publieditorial 2

A capital catarinense, Florianópolis, faz jus ao título de “Ilha da Magia”. A cidade que começa no continente e termina em ilha é capaz de oferecer um verdadeiro mix de paisagens e atrações. Misturando dunas, praias, morros, lagoas, montanhas e manguezais, Floripa vai muito além de suas 42 praias oficiais.

O destino não deixa a desejar, estando à altura de outros grandes polos turísticos nacionais e internacionais. Para comprovar isso, nada melhor do que fazer um tour pela cidade, desfrutando de todas as belezas e magias da capital catarinense. Alguns pontos podem ser considerados parada obrigatória, sendo conhecidos como verdadeiros cartões postais da cidade. Nesse quesito, a Ponte Hercílio Luz, fechada ao tráfico e tombada pelo patrimônio histórico nacional, assim como a Lagoa da Conceição, repleta de bares, restaurantes e boates, são os grandes destaques

Ponte Hercílio Luz - Florianópolis

Ponte Hercílio Luz – Florianópolis

 

Acesse o índice de posts com todas as dicas de Florianópolis

 

Durante o tour pela Ilha da Magia fica fácil perceber os traços da cultura açoriana, presentes desde o período de sua colonização. Como herança, bairros como Santo Antônio de Lisboa e Ribeirão da Ilha enchem os olhos de quem aprecia o turismo histórico, com costumes e arquitetura características. E se o assunto é história, é claro que o Centro Histórico de Florianópolis não poderia ficar de fora.

Nos intervalos do passeio, o visitante tem a chance de fazer boas compras no Mercado Público Municipal. Inaugurado em 1898, o prédio reúne diversos bares e boxes onde são encontrados desde peças artesanais, a alimentos típicos da região. O artesanato catarinense também atrai consumidores na Casa da Alfândega onde está abrigada a galeria da Associação de Artistas Plásticos de Santa Catarina. Além dela, a Casa Açoriana é outro popular espaço para venda de artesanato, com destaque para trabalhos em pintura, escultura, cestaria e renda.

Mercado Público de Florianópolis

Mercado Público de Florianópolis

 

O passeio cultural fica completo com a visita às variadas opções de teatros e museus da cidade, como o Teatro Álvaro de Carvalho e o Museu Histórico de Santa Catarina – Palácio Cruz e Sousa. Já para os mais espirituosos, o tour conta com paradas religiosas, como a Catedral – Matriz de Florianópolis – com seu acervo arte sacra e, a Igreja de Nossa Senhora do Rosário e São Benedito que, apesar de singela, surpreende pela beleza de sua escadaria, em meio ao Centro Histórico da capital.

Diante de tantas possibilidades, fica claro que a ilha de Florianópolis reúne mais magia do que se pode imaginar. Parte dessa magia, sem dúvida, começa na cozinha dos bares e restaurantes ou, até mesmo, nas tendas e barracas à beira do mar. O turismo gastronômico, por sua vez, tem em Floripa um paraíso dos frutos do mar – ressaltando o fato de que a cidade é a maior produtora de ostras do país. No Ribeirão da Ilha e nos arredores da Lagoa da Conceição, por exemplo, os restaurantes capricham na hora de servir o molusco, acompanhado de sequências de camarões, peixes, farofas e petiscos tipicamente praianos.

Lagoa da Conceição

Lagoa da Conceição

 

Por falar em praia, o tour pela Ilha da Magia só fica completo com as suas belíssimas – e numerosas praias. As opções, portanto, podem ser dividas da maneira mais cômoda para o turista, de acordo com seu perfil e preferências. A galera do surfe encontra o seu território no Leste e no Sul, em praias como MoleCampeche e, principalmente, Joaquina. É na Joaquina também que o surfe nas dunas ganha espaço, atraindo adeptos do sandboard.

Quem busca tranquilidade tende a gostar da parte meridional da cidade, nas areais de Pântano do Sul e Lagoinha do Leste. Os mais ousados, porém, podem partir rumo à Galheta, a única praia de naturismo de Floripa. Para as famílias e jovens em férias, uma boa pedida são as areias de Canasvieiras e Jurerê. Aliás, são nessas praias que resplandece grande parte da vida noturna de Florianópolis, dentro dos vários clubes e restaurantes com cardápios internacionais da região.

Praia Mole

Praia Mole

 

Opções de lazer, portanto, não faltam. Mas se a intenção é ir ainda mais além, o visitante tem a chance de curtir a badalação de praias vizinhas, como acontece em Balneário Camboriú e Bombinhas – ambas a poucos quilômetros da capital catarinense. A solução, nesse caso, é escolher uma das empresas de ônibus disponíveis e embarcar rumo a novos destinos.

Para isso, a alternativa ideal é reservar as passagens com antecedência e uma boa forma de fazer isto é utilizando os serviços do site Quero Passagem, que proporcionam mais comodidade aos viajantes, tornando possível a reserva  de poltronas através da internet. Dessa forma, o tour pela região de Floripa tem tudo para se tornar muito mais prático e organizado, fazendo com que o turista fique livre e despreocupado para desfrutar de toda a magia que essa ilha tem a oferecer.

 logo-tranparente

 

* Post patrocinado pelo portal Quero Passagem
O texto apresentado é de responsabilidade da empresa e as imagens são de autoria do blog.

Clique aqui e veja como anunciar no Meus Roteiros de Viagem

 

 

Acesse o índice de posts com todas as dicas de Florianópolis

 

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...