Chegamos em Berlim por volta de 14h15. Optamos por pegar um taxi, pois era a opção mais rápida. A corrida até nosso hotel, que ficava no bairro Schöneberg, durou uns 20 minutos e custou uns 15 euros. Havia a opção de pegar o transporte público, mas depois de 11 horas de viagem ia ser muito empenho pegar ônibus com malas.

Imaginei que o aeroporto de Berlim seria bem maior do que realmente é. Na verdade Berlim tinha, até pouco tempo, 3 aeroportos: Tegel, Schönenfeld e Tempelhof. Este último foi desativado em 2009. O aeroporto de Tegel, que eu pousei e que recebe os principais voos, será desativado no próximo ano, quando inaugurar o novo aeroporto da cidade, o Aeroporto Internacional Berlin-Brandenburg, que será enorme e irá substituir os dois que estão em operação atualmente. 

(atualização maio de 2012: o aeroporto Tegel vai operar até o início do ano que vem, pois a inauguração do novo aeroporto de Berlim foi adiada para o primeiro semestre de 2013)

O que eu mais gostei no aeroporto de Tegel é a sua praticidade. Saímos do avião direto para a esteira de bagagem, que fica logo na saída do portão de embarque. Acho que cada portão tem sua própria esteira, ou então portões vizinhos dividem a mesma esteira. Assim não precisamos caminhar um aeroporto inteiro para chegar na área de esteiras e ainda ter que procurar em qual delas está a mala. Depois de pegar a mala é só sair da área de embarque/desembarque que já estamos na porta de saída para a rua.

O formato hexagonal do terminal 1 permite que os táxis nos peguem ou deixem na frente do portão de embarque/desembarque. Se a chegada já foi pratica, a saída foi mais ainda. No dia que voltamos ao aeroporto para pegar o voo para Londres, o taxista nos deixou na frente do nosso balcão de check-in. Haviam 4 posições de atendimento, todas para o nosso portão de embarque. Atrás do check-in já estava o balcão de imigração e o raio-x. Era só passar no raio-x que ja estávamos no portão de embarque. Mais prático impossível… não precisamos de imigração e raio-x coletivos e nem ficar procurando o portão.

Imagem de satélite do atual aeroporto Berlin-Tegel

 

Projeto do futuro Aeroporto Internacional Berlin-Brandenburg

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 5 dias em Berlim
Onde se hospedar em Berlim: dicas de hotéis
Dicas de Restaurantes em Berlim
Dicas de Compras em Berlim: lojas de departamento, outlets e shoppings
Dica de Hotel em Berlim – Holiday Inn Express Berlin City Centre West
Berlin Welcome Card: o cartão de descontos de Berlim
Voar com a Lufthansa para a Alemanha e o aeroporto de Frankfurt

Conheça outros aeroportos já publicados no blog:
O Aeroporto de Santiago e transfer para o hotel com a Transvip
O Aeroporto de Budapeste e Transfer para o Hotel
O Aeroporto de Praga e Transfer para o Hotel
O Terminal 5 do Aeroporto de Heathrow, em Londres
O Aeroporto de Joanesburgo e o Gautrain, o trem de alta velocidade da África do Sul
O Aeroporto Internacional da Cidade do Cabo

 

⇒ PARA SUA VIAGEM ⇐

+ Seguro Viagem
Para fazer uma viagem tranquila e segura, lembre-se de adquirir o seu seguro de viagem na SegurosPromo, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços. Obtenha 5% de desconto na sua compra inserindo o código promocional MEUSROTEIROS5 no campo indicado da tela de pagamento. Você pode pagar o seu seguro em até 12x no cartão, mas se preferir pagar no boleto, ganha na hora mais 5% de desconto.

+ Hotéis
Confira as melhores ofertas de hotéis em Berlim no Booking, site parceiro do blog há mais de 7 anos.

+ Aluguel de Carro
Se você está pensando em alugar um carro na Europa, faça sua cotação e reserva pela RentalCars, a maior empresa on-line de aluguel de carros do mundo, parceira do blog e que pertence ao mesmo grupo do Booking, sinal de qualidade e confiança.

 

⇒ REDES SOCIAIS ⇐

+ Siga o blog no Instagram @meusroteirosdeviagem e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem
+ Curta e compartilhe os posts no Facebook seguindo a fan page do Meus Roteiros de Viagem.