A escolha do hotel é uma etapa muito importante na preparação de uma viagem e sempre surge aquela dúvida de onde ficar hospedado. Buenos Aires oferece uma grande variedade de hotéis em bairros como o Centro, Puerto Madero, San Telmo, Recoleta e Palermo. O site Booking.com, do qual o blog faz parte do programa de afiliados, apresenta quase 600 opções de hospedagem na capital da Argentina e você certamente vai encontrar um com o estilo que você gosta. Veja neste post algumas sugestões.

Obelisco de Buenos Aires

Obelisco no centro de Buenos Aires

 

Veja também dicas de hospedagem em outras cidades:
Hotéis em Montevidéu
Hotéis em Santiago
Hotéis em Mendoza

 

Você já se hospedou em algum destes hotéis? Tem outros para indicar?
Deixe seu comentário no final desta página.

 

O Centro de Buenos Aires é a área com a maior concentração de hotéis da cidade e geralmente é o local escolhido por quem a visita pela primeira vez, por estar próximo de muitos dos principais pontos turísticos da cidade e que podem ser visitados a pé.

O Microcentro compreende os quarteirões localizados entre as avenidas Cordoba, Av. de Mayo e 9 de Julio, incluindo a famosa rua de compras Calle Florida e o shopping Galerias Pacífico. Nesta área há vários hotéis cujas diárias custam entre 100 e 200 reais, como o Dazzler Maipu, o Aspen Towers, o Reconquista Luxor, o Lafayette Hotel, o Claridge Hotel, o Galerias Hotel, o Tritone Hotel, o Hotel Esplendor e o hotel Tryp Buenos Aires.

Quem deseja se hospedar no microcentro e está disposto a pagar um pouco mais em busca de comodidade e sofisticação encontra hotéis na faixa de 200 a 400 reais a diária, como o NH Latino, o 725 Continental, o Panamericano, o Reagal Pacific e o Sheraton Libertador Buenos Aires.

Próximo ao microcentro está o bairro Retiro, nos arredores da Plaza San Martin, a poucas quadras da Galerias Pacifico, uma área com hotéis mais sofisticados e requintados, como o Sofitel Buenos Aires, o Park Tower, o Sheraton Convention e o Plaza Hotel, mas que também dispõe de algumas opções mais acessíveis, como o Embajador, o Argenta Tower e o NH Crillon.

Do lado esquerdo da Av. 9 de Julio (para quem olha no mapa), está o bairro Congreso, numa área entre o Teatro Colón, o Obelisco e o Congresso de Buenos Aires. Já me hospedei nesta área duas vezes, em hotéis ao longo da Av. Corrientes, o Broadway All Suites e o Novotel Buenos Aires, ambos muito bons, principalmente o segundo, cujo relato da estadia pode ser lido no post “Dica de hotel em Buenos Aires: Novotel Buenos Aires“.

Próximos a estes dois hotéis, há outros com diárias entre 100 e 250 reais, como o NH Tango, o Lennox Buenos Aires, o Icaro Suites, o Europlaza e o Ibis Congresso. Clique aqui e veja outras opções de hospedagem no centro de Buenos Aires.

Suíte Standard - Novotel Buenos Aires

Suíte do Novotel Buenos Aires

 

Puerto Madero é uma dos locais mais visitados da cidade, está próximo do centro e concentra algumas das melhores opções de hospedagem de Buenos Aires, como o Hilton Puerto Madero, o Faena Hotel e o Hotel Madero. São hotéis mais caros, ideais para quem busca luxo, sofisticação e boa gastronomia.

O bairro San Telmo, que também está próximo ao centro e a Puerto Madero e que promove todos os domingos uma famosa feirinha de artesanatos na rua, possui muitos hotéis com diárias entre 50 e 150 reais, como o Bohemia Buenos Aires, o La Casona del Alma, o Hotel Scala, o Hotel Babel e o Viejo Telmo. Veja outro hotéis em San Telmo.

Hilton Buenos Aires - Puerto Madero

Hilton Buenos Aires – Puerto Madero

 

A Recoleta é um bairro residencial classe média-alta localizado entre o centro e o bairro Palermo, onde estão atrações como o Cemitério da Recoleta e a Flor de Metal. É uma boa opção para quem quer fugir do agito do centro e ter um contato mais próximo com o dia-a-dia dos portenhos.

Os hotéis na Recoleta não são tão acessíveis quanto na região central. Com diárias entre 200 e 300 reais é possível encontrar hotéis como o Art Suites, o Howard Johnson Recoleta, o Intersur, o Urban Suites e o Sileo Hotel. É na Recoleta que está a Avenida Alvear, uma das mais luxuosas da cidade. Nos arredores desta avenida estão alguns hotéis caros e sofisticados, como o Alvear Palace, o Park Hyatt, o Hub Porteño e o Four Seasons. Para pesquisar outras opções neste bairro, clique aqui.

Outro bairro muito bacana de se hospedar é Palermo, principalmente nas áreas conhecidas como Palermo Soho e Palermo Hollywood. Como fica um pouco mais afastado do centro, não é tão recomendado para quem visita a cidade pela primeira vez, mas se você já conhece Buenos Aires ou mesmo se não conhece e quer curtir o clima descolado de Palermo, vale a pena olhar as opções deste bairro, que oferece bons restaurantes, lojas e ruas arborizadas com construções baixas.

Em Palermo Soho, a maioria das hospedagens são hotéis no estilo boutique ou design, com poucos quartos, um clima bem intimista e diárias entre 200 e 400 reais. É o caso do Mine Hotel, onde já me hospedei e gostei bastante. Outras opções com essas características incluem o Ultra Hotel, o 5411 Soho, o L’Hôtel Buenos Aires, o Nuss, o Soho Point e o Legado Mítico. Pesquise outros hotéis em Palermo.

Mine Hotel - Palermo, Buenos Aires

Suíte do Mine Hotel – Palermo

 

Os hotéis apresentados neste post são apenas algumas das centenas de opções do site Booking.com. Clique aqui para ver todos os hotéis disponíveis em Buenos Aires. Você pode pesquisar os preços na data da sua viagem, classificando-os por valor mais baixo da diária, notas dos hóspedes e também por bairro. Procure sempre ler a opinião de outros hóspedes antes de reservar o hotel desejado e preste bastante atenção nas condições de pagamento, pois elas podem variar de um hotel para o outro.

Ao retornar de viagem, deixe um comentário aqui nesta página dizendo em qual hotel você ficou hospedado e como foi sua estadia. Seu relato pode auxiliar outros leitores do blog que ainda estão indecisos em relação a qual hotel escolher em Buenos Aires.

 

Gostou das dicas? 
Compartilhe-as com seus amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela.

 

Posts Relacionados:
Os Táxis e o Metrô de Buenos Aires: preços, golpes e dicas de segurança
Câmbio em Buenos Aires: qual moeda levar e como trocar pesos argentinos
O Aeroporto de Buenos Aires Ezeiza, Duty Free e Transfer para o Hotel
Dica de guia privado que fala português em Buenos Aires
Dicas de Restaurantes em Buenos Aires
Dicas de Compras em Buenos Aires

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...