Neste post apresento minha sugestão de roteiro de 5 dias em Berlim, com base nas coisas que eu fiz e que poderia ter feito. Fiquei 5 dias na cidade e não foi o suficiente para conhecer tudo que gostaria… a cidade certamente merece outras visitas. No final da página há uma lista de links com tudo que já foi publicado sobre Berlim no blog e também um mapa com a localização de todas as dicas e o traçado sugerido para cada um dos dias.

Portão de Brandemburgo

 

Se você vai viajar para o Leste Europeu, veja também os roteiros de Praga e Budapeste:
– Roteiro de 3 dias em Praga
– Roteiro de 3 dias em Budapeste

 

Procurando hotel em Berlim?
Veja as sugestões do post “Onde se hospedar em Berlim: dicas de hotéis“.

 

E você já fez o seu seguro de viagem para visitar Berlim?
A Alemanha faz parte dos países que assinaram o Tratado de Schengen, um acordo que define certas regras para quem quer visitar alguns países da Europa, em que foi estabelecida a obrigatoriedade de um seguro de viagem para turistas. Em parceria com Mondial Assistance, o blog oferecer aos leitores do site um desconto de 15% na compra de seguros de viagem. Clique aqui saber como efetuar a compra e pegar o seu código do cupom de desconto.

 


Dia 1

Uma ótima maneira de começar bem o passeio em Berlim é visitando o Reichstag – o edifício do Parlamento Alemão, palco de momentos históricos, que mistura uma arquitetura antiga com a modernidade da sua cúpula de vidro. A visita é gratuita acontece na cúpula e no terraço, através de um audio guia (em português) que fornece várias informações interessantes sobre a cidade. No verão há muitas filas, então é ideal chegar cedo para aproveitar bem o dia. (ATUALIZAÇÃO 21 Agosto 2011: devido à grande demanda e também por questões de segurança, as visitas ao Reichstag agora devem ser agendadas previamente através do [email protected] , sendo necessário informar a data desejada da visita, assim como o nome completo e a data de nascimento de cada um dos visitantes. Mais informações podem ser encontradas, em inglês, no site oficial do parlamento). Mais detalhes no post ”  Berlim – Parlamento Alemão, Alexanderplatz e East Side Gallery

Saindo do parlamento, seguir pela Ebertstrasse em direção ao Portão de Bradenburgo, passando direto por ele e chegando ao Monumento às vítimas do holocausto, que parece um cemitério, com mais de 2 mil blocos de concreto. É um ótimo local para tirar fotos. Depois, continuando pela Ebertstrasse chega-se à Potsdamer Platz, a praça que atualmente simboliza a modernidade em Berlim, com grandes e belos edíficios, entre eles o completo Sony Center, que possui lojas, restaurantes, cinemas e teatro. Confira mais informações no post “Berlim – Postdamer Platz, Memorial do Holocausto e Portão de Brandenburgo“.

Depois seguir em direção Tiegarten, o principal parque da cidade, onde vale a pena dar uma boa caminhada pela grande area verde até a avenida central, a Strasse des 17 Juni. Chegando nela é possivel avistar o Portão de Bradenburgo. Cruzando o portão, encontra-se a Pariser Platz, sempre repleta de turistas. Mais à frente está a Unter den Linden, uma grande avenida que possui diversas atrações, incluindo o museu de cera Madame Tussauds Berlim

A 3 quadras dali fica a Gendarmenmarkt, uma das praças mais bonitas da cidade, com suas duas igrejas idênticas, uma em frente à outra. Nessa região há vários restaurantes e lojas de caras, incluindo a filiam alemã da Galeries Lafayette.

Cúpula da Postdamer Platz

 

Memorial às vítimas do Holocausto

 

Portão de Brandemburgo

 

Reichstag, o Parlamento Alemão

 

Cúpula do Reichstag



Dia 2


O segundo dia começa na Alexanderplatz, a principal praça do lado oriental da cidade. Ali há uma grande estação de trem/metrô, uma feirinha ao ar livre no centro da praça e o famoso relógio com a hora mundial. Nessa região ainda há uma grande loja de departamentos (Galeria Kaufhof) e o centro de compras Alexa Shopping. (veja mais dicas de compras no post “
Dicas de Compras em Berlim: lojas de departamento, outlets e shoppings“).

Bem próximo à praça encontrasse a Torre de TV Berliner Fernsehturm, outra atração que vale muito a pena visitar, pois a vista que se tem do alto da torre é muito bonita. Na torre também é bom chegar cedo pois costuma ter uma espera longa. Em frente à torre encontra-se uma grande praça onde encontram-se, entre outras atrações, a igreja Marienkirche, a Fonte de Netuno (Neptunbrunnen) e o prédio da prefeitura de Berlim (Berliner Rathaus).

Seguindo em direção ao rio Spree, ao lado direito há um grande complexo chamado Dom Aquarée, que possui um grande hotel, várias lojas e restaurantes, além do Aquadom & SEA LIFE Berlin, um grande aquário em formato cilíndrico. Este comlexo é um ótimo lugar para almoçar/jantar.

Anexo ao Dom Aquarée encontra-se o DDR Museum, bem às margens do Rio Spree, quase embaixo da ponte. Após visitar o museu, uma boa dica é fazer um passeio de barco pelo Rio. O que fiz tinha um símbolo de uma estrela, ficava no mesmo lado da margem do rio que o museu, mas do outro lado da ponte, cruzando a avenida. 

Depois do passeio, se ainda sobrar tempo dá para visitar a Berliner Dom, a Catedral de Berlim, que ja fica dentro da ilha dos museus. Ela fica bem em frente ao DDR Museum, é muito facil de ser identificada por causa da sua imponência e de suas quatro torres.

Alexanderplatz

 

Torre de TV

 

Berliner Dom

 

Está gostando do roteiro?
Compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 

Dia 3

O terceiro dia é dedicado aos museus. Ele começa na Ilha dos Museus, área que é considerada patrimônio cultural mundial pela UNESCO e que abriga 5 grandes museus. Todos eles são pagos e é possivel comprar um ticket que inclui a entrada de todos, com desconto. Os museus fecham às 18h, mesmo no verão, então é bom começar a jornada bem cedo para conseguir visitar todos.
O mais conhecido e visitado é o Pergamonmuseum, que possui em seu interior um grande templo da Grécia Antiga. O Neues Museum também é muito famoso por abrigar o busto da rainha Nefertiti, esposa de um faraó egípcio. Os outros museus da ilha são o Bode-Museum, o Altes Museum e a Alte Nationalgalerie.

Outros museus que ficam na região e podem ser acessados facilmente são o Museu de História Alemã (Deutsches Historisches Museum) e o Museu de História Natural (Museum für Naturkunde). Encontre mais informações sobre a ilha no post “Berlim – A catedral Berliner Dom e a Ilha dos Museus“.

Alter Museum

 

Pergamonmuseum

 

O altar de Pergamon

 

Dia 4

O quarto dia gira em torno do Muro de Berlim. O passeio pode começar no Checkpoint Charlie, antigo posto militar na divisa entre Alemanha Oriental e Ocidental durante a guerra fria e que hoje é um dos locais mais visitados na cidade. Ali está o Checkpoint Charlie Museum que conta toda a história do muro de Berlim, incluindo as centenas de maneiras diferentes que as pessoas inventavam para tentar cruzar o muro. 

Em frente ao posto militar há um traçado no chão, que indicava a exata localização do muro de Berlim. Seguindo este traçado, pela Zimmerstrasse, chega-se à exposição Topografia do Terror (Topographie des Terrors) que retrata os momentos de terror vividos em Berlim na época de Hitler. Ali há um grande pedaço do muro que ainda está de pé, mas muito danificado. Veja mais fotos e detalhes no post “Berlim – Checkpoint Charlie, Topografia do Terror e a Torre de TV“.

Nessa região ainda é possível visitar o Museu de Tecnologia (Deutsches Technikmuseum Berlin) e o Museu Judeu (Jüdisches Museum Berlin). Eles ficam próximos, a poucas quadras em uma rápida caminhada. 

Após visitar os museus e toda area em torno de Checkpoint Charlie, a sugestão é pegar um metrô, linha U1, e saltar na estação Warschauer Straße, uma das mais antigas da cidade e que era um importante ponto de transição entre as duas Alemanhas. Logo em frente à estação começa a East-Side-Gallery, uma exposição ao ar livre com mais de 100 obras pintadas sobre um longo pedaço do muro de Berlim com extensão de 1,3 km, às margens do Rio Spree. A exposição termina bem próxima a uma grande estação de trem/metrô, Ostbahnhof, da qual se pode acessar rapidamente qualquer parte da cidade.  Mais informações sobre a galeria no final do post “Berlim – Parlamento Alemão, Alexanderplatz e East Side Gallery“.

Checkpoint Charlie

 

O Muro de Berlim na Topografia do Terror

 

O início da East Side Gallery

 


Dia 5

O quinto e último dia é mais calmo e pode ser dedicado em parte às compras. O passeio começa no Zoológico (Zoologischer Garten), que é um dos mais variados da Europa. Bem próximo ao zoo encontra-se a Kaiser-Wilhelm-Gedächtnis-Kirche, igreja que é um dos principais símbolos de Berlim e sofreu com diversos bombardeios durante a Segunda Guerra Mundial. 

A igreja fica bem no início da Kurfürstendamm, a principal rua de compras da cidade, onde se encontram as principais lojas de departamento e de grife, além de shoppings, restaurantes e hotéis. Nessa rua também está localizado o Museu The Story of Berlin

Voltando ao inídio da avenida, em direção à estação Wittenbergplatz de metrô, encontra-se a KaDeWe, a maior loja de departamentos da Alemanha. São 7 andares de loja onde é possível encontrar de tudo, desde roupas e acessórios, a cosméticos, eletrônicos, livros, móveis e comida. No último andar há um ótimo restaurante a quilo chamado Le Buffet, com uma enorme variedade comidas. Outra loja que vale a pena visitar e que fica bem próxima é a Peek & Cloppenburg, que sempre possui roupas boas em promoção. 

Neste dia ainda é possivel acrescentar uma visita ao mercado de frutas e flores da região, o Winterfeldtmarkt, ou então o Estádio Olímpico (Olympiastadion), que fica a 4 estações da estação Zoológico. 

Kaiser-Wilhelm-Gedächtnis-Kirche

 


Esse roteiro pode facilmente ser reduzido a 4 ou 3 dias… eliminando algumas atrações que podem não ser tão essenciais. Abaixo segue um mapa que eu fiz no Google para indicar a localização de cada um dos pontos citados nesse roteiro e ainda um possível trajeto a se fazer em cada um dos dias. 


Visualizar Sugestão de roteiro em Berlim em um mapa maior


Para finalizar o roteiro, confira todos os posts publicados sobre Berlim…

Onde se hospedar em Berlim: dicas de hotéis
Dicas de Restaurantes em Berlim
Dicas de Compras em Berlim: lojas de departamento, outlets e shoppings
Dica de Hotel em Berlim – Holiday Inn Express Berlin City Centre West
Berlim – Postdamer Platz, Memorial do Holocausto e Portão de Brandenburgo
Berlim – Parlamento Alemão, Alexanderplatz e East Side Gallery
Berlim – A catedral Berliner Dom e a Ilha dos Museus
Berlim – Checkpoint Charlie, Topografia do Terror e a Torre de TV
Onde lavar roupas em Berlim: Lavanderia Eco-Express Waschsalons
Berghain / Panorama Bar – a melhor balada de Berlim
Berlin Welcome Card: o cartão de descontos de Berlim
O Aeroporto de Berlim-Tegel

Veja também:
Roteiro de 3 dias em Praga
Roteiro de 3 dias em Budaeste

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...