Em Dubai tudo é superlativo e o aeroporto não poderia ser diferente. Considerado um dos mais importantes e modernos do mundo, possui uma localização estratégica, servindo como hub da companhia Emirates Airlines e fazendo ligação com mais de 200 destinos em todos os continentes, incluindo o Brasil. Veja neste post mais detalhes sobre o aeroporto, fotos de sua enorme loja duty free e informações sobre o visto que nós brasileiros precisamos ter para entrar nos Emirados Árabes.

Área de embarque do Terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Área de embarque do Terminal 1

Veja também:
Roteiro de 4 dias em Dubai
Conexão longa em Dubai: o que fazer em poucas horas
Onde se hospedar em Dubai: dicas de hotéis
Como é alugar um carro em Dubai e dirigir nos Emirados Árabes

 

O Aeroporto Internacional de Dubai (código DXB) está localizado na região central da cidade, no distrito de Deira. No ano passado foi considerado o 11º aeroporto mais movimentado do mundo, transportando 52,3 milhões de passageiros. Em setembro de 2012 o aeroporto tinha uma movimentação de aproximadamente 6 mil voos por semana, operados por 130 companhias aéreas ligando Dubai a 220 destinos pelo mundo.

A Emirates Airlines opera voos diretos ligando Dubai à duas cidades no Brasil, São Paulo e Rio de Janeiro. Os voos de São Paulo decolam do Aeroporto de Guarulhos diariamente à 1:25h da madrugada, chegando em Dubai às 22:55h do horário local. No sentido inverso, o voo decola às 10:15h de Dubai, pousando em São Paulo às 18:30h. Os voos do Rio também são diários, partindo do Aeroporto do Galeão às 2:06h e chegando em Dubai às 23:05h. No sentido oposto, o voo da Emirates decola às 7:10h em Dubai, pousando no Rio às 14:30h. Os voos diretos da Emirates tem uma duração aproximada de 14 horas.

Outra forma de viajar para Dubai é fazendo conexão em alguma cidade da Europa, através de companhias como Lufthansa, British Airways, Air France, Turkish Airlines, entre outras, ou ainda via África do Sul, com a South African Airways.

Desembarque do terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Desembarque do terminal 1

 

O aeroporto de Dubai possui três terminais. Os dois principais são os terminais 1 e 3, que recebem a maior parte dos voos. Ambos são interligados, permitindo que os passageiros transitem livremente entre um e outro. Um mapa detalhado dos terminais pode ser encontrado no site oficial do aeroporto.

O terminal 1 é utilizado por mais de 100 companhias aéreas. Todas as grandes companhias da Europa, Ásia e Estados Unidos operam neste terminal. Quem vai do Brasil para Dubai, fazendo conexão em alguma outra cidade, provavelmente vai chegar neste aeroporto. Foi o meu caso, já que eu estava em Istambul e peguei um voo da Turkish de Istambul para Dubai.

O terminal 2 fica separado dos outros dois terminais, do outro lado da pista do aeroporto, e é utilizado principalmente por companhias de baixo custo e empresas menores que operam voos para cidades do Oriente Médio e do Golfo Pérsico.

O terminal 3 é exclusivo da Emirates Airlines, a principal companhia aérea dos Emirados Árabes e uma das maiores do mundo.  A empresa australiana Qantas também utiliza este terminal, pois possui um acordo de compartilhamento de voos com a Emirates. Este terminal é um dos mais modernos do mundo e a maior parte dele é subterrânea, incluindo o setor de check-in e retirada de bagagens. É no terminal 3 que chegam os voos diretos que a Emirates que partem de São Paulo e Rio de Janeiro. Infelizmente não tive a oportunidade de conhece-lo, já que não voei por esta companhia, mas consegui umas fotos de um colega que já esteve lá para poder mostrar aqui no blog.

Recentemente foi inaugurada uma extensão do terminal 3 com um setor exclusivo para receber o Airbus A380, o maior avião do mundo. A frota da Emirates já conta com 31 aeronaves deste modelo, fora os que estão encomendados e ainda não foram entregues.

Airbus A380 no Terminal 3 do Aeroporto de Dubai

Airbus A380 no Terminal 3

 

Para se deslocar do aeroporto de Dubai até a cidade, uma das opções é utilizar a linha vermelha do metrô, que possui estações nos terminais 1 e 3. Também há linhas de ônibus que passam pelo aeroporto com destino a várias partes da cidade, serviços de táxi 24h de uma empresa de táxi de propriedade do governo de Dubai, empresas que oferecem transfer privado e ainda diversas opções de locadoras de veículos, cujos guichês se encontram na saída do desembarque, logo após a retirada das bagagens.

Estação de metrô no Aeroporto de Dubai

Estação de metrô no Aeroporto de Dubai

 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as com seus amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 

O esquema do Aeroporto de Dubai é um pouco diferente do que estamos acostumados. Não há um grande saguão de check-in como nos aeroportos brasileiros. Na porta de entrada do terminal 1 há um aparelho de raio-x e somente os passageiros podem entrar. Logo em seguida está a sala de check-in, com os balcões das companhias. Depois vem o setor de controle de passaportes, onde registramos nossa saída dos Emirados Árabes. Ainda é preciso passar por um longo corredor subterrâneo, que passa por debaixo da pista dos aviões, para chegar ao terminal propriamente dito. É lá que estão os portões de embarque, os restaurantes e as lojas.

Área de check-in do Terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Área de check-in do Terminal 1

Corredor de acesso aos portões de embarque - Aeroporto de Dubai

Corredor de acesso aos portões de embarque do terminal 1

Mapa do terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Mapa do terminal 1 com o tempo para chegar a cada portão de embarque

Portão de embarque do Aeroporto de Dubai

Portão de embarque no terminal 1

 

Na parte central do terminal está o Duty Free, com tantas lojas que mais parece um grande shopping center. É o duty free mais completo que eu já vi e certamente um dos melhores do mundo. A variedade de produtos é impressionante. Há uma loja apenas de bebidas, outra apenas de perfumes, outra com roupas de grife, um quiosque com vários modelos de óculos de sol, outro que vende souvenirs e objetos de decoração, uma joalheria com muitas jóias de ouro, e muito mais.

A loja de eletrônicos é uma das melhores, com dezenas de modelos de máquinas fotográficas, telefones celulares, tablets, notebooks, entre outros produtos. Outra loja que me chamou atenção foi uma espécie de mini-mercado, que vende produtos que eu jamais imaginei que fosse encontrar num duty free de aeroporto, como sabão em pó, refrescos em pó tipo Tang e até remédios como aspirina, além de produtos mais comuns, como cigarros, chocolates e outros alimentos.

Só não me peguntem o preço dos produtos do duty free de Dubai, porque fica difícil responder. Mas lembro que comprei um óculo de sol por um preço bem baixo. Deixei pra comprar alguns produtos no duty free de São Paulo, imaginando que estariam com preços melhores que Dubai, mas depois percebi que eu estava enganado. Itens como chocolates e bebidas tinham preços mais baixos em Dubai comparados aos do aeroporto de Guarulhos.

Duty Free do terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Duty Free do terminal 1

Duty Free do terminal 1 - Aeroporto de Dubai

Duty Free do terminal 1

 

As maioria das fotos deste post são todas do terminal 1, pelo qual eu cheguei e saí de Dubai, já que minha companhia aérea era a Turkish Airlines. No terminal 3, da Emirates, a estrutura é um pouco diferente, pois parte do terminal é subterrânea, como as áreas de check-in e controle de passaporte. Os portões de embarque possuem uma estrutura semelhante ao terminal 1, porém são muito mais bonitos e luxuosos.

Terminal 3 - Aeroporto de Dubai

Terminal 3 do Aeroporto de Dubai

 

Nós brasileiros precisamos de um visto para entrar nos Emirados Árabes, seja a turismo ou a trabalho. Esta solicitação de visto é feita através da intermediação de patrocinadores (sponsors), responsáveis pelos visitantes enquanto durar sua estadia no país.

Há vários tipos de sponsors. Quem viaja com a Emirates Airlines pode fazer o processo diretamente com a companhia aérea pelo site, caso a passagem tenha sido comprada on line, ou com a agência de turismo brasileira que a emitiu. O hotel que você vai se hospedar nos Emirados também pode ser um sponsor. Alguns hotéis oferecem o serviço de emissão de visto, basta você solicitar no ato da reserva. Mas como não são todos os hotéis que auxiliam na emissão do visto, é importante confirmar com o estabelecimento antes se ele oferece este serviço.

Outra forma de obter o visto é através de agências de turismo dos Emirados que possuem autorização especial do departamento de Imigração do governo do país para intermediar este tipo de serviço. Foi esta a forma que eu utilizei para solicitar meu visto antes de viajar para Dubai, já que o meu hotel não me ofereceu a opção de emitir o visto.

Meu visto de turista foi emitido com a agência das meninas do site Guia em Dubai, que moram em Dubai e possuem uma agência de turismo que, além de auxiliar com o visto, também faz turismo receptivo, vende passeios e faz reserva de passagens e hotéis. Todo o contato foi feito via e-mail. Foi preciso preencher um formulário, enviar a cópia de alguns documentos e uma foto colorida escaneada, o voucher da reserva do meu hotel em Dubai e também da passagem aérea de ida e volta.

O serviço de emissão de visto com a agência de Dubai custou 220 dólares e o pagamento foi realizado por um depósito numa conta brasileira. A taxa para emissão do visto é um requerimento do Departamento de Imigração do Governo e precisa ser paga  no ato da solicitação, independente do tipo de sponsor que você escolhe. Veja informações mais completas sobre o visto para os Emirados Árabes no site Guia em Dubai.

Quando recebi meu visto, imprimi e levei o documento junto com meu passaporte. Ao embarcar em Istambul, rumo a Dubai, já tive que mostrar meu visto para a funcionária da companhia aérea antes de entrar no avião. Quando cheguei no Aeroporto de Dubai, me dirigi ao setor de controle de passaporte e apresentei meu visto e meu passaporte ao oficial, que apenas conferiu as informações no sistema e liberou minha entrada. Enquanto estava na fila percebi que algumas pessoas tinham que responder muitas perguntas, mostrar outros documentos e algumas até tiveram que fazer reconhecimento da retina, não consegui entender direito o critério. A minha passagem, pelo menos, foi rápida e tranquila, sem perguntas.

Imigração do terminal 3 - Aeroporto de Dubai

Setor de controle de passaportes do terminal 3

 

Posts Relacionados:
Emirados Árabes: informações úteis e impressões de Dubai e Abu Dhabi
Como é voar com a Turkish Airlines para Istambul e Dubai
Dicas de Compras em Dubai: shoppings, outlets e souks
Dicas de Restaurantes em Dubai
Casas de Câmbio em Dubai e a moeda dos Emirados Árabes
Dica de hotel em Dubai: Holiday Inn Express Jumeirah
O Metrô de Dubai: estações, preços e mapa

 

Veja também:
O Aeroporto de Abu Dhabi e o que fazer numa conexão longa
Como é voar na Classe Executiva da Etihad Airways para Abu Dhabi e Cingapura
O Aeroporto de Istambul, Tax Free e Transfer para o Hotel
Voar com a Lufthansa para a Alemanha e o Aeroporto de Frankfurt
O Terminal 5 do Aeroporto de Heathrow, em Londres
Aeroporto de Montevidéu, o mais moderno da América Latina
Conexão longa em Guarulhos: O que fazer para passar o tempo?

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...