A Ilha de Porto Belo é um dos destinos turísticos mais procurados no litoral catarinense. Também chamada de Ilha João da Cunha, está a apenas 900 metros da centro da cidade e chega a receber mais de mil turistas por dia na alta temporada. Possui uma boa infra-estrutura e diversas atrações, como praias, área para prática de esportes, trilha com inscrições rupestres e mirante, museu, restaurante, banheiros e lojas, sem falar na diversidade de sua fauna e flora. Estive na ilha há poucas semanas e a seguir apresento algumas fotos, vídeo e informações sobre o que pode ser encontrado nela.

Praia da Ilha de Porto Belo

 

A ilha está aberta para visitação diariamente diariamente durante a alta temporada, de 1º de dezembro à 31 de março, das 7h às 18h. Fora desse período ela pode ser visitada, porém seus serviços estão suspensos. O acesso à ilha é gratuito, sendo necessário apenas pagar o translado, geralmente feito em barco de pescadores (veja mais detalhes no post  Passeio de Barco em Porto Belo/SC). Quem possui embarcação própria também pode acessa-la tranquilamente. 

Na chegada há um grande trapiche para receber os visitantes, seguido por um deck de madeira que leva até a parte principal da ilha, onde há um mapa de orientação e um quiosque de informações turísticas, que efetua a venda de ingresso para algumas atrações que são pagar, como a tirolesa e a trilha ecológica. Logo depois estão os banheiros e o restaurante, que eu não recomendo, pois não gostei muito e achei caro.

Trapiche de chegada

 

Praia principal

 

Mapa de orientação

 

Quiosque de informações

 

Restaurante

 

A ilha possui duas praias: uma principal, junto ao trapiche, que possui uma faixa de areia larga e extensa; e outra pouco depois do restaurante, com uma faixa de areia menor e cheia de pedras grandes. Ambas possuem águas limpas e muito cristalinas, ótimas para mergulhar. O mar é calmo e permite a prática de esportes aquáticos que são oferecidos no local com um custo, como banana-boat, caiaque, ski e wakeboard. Também podem ser comprados passeios de lancha e de mergulho. Quem não levar seus equipamentos de praia pode alugar guarda-sol (R$10,00), cadeiras ou espreguiçadeiras (R$7,00).







É possível fazer uma trilha ecológica (R$10,00) no meio da mata, circulando a área central da ilha. O trajeto tem aproximadamente 1300 metros de extensão e o passeio dura em torno de 40 minutos, com grau de dificuldade médio. Além de permitir a observação de animais e plantas, a trilha possui uma pedra chamada “Pedra da Cruz”, que contém inscrições rupestres com mais de 4 mil anos. Há ainda um mirante de observação com um visual panorâmico de toda a baía de Porto Belo.

A ilha de Porto Belo também conta com um museu, o Ecomuseu Univali, criado pela Universidade do Vale do Itajaí, que possui um esqueleto de uma baleia com 13 metros de extensão. Junto a ele está o “Espaço Histórico Ilha de Porto Belo, que conta a história da ilha através de murais e documentos antigos, além de exibir alguns objetos antigos encontrados em escavações no local. O acesso a ambos é gratuito.

Antigamente existia nesse local um museu da Família Schurmann, com diversas imagens, vídeos, documentos e objetos narrando as histórias da família que rodou o mundo navegando em um veleiro. Lembro de ter visitado esse museu há muitos anos, quando criança. Era um atração muito interessante, não sei porque não está mais lá.




Início da trilha

 

Tirolesa

 

Quem curte uma aventura pode aproveitar o passeio na ilha para fazer a tirolesa, que custa R$15,00. Não é muito grande, mas deve ter um visual bem interessante. Segue um vídeo que eu fiz de uma garotinha se divertindo na tirolesa da ilha.

Posts Relacionados:
As Praias de Porto Belo, em Santa Catarina
Passeio de Barco em Porto Belo/SC
Lanchas, Iates e Bares Flutuantes na Enseada do Caixa D’Aço, em Porto Belo/SC
A Escala dos Cruzeiros em Porto Belo/SC: Navio Costa Magica
As Praias de Bombinhas, em Santa Catarina
As Praias da Rodovia Interpraias, em Balneário Camboriú
Restaurante Indaiá, o melhor peixe de Itapema/SC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...