O município de Urubici, na Serra Catarinense, é um dos principais destinos de turismo de aventura do Brasil, com um relevo muito diversificado cheio de montanhas, cachoeiras e rios, ideal para a prática de esportes como rappel, canoagem, trilhas, voo livre, entre outros. Neste post vou mostrar duas belas formações naturais que podem ser visitadas: o Morro do Campestre e a Cascata do Avencal. Há também fotos das inscrições rupestres deixadas há milhares de anos na região.

Morro do Campestre - Urubici/SC
Morro do Campestre – Urubici/SC

 

O Morro do Campestre, também conhecido como Morro da Cruz, é uma formação de arenito localizada 1380 metros acima do nível do mar, localizada nos altos da Serra do Campestre. Partindo do semáforo no bairro Esquina, são 8 km de estrada de chão pela Rodovia SC-439 (Av. Rodolfo Andermann) em direção ao município de Rio Rufino. Há placas indicando a direção correta.

Para subir o morro, é preciso entrar numa propriedade particular. A porteira de muros amarelos fica fechada, mas qualquer um pode abri-la. Na entrada já é possível avistar uma casa, também amarela, onde geralmente tem alguém na parte de fora para receber as pessoas. É preciso pagar uma taxa de R$ 2,00 por visitante para poder seguir adiante e subir o morro.

Estrada para o Morro do Campestre - Urubici/SC
Estrada para o Morro do Campestre

 

Acesso ao Morro do Campestre - Urubici/SC
Porteira do terreno particular

Acesso ao Morro do Campestre - Urubici/SC


O acesso até o alto do morro não é nada fácil e carros pequenos ou baixos não vão conseguir subir. Na primeira subida a estrada parece ser normal, mas depois aparecem crateras enormes na pista que só mesmo um jipe conseguiria passar. Quando eu fui, estávamos num carro alto e só conseguimos subir um pequeno pedaço. Tivemos que voltar e deixar o carro próximo à casa para subir a pé. Uma van que chegou com turistas também não conseguiu subir. O único carro que conseguiu subir enquanto eu estava por lá foi uma Amarok, da Volkswagen.Como o carro não subiu, resolvemos caminhar morro acima. A subida é íngreme e muito cansativa, demorou quase meia hora e nos pegou despreparados, de calça jeans e blusa quente. Eu não tinha lido nenhuma informação de que a estrada era tão ruim, achei que iria chegar lá no alto com facilidade. Mas garanto que o esforço compensa, pois a vista que se tem lá de cima é muito bonita.

Acesso ao Morro do Campestre - Urubici/SC
Subida do morro

Acesso ao Morro do Campestre - Urubici/SC

 

Acesso ao Morro do Campestre - Urubici/SC
Vista do Morro do Campestre - Urubici/SC


No final da estrada há um pequeno estacionamento. Mas para acessar a parte mais alta, onde está a formação de arenito, é preciso subir uma trilha estreita e íngreme, com pedras lisas e muito mato. Depois de chegar à “pedra furada”, ainda é possível subir mais um pouco para acessar as pedras pela parte de cima. É um pouco perigoso pois a área é pequena e estreita, mas o visual que se tem lá do alto é incrível.

Trilha do Morro do Campestre - Urubici/SC
Trilha na parte final
Vista do alto do Morro do Campestre - Urubici/SC
Vista do alto do Morro do Campestre

 

Vista do alto do Morro do Campestre - Urubici/SC
A casa amarela lá em baixo

Morro do Campestre - Urubici/SC

 

Morro do Campestre - Urubici/SC

 

Morro do Campestre - Urubici/SC

 

Vista do Morro do Campestre - Urubici/SC



Quando visitei o Morro do Campestre, fiz três vídeos, que podem ser vistos a seguir. O primeiro foi filmado antes de subir a parte final da trilha. O segundo foi feito em frente à pedra e o terceiro mostra a vista panorâmica a partir da parte de cima da pedra.

 

Outras atrações de Urubici podem ser facilmente acessadas pela Rodovia SC-430, em direção à São Joaquim. Uma delas é um conjunto de Inscrições Rupestres, a apenas 5 km da região central da cidade, com estacionamento próximo e placas indicando a entrada da pequena trilha de fácil acesso.As inscrições fazem parte do principal sítio arqueológico de Urubici e um dos mais importantes de Santa Catarina. São quatro painéis esculpidos num paredão de rochas do Morro do Avencal, deixados por povos que habitaram a região há 3.000 anos. A imagem de maior destaque é chamada de “Máscara do Guardião”, com a imagem perfeita de um rosto.

 

Trilha de acesso às inscrições rupestres de Urubici / SC
Trilha de acesso às inscrições rupestres

Trilha de acesso às inscrições rupestres de Urubici / SC

 

Inscrições Rupestres de Urubici / SC

 

Inscrições Rupestres de Urubici / SC
Inscrições Rupestres de Urubici

Inscrições Rupestres de Urubici / SC



Do local onde estão as inscrições rupestres é possível avisar a Cascata do Avencal, bem distante.

Cascata do Avencal - Urubici / SC
Cascata do Avencal, vista da área das inscrições rupestres

Em frente ao estacionamento das inscrições rupestres, do outro lado da rodovia, há um outro local que pode ser visitado. É o Mirante do Avencal, que tem uma vista panorâmica para todo o município de Urubici.

 

Rodovia SC-430 - Urubici / SC
Rodovia SC-430

 

Vista panorâmica de Urubici - Mirante do Avencal
Urubici, vista do Mirante do Avencal

 

Seguindo pela rodovia em direção à São Joaquim há mais uma atração imperdível que merece ser visitada, a Cascata do Avencal, também conhecida com Cachoeira do Avencal. A estrada de acesso fica a 3 km das inscrições rupestres. Ao sair da rodovia, é preciso dirigir por uma estrada de chão por mais 1,5 km até chegar ao local. A cascata também fica numa propriedade particular e há uma pessoa na portaria cobrando o valor de R$2,00 por visitante.

Estrada de acesso à Cascata do Avencal - Urubici / SC
Estrada de acesso à Cascata do Avencal

 

Estrada de acesso à Cascata do Avencal - Urubici / SC

 

Acesso à Cascata do Avencal - Urubici / SC
Entrada da propriedade particular

 

A Cascata do Avencal tem 100 metros de queda livre e é maravilhosa. Não há muito o que descrever, as imagens já dizem tudo. No local há dois mirantes de madeira. O primeiro é mais próximo à cascata numa área aberta e de fácil acesso. O segundo está um pouco mais afastado, no meio da mata e a partir dele é possível tirar uma foto da cascata por inteiro, sem cortes.

Mirante da Cascata do Avencal - Urubici / SC
Mirante 1

 

Cascata do Avencal - Urubici / SC
Cascata do Avencal – vista do mirante 1

 

Cascata do Avencal - Urubici / SC

 

Cascata do Avencal - Urubici / SC

 

Cascata do Avencal - Urubici / SC
Cascata do Avencal – vista do mirante 2

É possível chegar até a margem da cascata, mas o local é perigoso e com pouca proteção. A área é muito utilizada para a prática de rapel. No terreno também há uma tirolesa bem extensa que passa sobre a cascata, mas no dia que eu visitei ela não estava funcionando.

Vista da beirada da Cascata do Avencal - Urubici/SC
Vista da beirada da cascata

 

Cascata do Avencal - Urubici / SC
Início da queda livre

 

Para finalizar este post, confira o vídeo que eu fiz no mirante 1 da Cascata do Avencal. Nele é possível ver o terreno, o mirante, a cascata, a corda da tirolesa e um pedaço do meu dedo!

 

Procurando hotéis na Serra Catarinense?
Veja algumas opções em Urubici e Bom Jardim da Serra

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 3 dias na Serra Catarinense
Um dia em Urubici, a cidade mais bonita da Serra Catarinense
Urubici – Morro da Igreja, Pedra Furada e Cascata Véu de Noiva
Urubici – Serra do Corvo Branco e Gruta Nossa Senhora de Lourdes
Onde comer em Urubici, na Serra Catarinense
Dica de hotel em Urubici – Serra Bela Hospedaria Rural
O Mirante e a Estrada da Serra do Rio do Rastro, na Serra Catarinense
Um Passeio em Bom Jardim da Serra, na Serra Catarinense
Onde comer em São Joaquim e Bom Jardim da Serra
Um dia em São Joaquim, a cidade mais fria do Brasil
São Joaquim – Degustação de Vinhos na Vinícola Villa Francioni

Mais dicas da serra e de outras cidades catarinenses na página Dicas Floripa e Santa Catarina

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...