Na minha visita a Bangkok tive a oportunidade de fazer uma atividade inédita em minhas viagens: participar de uma aula de culinária típica, neste caso da cozinha tailandesa, que é uma das minhas preferidas. A aula aconteceu na “The Oriental Thai Cooking School” do hotel Mandarin Oriental Bangkok, onde os alunos aprendem a fazer uma sequência de pratos completa, da entrada à sobremesa, e no final ainda tem a oportunidade de saborear tudo aquilo que foi preparado durante a aula. Neste post mostro em detalhes como foi esta experiência.

Hotel Mandarin Oriental Bangkok

Hotel Mandarin Oriental, Bangkok

 

O hotel Mandarin Oriental Bangkok está localizado às margens do rio Chao Phraya e é considerado um dos mais luxuosos e tradicionais da Tailândia. Fiquei hospedado nele durante minha passagem pela cidade e publiquei um realto da estadia neste outro post. Entre as atividades oferecidas, participei da aula de culinária tailandesa, que inclui um almoço num dos restaurantes do hotel.

O espaço dedicado à escola “The Oriental Thai Cooking School” encontra numa área do outro lado do rio que também pertence ao hotel e que abriga outras instalações como o The Oriental SPA, o restaurante Sala Rim Naam, quadras esportivas, academia e outros serviços. Para chegar lá há um barquinho exclusivo do hotel que fica fazendo o trajeto de ida e volta o dia inteiro.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

The Oriental Thai Cooking School – Mandarin Oriental Bangkok

 

As aulas de culinária thai acontecem de segunda à sábado, das 9:00h às 13:00h. Elas são feitas apenas no idioma inglês e podem ser frequentadas tanto por hóspedes do hotel quanto por quem está hospedado em qualquer outro lugar da cidade. É essencial fazer a reserva com antecedência para garantir um lugar, já que o número de vagas é bem limitado. As informações de contato podem ser encontradas neste link do site do hotel.

Cada aula tem o custo de 3600 bahts por pessoa, o equivalente a cerca de 320 reais. Nela o aluno é apresentado aos ingredientes típicos da culinária tailandesa e aprende a fazer um banquete completo, com entrada, salada, prato principal e sobremesa. Ao final, todos os alunos sentam à mesa num sofisticado restaurante para ter como almoço as comidas que eles próprios acabaram de fazer na sala de aula.

O aprendizado acontece em dois ambientes. Na sala de aula, com capacidade máxima para 16 alunos, observamos e aprendemos com o chef como lidar com os ingredientes e preparar cada prato. Depois, na sala ao lado, acontece a “aula prática”, onde os alunos são divididos em pequenos grupos e dispostos em três ilhas equipadas cada uma com fogão e tábuas para cortar os alimentos.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Sala de aula

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Espaço para botar em prática os ensinamentos

 

Neste dia havia cinco alunos na aula, sendo que um deles era um senhor alemão que já estava ali pela terceira vez. Ele já tinha frequentado a aula de culinária no Mandarin Oriental em viagens anteriores a Bangkok e decidiu fazer uma nova aula para aprender novos pratos.

Cada dia da semana o cardápio muda, isto é, os pratos ensinados na segunda-feira são diferentes dos pratos da terça-feira, e assim por diante. Por isso quem é apaixonado pela comida thai pode até fazer um curso completo de seis dias e aprender ao todo 24 pratos típicos. O cardápio da escola está disponível neste link, onde é possível visualizar quais pratos são feitos em cada semana, assim o aluno já pode saber com antecedência o que vai aprender e pode escolher qual dia possui o prato que mais lhe agrada.

Minha aula foi num sábado e o menu do dia era o seguinte:
Entrada –  Rice Crackers With Peanut Sauce, uma espécie de canapé crocante de arroz com molho de amendoim.
Salada – North-Eastern Style Grilled Pork Salad, uma salada com filés de carne suína grelhada.
Prato principal – Red Curry of Roasted Duck, com pedaços de carne de pato assada com molho de curry vermelho.
Sobremesa – Glacé Bananas with Coconut Cream Toping, com bananas flambadas ao molho de côco.

Para auxiliar no aprendizado, cada aluno recebe uma pastinha da escola com todas as receitas impressas, além de outras folhas explicando os vegetais, as frutas e os temperos típicos da cozinha tailandesa também recebemos um avental bordado bem bacana com o nome da escola para levar de lembrança para casa.

Pasta com receitas e o avental de brinde

Pasta com receitas e o avental de brinde

 

O professor da escola é o Narain Kiattiyotcharoen, mais conhecido por Chef Narain. um tailandês muito gente boa e que possui uma ótima didática. Ele era professor de inglês e por isso fala a língua fluentemente, o que torna mais fácil a sua compreensão.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

O professor Chef Narain

 

Na sala de “aula teórica” há um espelho estrategicamente posicionado acima da bancada do chef, onde os alunos podem observar tudo que está acontecendo, acompanhado com detalhes deste o manuseio e corte dos ingredientes ao cozimento dos alimentos no fogão.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Espelho para observar a preparação do chef

 

Neste meu relato não vou entrar em detalhes sobre tudo que foi falado na aula e também não vou ensinar como os pratos são feitos, apenas vou mostrar as etapas da aula explicando uma coisa ou outra. Eu tenho todas as receitas impressas aqui comigo, então se você leitor do blog tiver muita vontade de conhecê-las eu até posso enviar uma cópia por e-mail, lembrando que elas estão no idioma inglês.

No início da aula, depois se se apresentar e falar um pouco de sua história, o chef nos introduziu aos principais ingredientes utilizados na culinária tailandesa. Também tivemos a oportunidade de conhecer a pequena horta cultivada no quintal da escolha, onde ele pega muitos temperos utilizados nas aulas, como manjericão, coentro, hortelã, entre outros.

Ingredientes típicos da culinária tailandesa

Ingredientes típicos da culinária tailandesa

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Pequena horta na área externa da escola

 

Para explicar a diferença de determinados ingredientes típicos ele nos serviu uns docinhos para que pudéssemos perceber a diferença de cada sabor e textura.

Docinhos para começar

Docinhos para começar

 

Em cada etapa da aula, o chef prepara a sua versão do prato ensinando o passo a passo e depois serve uma pequena porção do que foi preparado para cada aluno degustar. Após esta breve degustação é hora de botar em prática o aprendizado.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

O chef Narain em ação

 

O primeiro prato ensinado foi a sobremesa, para que ela pudesse ficar na geladeira esfriando até a hora de ser servida. Nesta imagem abaixo está a pequena degustação da sobremesa feita pelo chef, uma banana  meio caramelizada com calda de côco.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Provando a sobremesa

 

Durante a aula o chef Narain explica a diferença que existe entre cada tipo de pimenta. Uma coisa que aprendi e lembro bem é que quanto menor a pimenta, mais forte ela é, ou seja, aquelas bem pequenininhas são as mais poderosas.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Ensinando as diferenças entre as pimentas

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Diferentes tipos de pimenta

 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as com seus amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 

O chef possui a ajuda de um assistente que ajuda-o a cortar e separar os alimentos e temperos para que a aula não fique tão demorada.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Chef Narain com seu ajudente

 

O segundo prato ensinado foi uma entradinha feita com uma espécie de chips de arroz acompanhado de um molho de amendoim apimentado.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Cracker de arroz com tempero e amendoin

 

Eu não sou muito bom na cozinha, mas durante a aula eu tive que “botar a mão na massa”. Além de aprender algumas coisas novas acabei me divertindo bastante.

Eu tentando aprender a cozinhar

Eu tentando aprender a cozinhar

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Preparando o molho de curry

 

O terceiro prato ensinado foi o pato assado com molho de curry vermelho. Quem está acostumado com a cozinha tailandesa pode imaginar o quanto apimentado estava este prato!

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Pato assado com molho de curry vermelho

 

Por fim o chef nos ensinou a preparar a salada com filé de suíno grelhado. Entre os temperos, claro, não poderia faltar uma pimenta também nesta salada.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Preparando a salada

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Salada com lombo grelhado

 

A parte teórica e prática da aula termina pouco depois do meio-dia e enfim chega o momento mais esperado, a hora de almoçar os pratos que nós mesmos preparados durante aquela manhã. O almoço é servido no melhor estilo bistrô e acontece no Sala Rin Naam, um dos vários restaurantes do hotel Mandarin Oriental Bangkok e que está localizado bem ao lado da escola. Ele possui uma decoração típica tailandesa, que torna a refeição ainda mais especial.

Restaurante Sala Rim Naam - Maindarin Oriental Bangkok

Restaurante Sala Rim Naam

 

Sentamos todos na mesma mesma e fomos atendidos pela equipe do restaurante. Cada aluno recebe sua porção individual que contém toda a sequência de pratos ensinados e preparados durante a aula, além de uma porção de arroz e um copo de água.  É difícil dizer qual prato gostei mais, pois estava tudo muito saboroso.

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Almoço servido no restaurante Sala Rim Naam

The Oriental Thai Cooking School - Mandarin Oriental Bangkok

Sobremesa: banana flambada com creme de côco e frutas típicas

 

Durante minha estadia no Mandarin Oriental Bangkok tive a oportunidade de jantar uma noite neste mesmo restaurante e presenciei um belo show de danças típicas que acontece todas as noites no local.

Apresentação de dança típica no Sala Rim Naam - Mandarin Oriental Bangkok

Apresentação de dança típica no Sala Rim Naam

 

A aula na “The Oriental Thai Cooking School” foi uma das coisas que eu mais gostei de fazer em Bangkok, superou as minhas expectativas. Foi uma experiência diferente e agradável, que foge daquele circuito de templos e pontos turísticos quentes e abarrotados de turistas. Depois desta aula certamente vou passar a incluir mais atividades culturais e gastronômicas nos roteiros das minhas próximas viagens.

 

Você já fez uma aula de culinária na Tailândia ou em algum outro país? Como foi a sua experiência?
Deixe seu relato no final deste post!

 

 

* O blog fez a aula à convite do Mandarin Oriental Bangkok e com o apoio da XMART.

 

 

Posts Relacionados:
Bangkok: Nas águas do Mercado Flutuante de Damnoen Saduak
Bangkok: O inusitado Mercado do Trem de Maeklong
Como é ficar no luxuoso hotel Mandarin Oriental Bangkok
O Aeroporto de Bangkok Suvarnabhumi e Transfer para o Hotel
Como é voar na classe executiva da Hong Kong Airlines
Hong Kong: Montanhas-russas e Pandas no Ocean Park
Hong Kong: O mirante sky100 no prédio mais alto da cidade
Como é ficar hospedado no hotel Conrad Hong Kong

 

 Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...