A história de Florianópolis é cercada por mitos e lendas envolvendo bruxas. Não é à toa que a cidade é considerada “Ilha da Magia”. Uma dessas lendas foi narrada pelo folclorista e historiador Franklin Cascaes e acontece num lugar muito bonito e tranqüilo na Praia do Itaguaçu, localizada junto ao bairro Itaguaçu, na região continental da cidade. O local é famoso por conter dezenas de pedras espalhadas pelo mar que parece estar flutuando, formando um cenário único.

 

 

Este artigo faz parte de uma série de posts sobre Floripa e SC
Clique aqui para acessar o índice com todas as dicas da cidade

 

 

Veja também:
Dicas de restaurantes em Floripa: Lagoa da Conceição e Barra da Lagoa
Onde se hospedar em Floripa: Praia dos Ingleses e Santinho
Um passeio de bicicleta na Ciclofaixa de Domingo em Florianópolis
Um Passeio a pé pelo Centro de Florianópolis

 

A Praia do Itaguaçu é mais um daqueles lugares de Floripa que poucos turistas tem a oportunidade de conhecer, já que está no continente, bem longe das praias mais populares. Há muitos habitantes da cidade que também nunca estiveram lá ou até nem sabem que o local existe. Ela pode ser acessada rapidamente de carro a partir do centro da cidade, num percurso de apenas 5 km, seguindo as placas de sinalização na direção do bairro Coqueiros. É  terceira e última praia da região, bem no final da R. Des. Pedro Silva. Quem está sem carro pode ir ao local de ônibus, pegando a linha que leva o nome do bairro. A água da praia é imprópria para o banho, mas o local é bem agradável para uma caminhada. Ao longo da orla há vários restaurantes, alguns deles indicados no post “Restaurantes em Floripa: A Via Gastronômica de Coqueiros“.

A seguir reproduzo o texto que se encontra fixado numa das pedras na região, contando uma lenda que diz que as pedras, na verdade, são as bruxas e seus convidados…

Praia de Itaguaçu

 

Diz a lenda que as bruxas da região queiram fazer uma linda festa aos moldes da alta sociedade.

O local para o encontro festeiro seria a praia do Itaguaçu, o mais belo cenário da Terra. Todos seriam convidados, os lobisomens, os vampiros e as mulas-sem-cabeça. Os mitos indígenas também compareceram, entre eles estavam os curupiras, os caiporas, os boitatás e muitos outros. Em assembléia, as bruxas decidiram não convidar o diabo pela razão do seu imenso fedor de enxofre e pelas suas atitudes anti-sociais, pois ele exige que todas as bruxas lhe beijem o rabo como forma de firmar seu poder debochadamente absoluto.









A orgia se desenrolava, quando surge de surpresa o diabo que, entre raios e trovões, raivosamente irritado pela atitude marginalizante das bruxas, castiga todos transformando-os em pedras grandes, que até hoje flutuam nas águas do mar verde e azul da praia de Itaguaçu. 

Daí o nome do lugar na línguia dos indígenas: 

Ita = Pedra / Guaçu = Grande – Pedras Grandes

Registrado por Gelci José Coelho – “Peninha”









 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as nas redes sociais utilizando os botões no canto esquerdo da tela
ou, caso esteja no celular, utilize a barra inferior para enviar também pelo whatsapp



Segue um mapa localizando a Praia do Itaguaçu…

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 5 dias nas praias de Florianópolis
Os Parques de Florianópolis
Os Mirantes de Florianópolis
O distrito histórico de Santo Antônio de Lisboa, em Florianópolis
Os melhores locais para fotografar a Ponte Hercílio Luz em Florianópolis
Pôr do Sol em Floripa: as minhas fotos do Instagram

 

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”!
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...