filmou a projeção. É muito melhor assistir ao vivo, mas da pra ter uma noção de como as imagens são boas.

Saindo da London Eye e cruzando de volta a ponte, chega-se numa caminhada curta ao St. James’s Park, o mais antigo dos parques reais de Londres, fundado por Henrique VIII por volta de 1530. Com cerca de 23 hectares é também um dos mais belos parques ta cidade, possuindo em seu centro um grande lago, repleto de aves. O parque fica a poucos metros de um dos principais pontos da cidade, o palácio real.

St. James's Park - Londres

St. James Park

 


O Palácio de Buckingham é mundialmente conhecido como a residência oficial da rainha. Foi construído entre 1820 e 1837 e possui mais de 775 cômodos. Palco de momentos históricos e marcantes, o palácio serve como local de convívio e entretenimento da família real. É nele também que acontecem os encontros oficais da rainha com chefes de estado que visitam o Reino Unido.

Uma parte do palácio, conhecida como State Rooms, é aberta ao público para visitação, contendo importantes obras de arte da Coleção Real, uma das maiores e mais valiosas coleções privadas do mundo. A visitação é paga e acontece apenas durante um pequeno período do dia. Outra atração muito requisitada envolvendo o palácio é a Troca de Guarda, que acontece diariamente durante o verão e em dias alternados no resto do ano. Uma vez por dia, sempre as 11h15, parte da antiga guarda do Palácio de St. James marcha rumo ao Mall para encontrar a antiga guarda do Palácio de Buckingham, onde aguardam a chegada, às 11h30, da nova guarda que vem de Wellington Barracks, que vem acompanhada de uma banda. As chaves do palácio são entregues da antiga para a nova guarda, enquanto a banda toca. Finalmente as 12h a antiga guarda vai embora, e a nova marcha em direção ao Palácio.

Palácio de Buckingham - Londres
Portão do Palácio

 

Praça em frente ao Palácio de Buckingham



Seguindo a caminhada pela Constitution Hill, à direita do palácio, chega-se à uma das entradas do maior parque da cidade. O Hyde Park ocupa 138 hectares e ja foi utilizado como campo de caça por Henrique VIII e Elizabeth I. Hoje em dia possui uma ótima infra-estrutura, com restaurantes, cafés, banheiros públicos e áreas esportivas para a prática de tênis, hipismo, futebol, entre outros esportes, além de ja ter servido como palco para grandes shows, como o festival Live 8, em 2005. O parque é atravessado pelo lago Serpentine, que possui em uma de suas margens a Fonte Memorial de Diana, uma grande fonte de granito em formato oval que foi construída em homenagem à falecida Princesa Diana.

Hyde Park - Londres
Hyde Park

 




Esquilo no Hyde Park - Londres

Hyde Park - Londres

 

Hyde Park - Londres
Relaxando…

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 4 dias em Londres
O Terminal 5 do Aeroporto de Heathrow, em Londres
Londres – British Museum, Covent Garden, National Gallery e Picadilly
Londres – Science Museum, Natural History Museum e Victoria e Albert Museum
Londres – St. Paul’s Cathedral, Tate Modern, Tower Bridge e Tower of London
Dicas de Restaurantes em Londres
Dicas de Compras em Londres

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...