Roteiro de 3 dias em Santiago do Chile

Santiago, a capital do Chile, é uma das cidades mais interessantes da América do Sul e está entre os principais destinos turísticos do continente. Com aproximadamente 6 milhões de habitantes e localizada aos pés da Cordilheira dos Andes, possui uma diversidade de atrações muito interessante, que vai desde locais históricos a vinícolas e montanhas com estações de esqui, sem falar na ótima oferta de bons restaurantes e locais para compras. Neste post vou dar minha sugestão de um roteiro de 3 dias na cidade, voltado principalmente para quem vai visita-la pela primeira vez.

Santiago e a Cordilheira dos Andes - Vista panorâmica do Cerro Santa Lucía
Santiago e a Cordilheira dos Andes – Vista panorâmica do Cerro Santa Lucía

 

 

Veja também outros roteiros para sua viagem:
Roteiro de 4 dias em Buenos Aires
Roteiro de 4 dias em Montevidéu
Roteiro de 4 dias em Mendoza
Roteiro de 5 dias em Florianópolis
Roteiro de 4 dias em Balneário Camboriú

 

O roteiro sugerido a seguir vai ser praticamente igual ao que eu utilizei em minha viagem. Posso dizer que, apesar de ser um pouco extenso, compensou qualquer esforço ou custo, pois tive a oportunidade de conhecer locais muito interessantes, ricos de cultura, história e beleza natural. Tenho um ritmo meio acelerado, consigo otimizar bem o tempo durante as viagens, conhecendo uma boa quantidade de atrações em um curto período. O fato de eu ter alugado um carro a partir do segundo dia facilitou bastante, saiu mais barato que comprar passeios fechados com agências locais e me deu mais liberdade para montar minha programação. Mesmo que você não alugue um carro ou que pretenda ficar mais/menos dias na cidade, pode aproveitar as dicas deste roteiro para montar o seu próprio, conforme sua necessidade e disponibilidade. Não deixe de conferir os posts publicados anteriormente aqui no blog, que complementam as dicas fornecidas neste roteiro.

Conheça algumas opções de hotéis na cidade no post “Onde se hospedar em Santiago: dicas de hotéis“. Para aluguel de carros, consulte os preços e faça sua reserva no portal RentalCars.

 


Dia da chegada

O dia da chegada geralmente não conta, pois pode não sobrar tempo para passeios se a chegada for muito tarde. No meu caso, por exemplo, o voo saiu de Guarulhos às 18h30, chegando em Santiago às 22h30. (Veja mais detalhes no post “Voando com a TAM de São Paulo a Santiago do Chile“). Só deu tempo de chegar no hotel, largar as malas no quarto e procurar algum lugar para jantar. Dependendo da sua localização na cidade, há duas boas opções: Patio Bellavista, próximo ao centro, ou o boulevard do shopping Parque Arauco, no bairro Las Condes. São locais com uma grande oferta de bons restaurantes e que costumam fechar bem tarde. No meu primeiro dia, escolhi o Patio Bellavista, cujos restaurantes podem ser vistos no post “Dicas de Restaurantes em Santiago

Para quem chegar na cidade mais cedo, pegando o voo da TAM que parte de Guarulhos às 8h20 ou então algum voo da LAN e de outras companhias, o período da tarde vai ficar livre e pode ser preenchido com as duas primeiras atrações sugeridas a seguir, no dia 1. Para mais informações sobre o aeroporto de Santiago e as opções de translado para o seu hotel, consulte o post “O Aeroporto de Santiago e transfer para o hotel com a Transvip“.


Dia 1

O primeiro dia de passeios é uma grande caminhada pela região central de Santiago. Ele começa no bairro Bellavista com uma visita ao Cerro San Cristóbal, um dos morros mais altos da cidade, que possui um santuário em seu topo e um visual panorâmico muito bonito de toda a região. Para subi-lo é preciso pegar o trem funicular, que sobe a cada meia hora, iniciando às 10h. A estação inicial fica na entrada do Parque Metropolitano, na Pío Nono 445. Na subida, quem quiser pode parar na estação intermediária para conhecer o Zoológico de Santiago. Meia hora lá em cima no santuário é o suficiente, então você pode subir as 10h e descer as 10h30 para aproveitar melhor o resto do dia.

A próxima atração é o Museu La Chascona, a casa do poeta Pablo Neruda em Santiago, localizada aos pés do Cerro San Cristóbal, a pouco mais de 100 metros da estação do funicular, na Fernando Márquez de la Plata 0192. A visita guiada pode ser em espanhol ou inglês e circula por todo os ambientes da casa que o poeta construiu para sua amante Matilde, que tinha cabelos ruivos bagunçados e por isso era chamada de chascona (descabelada). Recomendo essa visita à casa, é muito mais interessante que você pode imaginar. Para mim foi uma grande surpresa. É importante agendar com antecedência a visita para garantir sua vaga.

Mais detalhes sobre as duas atrações, incluindo horários de funcionamento, preços, agendamento do museu, mapa de localização, fotos e vídeos, podem ser encontrados no post “Santiago – Cerro San Cristóbal e o Museu La Chascona“.

Uma opção para o almoço nesse dia pode ser o Patio Bellavista, que fica no mesmo bairro.

Santuário do Cerro San Cristóbal - Santiago, Chile
Santuário do Cerro San Cristóbal

 

O passeio continua em direção ao centro da cidade, atravessando o Rio Mapocho e caminhando aproximadamente 1 km  pelo parque que o acompanha até chegar ao Museu Nacional de Bellas Artes, que tem um acervo com mais de 3 mil itens, entre pinturas e esculturas de artistas chilenos e europeus. Atrás dele está o Museu de Arte Contemporânea. A visita a estes dois museus não é tão essencial, mas se você tem interesse pelos temas, vale a visita.

A poucas quadras dos museus está o Mercado Central, o mercado público municipal de Santiago. Nas alas laterais estão as peixarias e no vão central os restaurantes. Pode ser uma opção de almoço para este dia, mas é preciso estar atento aos preços. O lugar é um pouco fedido, bagunçado e os garçons são bem chatos e insistentes, querendo que você almoce por ali. Há ainda barracas que vendem frutas, bebidas, artesanatos e souvenirs.

A próxima parada é a Plaza de Armas, considerada o marco zero de Santiago, onde tudo começou. A praça é bem grande, arborizada, com algumas estátuas e monumentos e rodeada por diversas construções históricas, como a Catedral, o prédio dos Correios e o Museu Histórico Nacional. O contraste entre esses prédios antigos e os edifícios modernos envidraçados é um dos principais cartões postais da cidade.

Não deixe de explorar a Catedral Metropolitana de Santiago, que possui uma riqueza de detalhes difícil de descrever, com diversas estátuas e imagens de santos, lustres, vitrais e objetos de prata e ouro. Outra igreja que pode ser visitada é a Igreja de Santo Domingo, no caminho entre o Mercado Central e a Plaza de Armas. No post “Santiago – O Centro da Cidade: Mercado Central, Plaza de Armas, Catedral e Museus” você encontra mais informações e fotos das atrações do centro de Santiago.

Depois de visitar a catedral faça um passeio pela Paseo Ahumada, a principal rua de comércio do centro de Santiago. Nela estão unidades das lojas de departamento Ripley e Falabella, as melhores da cidade. A região também é um bom local para trocar dinheiro. As melhores casas de câmbio estão nas ruas Agustinas e Moneda. Mais detalhes no post ”Casas de Câmbio em Santiago e o Peso Chileno“.

Mercado Central - Santiago, Chile
Mercado Central

 

Plaza de Armas - Santiago, Chile
Plaza de Armas

 

A caminhada pelo centro continua em direção ao Palácio de La Moneda, a sede do governo chileno, localizado entre a Praça da Constituição (rua Moneda) e a Praça da Cidadania (avenida Libertador Bernardo O’Higigns). Ele abriga o gabinete do presidente, alguns ministério e outros órgãos ligados ao governo. Antigamente funcionava como a Casa da Moeda chilena.

É possível fazer um tour no interior do Palácio, numa visita guiada que percorre diversos ambientes, como os três pátios internos e alguns salões oficiais. Para conseguir entrar, é necessário fazer um agendamento prévio obrigatório (veja como agendar no post “Santiago – Tour no Palacio de La Moneda, a sede do governo chileno“). O número de vagas é limitado e se você não agendar com pelo menos duas semanas de antecedência, não consegue entrar.

Recomendo a visita ao Palácio, é muito interessante. O problema é que é um pouco difícil de conseguir horário e vai depender da disponibilidade deles, não da sua. Minha intenção era visita-lo as 10h, iniciando meu passeio em Santiago a partir dele. Mas só consegui horário as 16h, por isso tive que reorganizar meu roteiro, deixando o La Moneda para o final da tarde. Caso você consiga agendamento para a parte da manhã, inverta a ordem de atrações sugerida neste primeiro dia do roteiro. Se quiser seguir exatamente como eu estou propondo, tente agendar o tour para as 16h.

 

(atualização setembro 2013: alguns leitores do blog me informaram que o Palacio de La Moneda encontra-se em reforma e que as visitas guiadas estão suspensas temporariamente)

 

Palacio de La Moneda - Santiago, Chile
Palacio de La Moneda

 

O primeiro dia de passeios finaliza no Cerro Santa Lucia, outro morro localizado na região central da cidade. Ele é mais baixo que o Cerro San Cristóbal e para subi-lo é preciso enfrentar um grande número de escadas e rampas. Durante a subida há algumas paradas para descansar, como na Terraza Neptuno, uma grande fonte de água inspirada na Fontana di Trevi, de Roma. No topo do morro, depois de mais de 200 degraus e a 69 metros do chão, está o Mirante do Cerro Santa Lucia, que possui um visual tão bonito que compensa qualquer esforço feito para chegar até ele. Confira as fotos no post “Santiago – Cerro Santa Lucía e o mirante para a Cordilheira dos Andes“.

Na parte da noite, você pode jantar novamente no Patio Bellavista. Há tantos restaurantes interessantes lá que certamente você irá nele mais de uma vez. Minhas sugestões: Le Fournil, no pátio interno, e Como Água Para Chocolate, na área externa, com mesas na rua Constitución.

 

Vai adquirir um seguro de viagem?
Faça sua cotação e compre com a Mondial Assistance

 


Dia 2

Para o segundo dia vou sugerir duas alternativas de roteiro, uma com e outra sem carro. Se você pretende alugar um carro, pode fazer uma pequena aventura visitando duas ótimas atrações, mas que estão muito distantes uma da outra: Vinícola Concha y Tora e Valle Nevado. Se você não quer alugar um veículo, pode escolher uma das duas para visitar no período da manhã e preencher o resto do dia com compras ou outros passeios. Para o aluguel, indico a locadora United Rent a Car, sobre a qual eu falo no post “Alugando um carro em Santiago e dirigindo pelas montanhas e estradas do Chile“.

A visita à Vinícola Concha y Toro é um ótimo programa, mesmo que você não beba vinhos. O tour guiado faz um giro pela propriedade, passando por locais como o antigo casarão da família que a fundou, os jardins, os vinhedos e as adegas. Em cada ambiente a guia faz explicações bem detalhadas, sobre a empresa, o processo de plantio das uvas e  produção e armazenamento dos vinhos, com direito a duas paradas para degustação, a primeira de um vinho branco e a segunda de um vinho tinto. Há ainda uma opção de tour completo que faz mais quatro degustações de vinhos, acompanhadas por um sommelier.

É muito importante agendar a visita no site com antecedência para garantir um horário, pois o número de vagas é limitado e o passeio é bem concorrido. Tente agendar para o primeiro horário da manhã, assim sobra bastante tempo para fazer outros passeios depois. Quando eu fui, tinha agendado para o tour das 11h, mas acabei me atrasando e só consegui fazer o das 12h porque três pessoas faltaram. Por isso perdi um bom tempo que poderia ter sido utilizado no passeio da tarde.

A vinícola está localizada a aproximadamente uma hora do centro da cidade e pode ser acessada de três formas: carro, metrô + táxi ou empresas de turismo locais que vendem o passeio. No post “Santiago – Degustação de Vinhos na Vinícola Concha y Toro” dou todos os detalhes sobre a visita, com preços, fotos, mapa de localização, como chegar e como fazer o agendamento.

Vinhedos da vinícola Concha y Toro - Chile
Vinhedos da vinícola Concha y Toro – Chile

 

Degustação de vinhos na vinícola Concha y Toro - Chile
Degustação de vinhos na vinícola Concha y Toro

 

Se você alugou um carro e conseguiu fazer o passeio da vinícola bem cedo, pode fazer o mesmo que eu fiz neste segundo dia: subir a Cordilheira dos Andes para conhecer a estação de esqui Valle Nevado. É uma pequena aventura, pois o percurso demora quase duas horas, mas a longa duração é compensada pelo visual incrível que você vai encontrar ao longo de caminho. Apesar de a distância ser curta, 50 km do centro de Santiago, o trajeto é demorado pois a estrada possui dezenas de curvas em sequência, nas mais variadas angulações e inclinações. Ao longo do caminho há alguns mirantes onde você pode parar para apreciar o belo visual das montanhas.

Não recomendo o passeio por conta própria na alta temporada, quando há neve acumulada na pista e ela fica muito perigosa, sendo necessário utilizar correntes nas rodas para o veículo não derrapar. Nesta época, vale mais a pena utilizar o transfer de empresas especializadas que oferecem passeios de meio período ou de um dia inteiro. Se você gosta de esquiar, reserve um dia inteiro para o Valle Nevado. Se quer apenas subir para conhecer a estação e ver a neve, meio período ja é o suficiente.

Confira o relato completo do meu passeio, informações bem detalhadas do caminho a ser feito e o que você pode encontrar lá no alto das montanhas no post “Valle Nevado Ski Resort: a maior estação de esqui da América do Sul“.

Cordilheira dos Andes - Chile
Cordilheira dos Andes

 

Valle Nevado - Chile
Valle Nevado

 

Caso você não tenha alugado um carro ou tenha optado por conhecer apenas uma das duas atrações, pode preencher o resto do segundo dia com compras em locais com o shopping Parque Arauco, shopping Alto Las Condes ou o outlet Buenaventura Premium. Veja todas as opções no post “Dicas de Compras em Santiago: shoppings, outlets e lojas de departamento“.

 

 

Está gostando do roteiro?
Compartilhe-o com seus amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 


Dia 3

Minha sugestão para o terceiro dia é uma visita a duas cidades vizinhas e litorâneas localizadas a 120 km de Santiago, numa viagem com aproximadamente 1h30 de duração: Valparaíso e Viña del Mar. Você pode ir até elas de carro alugado, pegando um ônibus de linha ou contratando um passeio com agências de turismo locais. Eu particularmente não recomendo esta última opção, pois ela acaba custando mais. Além disso você só vai conseguir visitar o que a empresa achar interessante e se der tempo. Veja minha opinião sobre o assunto no post “Vale a pena fazer passeios em Santiago com uma empresa de turismo local?“. Eu visitei as cidades de carro e fiz tudo no meu ritmo, conhecendo o que eu tinha vontade, sem depender de outras pessoas e sem hora pra voltar.

Em Valparaíso o passeio pode começar pelo canto esquerdo da cidade, subindo Ascensor Artilleria, um dos elevadores mais antigos da região, que te leva até o Paseo 21 de Mayo, um mirante com vista panorâmica para toda a orla, incluindo a zona portuária e o centro da cidade. Junto ao mirante há uma feirinha de artesanatos e próximo a ele está o Museu Naval y Maritimo, que fala sobre a história do Chile, suas navegações e até sobre o resgate dos chilenos que aconteceu no ano passado, com direito a exposição da cápsula Fênix, utilizada na operação.

Depois você pode caminhar pelo centro da cidade conhecer locais como a Plaza Sotomayor e a Plaza Victoria. Em seguida, suba a ladeira íngreme da rua Ricardo de Ferrari para visitar o Museu La Sebastiana, a casa do poeta Pablo Neruda em Valparaíso, numa visita áudio-guiada em português que conta a história de todos ambientes da casa de 5 andares em que o poeta viveu boa parte de sua vida. Para terminar o giro pela cidade, vá até o Muelle Baron, um pier desativado na antiga zona portuária, no início da avenida que faz a ligação com Viña del Mar.

Veja todos o roteiro completo do passeio em Valparaíso, incluindo mapa, endereços, preços e fotos no post “Um Passeio em Valparaíso – Chile“.

Casa em Valparaíso, Chile
Casa em Valparaíso

 

Porto de Valparaíso - Chile
Porto de Valparaíso

 

Em Viña del Mar o passeio começa no Relógio de Fores, principal cartão-postal da cidade, localizado bem na sua entrada para quem veio de Valparaíso pela Av. España. Numa caminhada rápida você pode conhecer o Castelo Wulff, construído na beira do mar há mais de 100 anos e que abriga atualmente exposições de arte gratuitas. Antes de atravessar as pontes, visite o Parque Quinta Vergara, onde há um grande anfiteatro utilizado para eventos como o Festival da Canção de Viña del Mar. 

Atravessando as pontes em direção ao centro da cidade, a primeira parada pode ser no Museo Fonck, que apresenta uma coleção de objetos arqueológicos de povos antigos, incluindo um exemplar do grande moai da Ilha de Páscoa que está exposto na parte externa do museu. Depois você pode conhecer o Casino de Viña del Mar e a Av. Perú, a principal da cidade, na beira do mar. O passeio pode terminar na Praia Reñaca, a mais badalada da região, com vários bares, restaurantes e lojas, e prédios com um formato curioso em degraus.

Veja o mapa de Viña del Mar e mais informações no post “Uma tarde em Viña del Mar – Chile“.

Relógio de Flores - Viña del Mar, Chile
Relógio de Flores – Viña del Mar, Chile

 

Playa Reñaca - Viña del Mar, Chile
Playa Reñaca – Viña del Mar

 

Mais dias
Neste roteiro sugeri apenas as atrações que eu considero essenciais para sua primeira viagem à Santiago. Se você tiver a oportunidade de ficar mais dias na cidade, há várias outras locais para visitar, como por exemplo o teatro municipal, o parque das esculturas, os bairros Brasil, Paris-Londres e Las Condes, as vinícolas do Valle Casablanca e do Vale do Colchaga, entre outras. Pode dedicar também um ou mais dias para o esqui e a neve, visitando, além do Valle Nevado, as estações Farellones, La Parva e Portillo.

Estrada para o Valle Nevado - Chile
Estrada para o Valle Nevado

 

Para finalizar este roteiro, confira no mapa a localização de todas as atrações de Santiago mencionadas, incluindo as que estão nos arredores da cidade (Concha y Toro e Valle Nevado), além das dicas de restaurantes e de compras. Só não estão relacionadas as dicas de Valparaíso e Viña del Mar, cujas atrações podem ser localizadas nos mapas apresentados no final dos respectivos posts.


Visualizar Santiago do Chile em um mapa maior

 

Veja informações detalhadas das atrações em todos os posts publicados sobre Santiago aqui blog:

Voando com a TAM de São Paulo a Santiago do Chile
O Aeroporto de Santiago e transfer para o hotel com a Transvip
Casas de Câmbio em Santiago e o Peso Chileno
Os Táxis e e Metrô de Santiago: Preços e Mapa
Alugando um carro em Santiago e dirigindo pelas montanhas e estradas do Chile
Vale a pena fazer passeios em Santiago com uma empresa de turismo local?
Santiago – Cerro San Cristóbal e o Museu La Chascona
Santiago – O Centro da Cidade: Mercado Central, Plaza de Armas, Catedral e Museus
Santiago – Tour no Palacio de La Moneda, a sede do governo chileno
Santiago – Cerro Santa Lucía e o mirante para a Cordilheira dos Andes
Santiago – Degustação de Vinhos na Vinícola Concha y Toro
Valle Nevado Ski Resort: a maior estação de esqui da América do Sul
Um Passeio em Valparaíso – Chile
Uma tarde em Viña del Mar – Chile
Dicas de Restaurantes em Santiago
Dicas de Compras em Santiago: shoppings, outlets e lojas de departamento
Dica de Hotel em Santiago: NH Ciudad de Santiago, no bairro Providencia
Onde se hospedar em Santiago: dicas de hotéis

Praça da Cidadania (Plaza de la Ciudadania) - Santiago, Chile
Praça da Cidadania (Plaza de la Ciudadania)

 

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Receba o Meus Roteiros de Viagem no seu e-mail

Insira o seu e-mail para receber novos posts assinando o Feed do Blog:

338 Responses to Roteiro de 3 dias em Santiago do Chile

  1. Mauricio Oliveira 16 de maio de 2012 at 18:36 #

    Showwwwwwwwwwwwwwwww!
    Esse é o tipo de post que eu ADORO!
    O roteiro tá super mastigado, simplesmente PERFEITO!
    Parabens pelo excelente trabalho. ;)
    Abs

  2. Gleiber Rodrigues 17 de maio de 2012 at 1:35 #

    Cara, post perfeito, resumiu tudo, botou todos os seus outros posts linkados em uma sequência lógica. É o manual pronto e mastigadinho para conhecer Santiago. Tenho posts no meu blog sobre a cidade, mas acho que quando algum amigo me pedir dicas, indicarei o teu e não o meu! Parabéns! Adorei de verdade!

  3. Bruna 17 de maio de 2012 at 6:41 #

    Compartilho da mesma opinião do pessoal!!
    Quando eu fui à Santiago em dez/2007 jan/2008, nem sonhava que um dia ia ter um blog pra registar minhas viagens. Muita coisa eu não registrei ou não prestei atenção suficiente aos detalhes.
    Mas realmente esse post ficou muito bom, quando eu voltar ao Chile (que espero que seja muito em breve), certamente vou utilizar suas dicas!
    =)

  4. Karina 22 de maio de 2012 at 0:52 #

    Estou gostando muito do seu blog, não vejo a hora de ir para o Chile!!! Vou ficar 9 dias em Santiago…e gostaria de saber se pode me ajudar a faze rum roteiro par anão perder nada da cidade!!! Vou em julho….com meu namorado!!!

    • Diego 22 de maio de 2012 at 14:50 #

      Oi Karina! Você vai ter bastante tempo para conhecer bem a cidade, 9 dias é mais que suficiente. Algumas sugestões de passeio, além dos três dias sugeridos no meu roteiro:
      - 1 dia na estação de esqui Portillo
      - 1 dia visitando as vinícolas do Vale do Casablanca
      - 1 dia de em Isla Negra para conhecer a outra casa de Neruda
      - 1 dia só para compras

      abs
      Diego

  5. Tem vida lá fora! 22 de maio de 2012 at 18:57 #

    Adorei o roteiro… ótimo trabalho ;)
    Estou compartilhando as informações no face ok?! =)

  6. Karina 22 de maio de 2012 at 19:11 #

    Olá…gostaria de saber como faz para usar o google maps, para personalizar um mapa com as coisas que preciso. e se depois consigo imprimir. Grata

    • Diego 25 de maio de 2012 at 19:20 #

      Oi Karina. Entra no Google Maps, faz login com a tua conta do Google, depois clica em “Meus Lugares” e “Criar Mapa”. Depois é só ir adicionando os locais que você quiser no seu mapa, clicando com o botão direito do mouse sobre o ponto do local no mapa.

      abs
      Diego

  7. Rafael S 29 de maio de 2012 at 19:39 #

    Parabéns pelo blog. Fiquei impressionado com os detalhes. O roteiro de Santiago está incrível e ajudou muito em minha viagem!

    Abraço!

    Rafael

    • Diego 30 de maio de 2012 at 23:03 #

      Oi Rafael, obrigado pelo elogio.
      Um abraço,
      Diego

  8. Adriana 30 de maio de 2012 at 2:22 #

    Olá Diego, parabéns pelo blog. Gostaria de saber quanto tempo dura a visita no Palácio La Moneda? Tirando esses lugares que você visitou em Valparaíso e Viña del Mar, existe algum outro ponto turístico que devo conhecer? Pergunto pq estive em Santiago em março e fiz por conta própria as duas cidades, mas acabei visitando só a La Sebastiana e o relógio de flores que estava em manutenção. Achei meio longe os pontos turísticos para conhecer a pé. Voltarei em agosto, com mais 2 casais, é melhor alugar carro numa destas cidades, comprar city tour com alguma agência ou fazer por conta própria usando ônibus e metrô, seguindo o seu roteiro que está muito bom? Dá para incluir uma vinícola na ida a Valparaíso? Qual? E em Santiago tirando a Concha y Toro e a Undurraga que conheço, qual vinícola dá para ir de transporte público?

    Obrigada

    Adriana

    • Diego 30 de maio de 2012 at 23:08 #

      Oi Adriana! Vamos às respostas:
      - A visita no Palácio de La Moneda durou em torno de 1h15.
      - Viña del Mar e Valparaiso possuem outros pontos turísticos, eu escolhi os principais para dar tempo de conhecer tudo no mesmo dia. Recomendo muito ir de carro, a estrada é boa e vocês ainda economizam, pois vão rachar em aluguel por 4/5 pessoas. Se fossem por uma empresa, cada um teria que pagar quase 30 mil pesos.
      - O caminho de ida para Valparaíso passa pelo Vale do Casablanca, região de vinícolas. Não visitei nenhuma pq não deu tempo, mas tinha intenção de conhecer a “Indomita”.
      - Na região de Santiago não sei de alguma outra vinícola com acesso pelo transporte público.

      Espero que tenha ajudado.

      abs
      Diego

  9. Eduardo 16 de junho de 2012 at 12:07 #

    Parabéns pelo site.
    Quanto tempo demora a visita do palácio La Moneda e do La Chascona?
    E quanto levo para chegar de um ao outro?
    Será que consigo fazer os dois em uma tarde?
    Obrigado.

    • Diego 17 de junho de 2012 at 15:51 #

      Oi Eduardo,
      A visita ao Palacio de La Moneda dura em torno de 1h15 e ao Museu La Chascona aproximadamente uma hora. Você consegue visitar os dois na mesma tarde sim. Se você for a pé de um ao outro, vai demorar quase meia hora. De táxi, no máximo 10 minutos.

      abs
      Diego

  10. Eduardo 16 de junho de 2012 at 12:08 #

    Desculpa, não li o comentário acima. Ignore a primeira pergunta (La Moneda)…

  11. Junior 5 de julho de 2012 at 14:19 #

    Olá Diego, MARAVILHOSO o seu roteiro! Estou indo em Agosto para o Chile e tenho exatamente 3 dias em Santiago, dos quais pretendo seguir seu roteiro à risca.
    Uma dúvida: ROUPA para o Valle Nevado! Alguma dica? Supondo que haja neve e eu vá com a intenção de conhecer o lugar, e as vezes até passar o dia por lá (almoçar) e voltar no final do dia (não sem antes brincar de guerra de neve e fazer uns anjos na terra branca), você tem alguma recomendação?

    • Diego 6 de julho de 2012 at 0:02 #

      Oi Junior, como nunca esquiei não sei te indicar qual seria a melhor roupa para brincar na neve. Mas no caminho para o Valle Nevado tem o Mall Sport para comprar algo nas lojas esportivas. Há também algumas lojas na beira de estrada, antes de começar a subir a montanha, que alugam roupas especiais para quem vai ver a neve.

      abraço
      Diego

  12. Diego M. 29 de julho de 2012 at 19:20 #

    Daniele Oliveira, você deixou um comentário aqui, mas foi durante a migração e ele acabou não sendo migrado junto com a página. Você tinha perguntado sobre a comida… Nada de junk-food hein? Santiago tem vários restaurantes bons, desde os mais simples até os mais caros. Publiquei um post com dicas de restaurantes, lá você vai encontrar várias opções. Abraço!

  13. Gislene 4 de setembro de 2012 at 22:17 #

    Meus parabéns. Post completíssimo, dicas claras e um com um bom português. Como jornalista, sei o trabalhão que montar tudo isso deu, com fotos, vídeos… É um belo diário de viagem que, com certeza, será minha leitura obrigatória até minha viagem a Santiago, em novembro. Estou enlouquecida com a quantidade de links!

    • Diego M. 4 de setembro de 2012 at 23:17 #

      Obrigado pelas palavras Gislene. Espero que aproveite bastante minhas dicas. Um abraço! :)

  14. Marcelo 12 de setembro de 2012 at 9:01 #

    Eu segui o roteiro proposto aqui e foi otimo. Nao havia sequer uma informação errada. Nem neste nem nos outros posts. Adorei o Chile, pais muito organizado, limpo, pessoas educadas e simpaticas. Me surpreendi. O unico passeio que nao fizemos foi a Viña Del Mar e Valparaiso pois preferimos ir ao Valle Nevado já que minha esposa nunca havia visto neve. Não esperem comprar nada no Chlie, com essa alta do dolar esta tudo muito caro. Os shoppings sao otimos, parece que estamos em Miami, mas os preços para nos brasileiro nao compensa, melhor comprar aqui mesmo. Ja os preços de serviços são um pouco mais baratos que no Brasil, come- se muito bem gastando menos que no Brasil. Quero deixar uma sugestao, que quiser um guia para fazer qualquer tipo de passeio no Chile liguem para o Sr Ricardo Rodriguez telefone (562) 6417-2840 email ricardo.tbai@gmail.com . Ele é muito atencioso e educado, tem uma van limpinha e cheirosa e faz um verdadeiro passeio de turista, falando sobre o pais, sua cultura e a historia de todos os lugares do passeio. Vale super a pena. Abs…

    • Diego M. 12 de setembro de 2012 at 9:44 #

      Oi Marcelo, muito obrigado pelo seu depoimento. Que bom que deu tudo certo! Um abraço.

  15. Marli 16 de outubro de 2012 at 19:25 #

    Oi Diego, peguei várias dicas aqui. Vou em novembro e agora estou bem animada.
    Abraço

    • Diego M. 16 de outubro de 2012 at 22:30 #

      Boa viagem Marli, um abraço!

  16. Elisangela 26 de outubro de 2012 at 22:37 #

    Oi Diego, tudo bem??!! Em Novembro vou para Santiago e seu post vai ajudar muito. Porém tenho dúvidas em relação ao dinheiro. Não sei se troco tudo aqui, carrego um cartão em uma agência de câmbio ou troco tudo no Chile. Qual opção você acha mais viável e mais lucrativa?

    • Diego M. 28 de outubro de 2012 at 21:51 #

      Oi Elisangela. Você já leu o post “Casas de Câmbio em Santiago”? Lá eu explico melhor sobre isso. um abraço!

      • Gustavo 29 de agosto de 2013 at 18:18 #

        Grande post o seu, parabéns demais!!! Que esta acostumado a viajar sabe que isso ajuda é muito para não perder tempo e nem mesmo dinheiro.

        Tive uma duvida, porque multipla por 4 a cotação de CLP para REAL. eu paro meu calculo quando divido por 1.000.

        Grato

  17. Jamara 30 de outubro de 2012 at 14:08 #

    Você não tem noção de como esse seu site me ajudou a montar meu roteiro. Estou indo sozinha para o Chile (Santiago) e usei um pouco do seu roteiro, das dicas valiosas. Parabéns pelas dicas e pela solicitude!!! :)

    • Diego M. 30 de outubro de 2012 at 14:22 #

      Obrigado pela mensagem Jamara, boa viagem!

  18. ola 1 de novembro de 2012 at 9:58 #

    Ola Em primeiro lugar quero agradecer pelas dicas postadas por vc, sao mto boas , vou para Santiago na proxima semana e aproveitarei mto de seus dicas. Vou alugar um carro na locadora que vc indica e gostaria de saber se o transito na cidade é mto caotico , sou de Sampa e pra mim isso nao seria novidade, mas somente para evitar alguns transtornos. Voce acha que a estrada para VALLE Nevado é mto perigosa ? Vc deu algumas informaçoes e fiquei com algum receio . Poderia ajudar-me ?
    Obrigada mesmo. Abçs
    maria de lourdes

    • Diego M. 1 de novembro de 2012 at 12:31 #

      Oi Maria, o trânsito é um pouco movimentado sim, peguei umas vias bem congestionadas, principalmente na hora do rush. A estrada pro Valle Nevado é perigosa por ser na encosta da montanha, exige bastante atenção. Mas compensa muito, o visual é incrivel! Fique tranquila que vai dar tudo certo. Um abraço.

  19. Luisa 6 de novembro de 2012 at 6:07 #

    Oi!

    Gostei muito dos roteiros, parabéns! Bom, eu pretendo ir a Santiago em fevereiro, mas vou com pouco dinheiro. Pensando em custo benefício, vale mais a pena ir a Valparaíso ou Viña del Mar?

    • Diego M. 6 de novembro de 2012 at 13:03 #

      Oi Luisa, obrigado pelo elogio. As duas cidades são grudadas, praticamente uma é extensão da outra, então não faz muito sentido visitar uma e não visitar a outra. Há um trem/metrô que faz a ligação entre as duas, pela orla. Um abraço!

  20. Nasser 25 de novembro de 2012 at 16:16 #

    Parabéns, Diego
    Estava planejando uma viagem ao Chile quando descobri este seu excelente trabalho.
    Gostaria de saber se vc poderia, também, indicar os hotéis e gostaria, também, de saber se o custo é alto.
    Obrigado
    Um grande abraço.

    • Diego M. 25 de novembro de 2012 at 17:15 #

      Oi Nasser, você pode me enviar um e-mail com mais detalhes do que você procura? Estou viajando e na volta respondo. Um abraço!

  21. Fernanda 3 de dezembro de 2012 at 9:07 #

    Olá, Diego!

    Parabéns pelo site, viu.. grande viajante vc eh, e obrigada por disponibilizar tanta ajuda pra quem deseja conhecer outros lugares, como é o meu caso. Bom, de qq forma, preciso de uma ajuda mais detalhada sua sobre Santiago. Tem como vc me escrever e eu te retorno?

    Obrigada!!!

    • Diego M. 3 de dezembro de 2012 at 20:39 #

      Olá Fernanda. Que tipo de ajuda mais detalhada você precisa? Qualquer dúvida me envie um email. Abs

  22. Carolina Pereira 10 de dezembro de 2012 at 19:03 #

    Ola Diego !!

    Irei para o Chile com meu marido em Fevereiro/13 e ficarei 8 dias.
    Reservei um apart hotel no Centro de Santiago próximo a estações do metro.
    Vc acha que compensa alugar um carro para esse período ? Na minha última viagem fui para Buenos Aires e me virei bem no transporte público…
    Parabens pelo site !!!

    • Diego M. 10 de dezembro de 2012 at 19:36 #

      Oi Carolina. Para passear pela cidade você não precisa alugar um carro. Mas se quiser vistar locais mais distantes, onde o metrô não alcança e que seja muito caro para ir de taxi, daí pode valer a pena o aluguel. Você pode alugar o carro por 2 ou 3 dias apenas, por exemplo. Um abraço e obrigado pela mensagem!

  23. Meri 2 de janeiro de 2013 at 18:04 #

    Oi Diego! Estamos a caminho de Santiago e vamos adotar o seu roteiro. Muito bem redigido! Por favor, tm sugestão de restaurantes e lugares interessantes para a noite?
    Grara e parabéns!!

    • Diego M. 2 de janeiro de 2013 at 19:40 #

      Oi Meri, obrigado pela mensagem! Um bom lugar para ir à noite é o Pátio Bellavista, que tem vários restaurantes bacanas. Você pode ver algumas sugestões no post “Dicas de restaurantes em Santiago”. Na volta deixe outra msg contando como foi. Boa viagem, um abraço!

  24. Cristiani 6 de janeiro de 2013 at 21:13 #

    Olá pessoal. Acabo de voltar do Chile. As dicas foram demais e me sinto na obrigação de deixar uma recomendação para quem quer alugar carro por lá:
    NAO ALUGUEM COM A AMERICA RENT A CAR!!!!!!!

    Alias, façam contratos somente com as mais conhecidas: Hertz, Alamo, etc.

    No aeroporto fomos alertados de que existem muitas empresas não legalizadas e que dão trabalho aos turistas. Essa America não apareceu para buscar o carro no aeroporto (local combinado) e nos atrasou o voo!

    Abraços,

    • Diego M. 7 de janeiro de 2013 at 13:03 #

      Oi Cristiani, obrigado por compartilhar esta dica. Um abraço!

  25. Mary La Rosa 11 de janeiro de 2013 at 16:51 #

    Olá Diego
    No período do carnaval irei a Santiago.
    Adoro história, literatura, artes. E gosto de caminhar.
    Poderia dar algumas dicas do que fazer, onde ir mas de preferencia sem gastar muito?
    Abraço.
    Mary

    • Diego M. 13 de janeiro de 2013 at 21:38 #

      Oi Mary. Acho que você vai gostar de visitar o Museu La Chasconca, que é a casa do poeta Pablo Neruda, assim como o Museu Nacional de Bellas Artes, o Museu de Arte Contemporânea, o Museu Histórico Nacional e o Museu de Arte Pré Colombino, todos eles localizados na região central da cidade. Um abraço!

      • Mary La Rosa 14 de janeiro de 2013 at 8:49 #

        Bom dia Diego.
        Você saberia dizer se vale mais a pena levar pesos ou dolar daqui ou trocar dinheiro lá?
        Abraço. Mary

        • Diego M. 14 de janeiro de 2013 at 13:20 #

          oi Mary, dá uma lida no post “Casas de Câmbio em Santiago”. Um abraço!

  26. Douglas Ribeiro 19 de janeiro de 2013 at 0:53 #

    Oi Diego, excelente trabalho tudo muito bem resumido. So um detalhe o nome do rio que está embaixo do Cerro San Cristobal é Mapocho. O Rio Maipo é o que tem que atravessar para chegar na Viña Concha y Toro mais ao sul da cidade de Santiago.
    Douglas Ribeiro S.
    Um brasileiro que mora 20 anos ja neste maravilhoso pais.

    • Diego M. 19 de janeiro de 2013 at 18:05 #

      Oi Douglas, obrigado pelo toque, vou corrigir esta informação no post agora mesmo. Na minha próxima viagem a Santiago vou te pedir umas dicas. Um abraço!

  27. Arlélia Gusmão 22 de janeiro de 2013 at 19:33 #

    Oi Diego, estou viajando amanhã cedo para conhecer Santiago. Suas dicas estão todas no meu roteiro. Parabéns pelo excelente trabalho!
    Um abraço!

    • Diego M. 23 de janeiro de 2013 at 11:19 #

      Obrigado Arlélia, faça uma boa viagem! Abraço.

  28. cir 24 de janeiro de 2013 at 19:13 #

    Oi, Diego esta o maximo seu roteiro, so mem informe uma coisa ninguem frequenta a praia? nas fotos eu vi todos de roupa.

    • Diego M. 25 de janeiro de 2013 at 12:09 #

      Oi Cir, eu fui em abril, já não estava tão quente. E neste dia de Viña del Mar estava com nevoeiro, o sol só apareceu no final da tarde. Um abraço.

  29. Aline Fan 30 de janeiro de 2013 at 14:36 #

    Olá Diego ! Parabéns pelo blog ! É bem didático e facilita muito a nossa vida (de turista) ! rsrs
    Passarei 09 dias no Chile na segunda quinzena de maio e, graças às suas dicas, consegui alugar o carro por um valor bem abaixo das agências do aeroporto, na United Rent a Car. E como vou num período que há risco de nevadas, reservei um serviço de transfer que vc indicou (Valle Nevado e Portillo), pois não tenho coragem de me aventurar pela Cordilheira com neve. Abraços !

    • Diego M. 30 de janeiro de 2013 at 14:41 #

      Oi Aline, obrigado pela mensagem. Quando voltar deixe uma mensagem contando como foi sua experiência. Boa viagem, um abraço :)

  30. Kalina 3 de fevereiro de 2013 at 11:22 #

    Fui recentemente à Santiago(Chile) e praticamente segui seu roteiro. Seu guia foi uma excelente fonte de informação e dicas das mais variadas possíveis. Parabéns por seu blog, pelo detalhismo do roteiro e de todas as informações. Obrigada!

    • Diego M. 3 de fevereiro de 2013 at 11:52 #

      Muito obrigado pelas palavras, Kalina. Um abraço!

  31. benami 3 de fevereiro de 2013 at 12:15 #

    achei excelente,extemamente util,muito legal a preocupação de dividir experiencias com outras pessoas.voltando do chile darei um retorno da minha experiencia.benami cohen

    • Diego M. 4 de fevereiro de 2013 at 12:32 #

      Obrigado, boa viagem!

  32. Fábio 6 de fevereiro de 2013 at 14:01 #

    Meu amigo! :) estou planejando para este ano ir até as Cordilheiras, na realidade queria descolar algum lugar bem perto das geleiras tipo uns 10km 20 no máximo uns 30km sabe me dizer se é possível encontrar algum chalé ou pousada nesses lugares? Parabéns pelo seu post excelente. Ass. Fábio

    • Diego M. 7 de fevereiro de 2013 at 12:06 #

      Oi Fábio, obrigado pela mensagem. Não conheço nenhum hotel/pousada assim tão próximo das geleiras que não seja o hotel do complexo Valle Nevado. Mas talvez deva existir algo mais simples. Um abraço!

  33. Lucas 12 de fevereiro de 2013 at 1:46 #

    Muito obrigado pelas dicas! Vou quarta de cinzas para Santiago e ficarei 1 semana!
    Creio que com seu post conseguirei organizar melhor os passeios!! Muito obrigado! abraçoss

    • Diego M. 12 de fevereiro de 2013 at 19:19 #

      Boa viagem Lucas, um abraço!

  34. Luiz Felippe 5 de março de 2013 at 23:16 #

    Parabéns! Excelente roteiro e muita boa vontade. Obrigado!

    • Diego M. 6 de março de 2013 at 7:39 #

      Obrigado Luiz Felippe, um abraço!

  35. MariaCelia 8 de março de 2013 at 14:25 #

    Estou planejando minha viagem e adorei as dicas. Programei o meu roteiro baseado em seus comentarios. Depois de viajar…..com certeza , darei meu feedback pra voce…. fantastico poder contar “seus roteiros de viagem “….

    Abraços

    MCelia

    • Diego M. 8 de março de 2013 at 15:35 #

      Obrigado Maria. Faça uma ótima viagem. Aguardo seu comentário ao retornar, um abraço!

      • diana bastos 24 de fevereiro de 2014 at 21:36 #

        Olá!
        Estarei indo ao Chile final de março ,passaremos apenas dois dias e meio o que vc sugere?

        • Diego M. 25 de fevereiro de 2014 at 11:03 #

          Oi Diana, visite as atrações do centro da cidade, os Cerros Santa Lucia e San Cristobal e também a vinícola Concha y Toro. Abs!

  36. bruno santos alves 13 de março de 2013 at 10:52 #

    Olá gostaria de saber quanto é o valor dos equipamentos para aluguel para poder esquiar??

    • Diego M. 13 de março de 2013 at 11:13 #

      Oi Bruno, vou ficar te devendo esta informação, pois quando eu fui a temporada de esqui ainda não tinha começado, por isso não consegui esquiar. Um abraço!

      • bruno santos alves 13 de março de 2013 at 11:28 #

        vALEU PELA AJUDA, GOSTARIA DE SABER DE VC O SEGUINTE, VOU FICAR HOSPEDADO NO BAIRRO DE PROVIDENCIA (TAVA NUMA DÚVIDA ENORME SE ERA MELHOR PROVIDENCIA OU NO CENTRO MESMO, ACABEI ESCOLHENDO PROVIDENCIA) FIZ UMA BOA ESCOLHA??? ESSE BAIRRO FICA PRÓXIMO DOS LUGARES PARA FAZER COMPRAS QUE VI VOCÊ INDICANDO??

        • Mary La Rosa 13 de março de 2013 at 11:46 #

          Oi Bruno.
          EStive no Chile durante toda semana de carnaval. Fiquei hospedada na Providencia. É um bairro ótimo pois tem acesso ´fácil a tudo e aproveite as dicas do Diego pois todas deram muito certo para mim.

          • Diego M. 13 de março de 2013 at 19:38 #

            Obrigado pela resposta Mary :)

        • Diego M. 13 de março de 2013 at 19:38 #

          Oi Bruno, eu me hospedei em Providencia e gostei. Um abraço!

  37. Alexandre 24 de março de 2013 at 17:06 #

    Oi Diego, gostei das infomações e certamente as levarei em considerãção quando estiver lá. Na verdade tenho algumas perguntas: No início de Maio é muito frio? Estou pretendendo fazer seu roteiro do centro ao contrário, uma vez que meu hotel épróximo a estação La Moneda, o que acha? Dá para visitar Lastarria, Bellavista e Providencia em um dia? Abraços

    • Diego M. 24 de março de 2013 at 18:27 #

      Oi Alexandre, obrigado pela mensagem. Acho que no início de maio ainda não vai estar muito frio… dias quentes e noites frescas/frias. Mas não custa olhar a previsão do tempo alguns dias antes de embarcar! Você pode fazer o roteiro pelo centro ao contrário sim, só tente reservar o tour no La Moneda para o primeiro horário, caso tenha interesse em conhecê-lo. Em relação à última pergunta, acho que você consegue conhecer os três bairros em um dia sim, depende dos locais que vai visitar em cada um. Um abraço!

  38. Alexandre 25 de março de 2013 at 21:10 #

    Obrigado Diego. Conforme forem surgindo masi dúvidas volto a escrever. :)

  39. Eliane 2 de abril de 2013 at 13:59 #

    Olá Diego, muito interessante suas dicas!!
    Gostaria de saber se você foi para Puerto Natales?
    Pretendo ir para Punta Arenas saindo de Santiago e depois seguir para Puerto Natales e ficar um dia lá.
    Depois voltar para Punta Arena e Santiago. E então ficar 3 dias em Santiago.
    Acha que fica muito corrido?
    Obrigada!!
    Eliane

    • Diego M. 2 de abril de 2013 at 15:23 #

      Oi Eliane, obrigado pela mensagem. Não fui a Puerto Natales, por isso não tenho essa noção de tempo e distância. Na volta me diga como foi e se deu tudo certo. Um abraço!

  40. Bruna 3 de abril de 2013 at 16:42 #

    Adorei o roteiro de passeios em Santiago, estou em preparando para ir pela segunda vez e dessa vez quero ter mais tempo para conhecer a cidade.

    • Diego M. 4 de abril de 2013 at 14:13 #

      Oi Bruna, obrigado pela mensagem. Um abraço!

  41. Alex Carvalho 6 de abril de 2013 at 2:48 #

    Olá Diego. Escrevo para agradecer todas essas dicas, parabenizá-lo pelo excelente blog, certamente um dos melhores e mais detalhados que já tive o prazer de ler acerca de um provável destino, e também para tirar algumas dúvidas.
    Acabo de comprar as passagens aproveitando promoção de pontos na TAM (7000 pontos o trecho, saindo de POA, fica a dica). Eu e minha esposa iremos em junho, ficaremos de 8 a 13. Acredito que esteja muito frio nessa época. Depois de ler atentamente suas dicas, fiquei com muita vontade de alugar um carro. Acredito que em relação a custo x benefício seja um excelente negócio, ainda mais que pretendemos ir a Vale Nevado, Vina Del Mar, Valparaiso e Concha y Toro. Mas fiquei com receio quanto à questão da neve, gelo na pista, correntes nos pneus. O que me diz sobre isso? Em junho já teríamos esse problema (acredito que sim)? E isso ocorre apenas na estrada para o Vale Nevado? Mesmo sendo muito frio, consigo ir de carro nos outros três passeios SEM as benditas correntes?
    Além da questão da neve na pista, tu acredita que será necessário o aluguel de roupas de frio no Valle Nevado nessa época? Ou é possível apenas nos agasalharmos bem (blusas e casacões) e evitar esse custo? Caso seja inevitável o aluguel (por questão de sobrevivência, heheh), tens uma noção do custo? OBS. Somos de Bento Gonçalves, RS, e estamos acostumados a temperaturas próximas de 0 grau em nosso inverno, por vezes até negativas. Desculpe ter me estendido. Parabéns novamente e grande abraço!!!! Alex.

    • Diego M. 6 de abril de 2013 at 19:00 #

      Oi Alex, obrigado pelas palavras. Em Junho já vai estar bem frio, mas você só vai encontrar neve na Cordilheira. Talvez nessa época nem tenha neve acumulada na pista ainda, depende muito se tiver uma nevasca forte ou não. Se quiser evitar o risco de pegar estrada com neve, talvez seja melhor ir ao Valle Nevado com alguma empresa de transfer. E se vocês não pretendem esquiar, acho que não precisam alugar roupas especiais, basta ir muito bem agasalhados. Não tenho noção dos preços de aluguel, me desculpe. Para o litoral a estrada é boa e não tem neve, fique tranquilo. Sua viagem vai ser ótima. Depois me conte se deu tudo certo. Um abraço!

      • Alex Carvalho 7 de abril de 2013 at 12:00 #

        Muito obrigado pela atenção e pronta resposta, Diego.
        Depois conto se deu tudo certo.
        Um abraço!!!!

    • Mary La Rosa 8 de abril de 2013 at 9:21 #

      Oi Alex.
      Como você é de Bento, uma dica é conhecer a Viña Undurraga. No carnaval estive no Chile e todas as dicas do Diego foram ótimas. Abraços.

      • Diego M. 8 de abril de 2013 at 14:49 #

        Obrigado Mary! :)

      • Alex Carvalho 8 de abril de 2013 at 22:20 #

        Ola Mary.
        Vou me informar mais a respeito.
        Muito obrigado pela dica.
        Abraço!!!

  42. Rodrigo 16 de abril de 2013 at 12:48 #

    Poxa, parabéns, estou pegando varias dicas de Santiago Cl, sensacional, tudo muito bem explicado, mastigadinho mesmo, estou recomendando o site a todos os meus amigos! Parabéns!!

    • Diego M. 16 de abril de 2013 at 14:39 #

      Oi Rodrigo, obrigado pela mensagem. Um abraço!

  43. Evelyn Feitoza 17 de abril de 2013 at 0:30 #

    Olá, muito obrigada pelas dicas de viagem pro Chile!!!!
    Parabéns pelo blog e dicas!!!!
    Fui ao Chile e segui as suas recomendações e fiz um ótimo passeio!!!
    Alguma avaliação de Portugal? Rs
    Abraços

    • Diego M. 17 de abril de 2013 at 13:39 #

      Oi Evelyn, obrigado pela mensagem. Não tenho dicas de Portugal ainda, pretendo ir em breve. Recomendo buscar no diretório do site da RBBV. Um abraço!

    • Alex Carvalho 21 de abril de 2013 at 20:30 #

      Boa noite, Evelyn. Tentarei ajudar um pouco. Em novembro passado fiz um stop de 02 dias e meio em Lisboa (estava em lua-de-mel, a caminho de Londres e Paris). O tempo foi curto mas deu para ver bastante coisa. Achei Lisboa muito legal, segura, limpa. Ficamos em um hotel legal, bem centralizado, localizado na Praça Marquês de Pombal. O nome do Hotel, salvo engano, é Fênix Lisboa. O aeroporto é bem próximo da cidade e o translado bem tranquilo, acho que gastamos uns 10 euros até o hotel, mas dava até para ter ido de ônibus gastando uns 3 euros cada um. Bem próximo do Hotel (50m) é ponto de partida daquele ônibus de turismo com dois andares (são duas empresas, não lembro dos nomes, uma tem ônibus amarelos, a outra vermelhos, dá uma olhada pois os roteiros são diferentes). Compramos um ticket de 48 horas no ônibus vermelho e conhecemos lugares muito interessantes. Recomento todos. No primeiro dia fomos ao Padrão dos Descobrimentos, Mosteiro dos Jerônimos e Torre de Belém. São todos muito próximos, à beira do Rio Tejo. Pode ir a pé entre um e outro. No segundo dia fomos ao Castelo de São Jorge (manhã) ao Parque das Nações (tarde). Neste último, visitamos o Oceanário de Lisboa e o Casino também. Foi intenso, mas muito legal. Pesquise na internet e veja mais sobre esses pontos. Gostamos muito de todos. A gastronomia também chamou a atenção. Em Lisboa se come bem e muito mais barato do que em Londres e Paris, por exemplo. No Parque das Nações comemos espeto corrido em uma churrascaria e fomos muito bem servidos por apenas 9 euros por pessoa. Só falo de Lisboa pois não conheço mais nada em Portugal. Espero ter ajudado. Grande abraço e boa viagem.

      • Diego M. 21 de abril de 2013 at 21:47 #

        Obrigado pela contribuição, Alex. Vou usar suas dicas como base numa futura viagem a Portugal, ainda sem previsão. Um abraço!

      • Cláudio 4 de maio de 2013 at 21:58 #

        Assim que passar do Mosteiro, na mesma calçada, tem a famosa loja dos pastéis de Belém.A loja é muito bonita e rende algumas fotos e os pastéis são muito bons.

  44. Luciana 17 de abril de 2013 at 12:10 #

    Olá Diego, muito bom o teu post! Parabéns!
    Estou indo para Santiago agora em maio, vou numa quarta e volto domingo, tenho 3 dias inteiros que pretendo fazer esse passeios que você sugeriu.
    Mas queria te perguntar uma coisa, vou com meu namorado que é completamente viciado pro futebol, pra ele se um roteiro não tiver uma visita a um estádio não está bom!! Hehehehe
    Sabe me dizer se tem algum estádio de futebol legal pra visitar em Santiago ou redondezas?

    Obrigada
    Luciana

    • Diego M. 17 de abril de 2013 at 13:42 #

      Oi Luciana, obrigado pela mensagem. O maior estádio de Santiago é o Estádio Nacional, mas não sei se tem visitas por lá. Um abraço!

  45. Elenita 18 de abril de 2013 at 20:19 #

    Olá Diego, irei com minha família em junho, 22 a 66, compramos as passagens mas estamos muito receosos sobre o hotel. Queremos ficar no Bairro Providência, mas os comentários que li no Tripadvisor sobre hotéis muito velhos, quartos cheirando a cigarro e roubos dentro dos hotéis foram angustiantes. Tem hotéis mais afastados do centro, em las condes, mas são bem mais caros. Como iremos na época que já tem neve nas estações, contrataremos um serviços de van, por acaso vc já leu algo sobre a empresa epicentro sur?
    Desde já grata pela atenção

    • Diego M. 18 de abril de 2013 at 21:50 #

      Oi Elenita. Tome cuidado para não generalizar e pensar que todos os hoteis são fedidos e inseguros. Às vezes vale a pena pagar um pouco mais para ter segurança e limpeza. Eu fiquei no NH Ciudad Santiago, no bairro Providência, e gostei bastante, achei seguro e confortável. (Veja os detalhes nesta página: http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/nh-hotel-santiago-chile-providencia.html). Em relação à empresa Epicentro Sur, nunca ouvi falar. Depois de sua viagem me conte como foi sua experiência com esta empresa. Um abraço!

  46. Rodrigo 19 de abril de 2013 at 10:14 #

    Oi Diego, ja falei neste post contigo, mas vou aproveitar para falar da minha impressão qto a compra de passagens e a escolha do hotel, isso para ver se ajudo o pessoal que passa por aqui. As passagens foram realmente um achado, iria comprar por milhas (tam estava 15000 o trexo) mas consegui ida e volta por 800,00 acabei preferindo guardar as milhas para uma outra viagem, mas lembro que tem de fica atento, esta mesma passagem, mesmo horario um dia antes estava por 1400,00 (ida e volta), foi uma economia de 600,00 por pessoa! (mais dindin para gastar por lá). Quanto ao hotel, aproveitei para pegar um que fica em uma área considerada nova da cidade (Bairro El GOlf – Las Condes), considerado o centro empresarial e negocios da cidade, os hoteis na região costumam ser um pouco mais caros do que em outros bairros (temos o Ritz-Carton, Hotel W etc, que tem diarias acima de 300dolares), procurei bastante na internet (ferramenta maravilhosa) até achar um com boas indicações (nota 8,9 no tripadivisor) e com um preço melhor, ficarei no Director El Golf, 7 dias ficou por $1000 (dolares) com café da manhã incluso, tenho um acesso ao metro a menos de 200 metros do hotel, o que acredito que facilitará a minha vida! Quanto ao roteiro estarei acatando grande parte do que o Diego propôs, também estarei locando um carro por 48 horas, e tentarei fazer os passeios para Valparaiso, Niña del mar e Valle nevado (afinal de contas terei 2 dias para isso, espero que seja o suficiente). Grande abraço, espero ajudar!

    • Diego M. 19 de abril de 2013 at 13:59 #

      Oi Rodrigo, obrigado pela contribuição. Nesses 2 dias você consegue fazer o passeio planejado sim. No primeiro você visita Valparaíso e Viña del Mar e no segundo dia passeia com calma pela cordilheira e vai até o Valle Nevado. Um abraço e boa viagem.

  47. Andreza Oliveira 21 de abril de 2013 at 16:08 #

    Olá Diego! Vamos ao Chile dia 25 de maio e retornamos dia 31. Tenho pesquisado muito na internet, e até agora seu post foi o mais completo e eficiente. Parabéns! Vamos em grupo de 5 casais amigos e pretendemos alugar a van do Sr. Bernabe, tive essa indicação por outro post de uma brasileira que foi em turma e adorou os serviços desta empresa, além do preço dele ter sido mais em conta do que o indicado por uma amiga em recente viagem novembro de 2012. Ficaremos em Las Condes, no Hotel Leonardo da Vinci. Vc tem alguma opinião a respeito, pois, verifiquei comentários bons e ruins.
    Viña Del Mar me pareceu mais atraente que Valparaiso, o que me diz?
    Vale Nevado mesmo sem neve, é imperdível?

    • Diego M. 21 de abril de 2013 at 17:58 #

      Oi Andeza, obrigado pela mensagem. Não conheço este hotel, mas pelas fotos que vi no booking, o quarto parece ser espaçoso. Viña e Valparaíso são cidades vizinhas e com estilos bem diferentes. Vale a pena visitar Valparaíso nem que seja rapidamente, para conhecer a casa do Pablo Neruda e o Museu Naval. Sobre o Vale Nevado sem neve, eu gostei muito, a estrada e as montanhas renderam belas fotos. Um abraço!

    • Elenita 22 de abril de 2013 at 15:11 #

      Olá Andreza, pode me passar o link deste post? irei a Santiago em junho que quero contratar uma van com alguma referência, é um grupo de 6 adultos e duas crianças.
      Desde já agradeço.

      • Andreza Oliveira 26 de abril de 2013 at 9:10 #

        ©BernaTour Chile 2009 Teléfonos : (562) 7233763 – (562) 7924146 Santiago Chile

        • Elenita 26 de abril de 2013 at 17:41 #

          Muito grata Andreza !

    • William 29 de abril de 2013 at 17:26 #

      Olá Andreza! Eu vou a Santiago na metade de junho, eu espero e imagino que no final de maio já tenha caido uma boa nevasca e você verá Valle Nevado branquinho, se tiver, por favor não esqueça de nos contar.

  48. Rodrigo 26 de abril de 2013 at 9:37 #

    Oi Diego, como vc falou, ontem fomos a Concha y Toro, fizemos o tour mais completo (marques) muito bom, com uma bela degustação de quijos e vinhos junto com a enologa Camyla, foi bem legal! De lá fomos direto para o Vale nevado, como esperado sem neve, apenas nos pico onde existe neve “eterna”, mas valew pelo visual!! Sensacional, agora a estrada é de arrepiar! Mas tudo valeu a pena, ainda no retorno paramos no Mall Sports, show o shopping para quem pratica esportes, lojas da nike, addidas, umbro etc! Tudo o que imaginarem de esportes, equestres, aquaticos e assim vai, outra atração é o super paredão de escaladas e uma piscina de ondas onde a galera fica surfando!!! Isso mesmo SURFANDO!! Muito legal!!! Estamos adorando!! E outra coisa a Chillean Rent a Car foi ótima dica, eles foram super ateciosos, demorou um pouquinho para pegarmos o carro, mas nada que tbem ocorreria em qualquer lugar, apenas burocracia!! No balcão tem 2 brasileiros, assim a comunicação ficou bem mais facil!! Abraço e até mais!!

    • Diego M. 26 de abril de 2013 at 10:20 #

      Oi Rodrigo, obrigado pelo seu relato. Quem bom que você gostou. Não cheguei a conhecer o Mall Sport, mas pretendo visita-lo na minha próxima viagem a Santiago. Um abraço!

    • Alex Carvalho 27 de abril de 2013 at 11:17 #

      Olá, Rodrigo. Eu e minha esposa iremos em junho e pensamos em fazer algo parecido. Tu poderia me informar qual modelo de carro alugaste, se foi com ou sem GPS, e o custo da locação??? Obrigado. Abraço. Alex.

      • Rodrigo 27 de abril de 2013 at 21:52 #

        Oi Alex, nós alugamos um carro sedãn no caso o Chevrolet Sail, estavamos em 5 pessoas e foi super confortavel, bem tranquilo mesmo! Mas nesta semana já fiz outra reserva, pois vamos a Valparaiso e Viña del Mar, este carro só para mim e minha esposa, vai ser um Chevrolet Spark Lite (como o descrito pelo Diego), ambos reservei e usei no primeiro caso o GPS, mas meu iphone funcionou até melhor que este!!rs Mas deu tudo certo.
        O primeiro com todos os encargos e GPS saiu por 35.000 pesos (algo em torno de 160,00 reais). O segundo sairá por 22.000 pesos (90,00 reais), a empresa foi ótima e tudo saiu perfeitamente, inclusive na devolução.
        Ps. se vc pensa em ir ao valle nevado de carro tbem, tem de ver as condições do tempo no dia, pois pode ser que tenha que colocar correntes nas rodas para subir a montanha (eles tbem alugam), a subida é de assustar..rs.
        Qualquer coisa em que eu possa ajudar mais é só mandar uma mensagem aqui!
        Abraço.
        Ps2. Estamos adorando Santiago!!!

        • Alex Carvalho 29 de abril de 2013 at 2:01 #

          Rodrigo, escrevo para agradecer a tua atenção e pronta resposta Muito úteis as informações. Uma ótima viagem para vocês. Felicidades. Abraço. Alex.

  49. Wesley Reuel 26 de abril de 2013 at 16:50 #

    Quero registrar aqui o meu agradecimento por este excelente Post. Estivemos em Santiago do dia 17/04 a 21/04. Compramos as passagens com uma promoção de Milhas TAM (12.000 Ida e Volta). Fizemos exatamente este roteiro sugerido de 3 dias. Ficamos no Hotel Ibis Providencia, excelente preço e acomodações. Visitamos vários restaurantes sugeridos pelo Post, sendo os principais Giratório e Como Água para Chocolate. Fizemos a viagem para o Vale Nevado (Sem neve infelizmente) e para Valparaiso e Vina del Mar. Contratamos um guia turístico que conhecemos para fazer os passeios no carro dele, mais baratos que as excursões, e mais confortável pois no carro só estava o motorista, eu e minha esposa. Para compras sugiro o Free Shop de Santiago (da volta é maior) pois os preços estavam em torno de 5 dólares mais barato que no Brasil. Se tiver chance e no avião oferecerem produtos da revista deles (free shop), pode comprar sem medo, pois estavam BEM mais em conta que nos free shop.Sugiro visitas nos museus de Pablo Neruda e no Patio Belavista. Viagem perfeita.

    • Diego M. 27 de abril de 2013 at 12:02 #

      Oi Wesley, muito obrigado por compartilhar sua experiência. Grande abraço!

      • Bruno Alves 27 de abril de 2013 at 18:52 #

        Tem como você mandar o contato desse guia que contratou lá em Santiago?? Sabe informar o valor do hotel??

        • Wesley Reuel 29 de abril de 2013 at 8:26 #

          Bom dia Bruno,

          O nome dele é Andrés Pérez Anoni. O telefone dele é 9-343-1757 (assim ele coloca no cartão, hehehe). O e-mail dele é andrespanoni@hotmail.com. Espero ter ajudado.

  50. Carol Lemes 28 de abril de 2013 at 4:09 #

    Olá Diego! Vou para Santiago dia 09/05 e ficarei 4 dias na cidade e sem dúvida esse é o melhor roteiro de todos que andei lendo, compacto e objetivo. Vc está de parabéns!!
    Ficarei também 4 dias em Puerto Varas, onde farei o passeio de um dia até Peulla, vc tem alguma dica sobre esses locais?!
    Obrigada.

    • Diego M. 28 de abril de 2013 at 14:28 #

      Oi Carol, obrigado pela mensagem. Infelizmente não tenho dicas de Puerto Varas. Um abraço e boa viagem!

  51. Rodrigo 30 de abril de 2013 at 1:55 #

    Olá novamente! Hoje mais uma vez pegamos um carro alugado (Chilean rent a car), mas desta vez um spark (pequeno, motor fragil, porem nos serviu muito bem), fomos a Calparaiso e Viña Del Mar, por estupidez minha (fiquem atentos) na segunda feira os principais pontos turisticos (museos e casa de Neruda) ficam fechadas para manutenção, mas para não perder a viagem fomos a estes pontos assim mesmo kkk, e buscamos outras alternativas!! Passeamos bastante por Viña! Amigos o por do Sol é uma visão inesplicavel!! Só vendo mesmo!! ( e tirando muiiitas fotos) uma outra sugestão, mas ai gastronomica é um restaurante todos de viddro que fica na orla de Viña , de lá assistimo ao por do sol e comemos divinamente! Com um preço aceitavel comparado a valores das capitais (ficou uns 54.000 para cada casal, por volta de 216,00) comemos muito bem, tomamos um bom vinho e mais algumas stellas, estava ventando btt e a briza do pacifico, tem de ser respeitada, que friuuuu!!! O restaurante se chama Restaurant Tierra de Fuego (fica ao lado do Hotel San Martim). Na volta a Santiago paramos no shopping (mall) Castagnera Center, grande amplo e para que ficar na região de los leones e las candes é bem pertinho, ótima opção de compras ( ex. Comprei um mac book que no site da apple esta 4000,00 por 2800,00 aproximadamente, ipad etc não estava valendo a pena, pois o preço esta proximo ao do Brasil) foi isso por hoje! Abraço!

    • Diego M. 30 de abril de 2013 at 19:11 #

      Oi Rodrigo, obrigado pelo relato. Grande abraço e boa viagem!

  52. roseli 1 de maio de 2013 at 23:20 #

    Oi Diego, eu e meu marido vamos à Santiago de 17 a 27/06. Serão 8 dias integrais para o turismo no país. Gostamos muito das suas dicas e vamos utilizá-las. Gostaríamos da sua opinião sobre o que lemos em outros blogs sobre Valparaíso e Viña del Mar. Algumas pessoas não aconselham a visita. Dizem que as cidades não merecem destaque e portanto não devemos perder um dia de turismo para conhecê-las. Eu penso em conhecer o centro histórico, fazer compras, ir na Concha y Toro, Farellones,, El Colorado, Pico Nevado e será que daria tempo para conhecer o Atacama?
    Quanto tempo vc acha que eu levaria para cada atividade?
    Vc pode me ajudar a montar um roteiro de acordo com a distância?

    Grata
    Roseli

    • Diego M. 2 de maio de 2013 at 13:30 #

      Oi Roseli, obrigado pela mensagem. Vale a pena conhecer as duas cidades sim e como você vai ter 8 dias no Chile, não custa gastar um deles para fazer um bate-volta a Valparaíso e Viña del Mar. Para conhecer o Atacama seria interessante reservar pelo menos uns 3 dias inteiros e você vai precisar pegar avião para chegar lá. Um abraço!

  53. Rodrigo 2 de maio de 2013 at 12:00 #

    Oi pessoal, só passei para dizer que : Aproveitem Santiago, voltei com gostinho de quero mais, minha despedida na cidade foi no restaurante Azul Profundo ao lado do patio Bella Vista, a comida foi excepcional o local agradabilissímo, o atendimento maravilhos!!!!! Foi em grande estilo!! Abraço a todos e a quem já vai, aproveitem…

    • Diego M. 2 de maio de 2013 at 13:32 #

      Oi Rodrigo, obrigado pela mensagem. Um abraço!

      • Rodrigo 2 de maio de 2013 at 14:21 #

        Obrigado a Vc com suas dicas, com certeza facilitou e melhorou em muito a minha viagem!!

  54. Alex Carvalho 8 de junho de 2013 at 23:43 #

    Ola, Diego. Chegamos há algumas horas em Santiago. Na medida do possível irei escrever um pouco aqui neste espaço para contar como estamos indo, uma vez que teu blog serviu de base para nosso roteiro. Utilizamos o transfer da Transvip. Reservamos por email e correu tudo perfeitamente. 18000 pesos e fomos conduzidos até o hotel num belo Hyundai Sonata preto. Estamos hospedados num apart hotel em Bellavista, o Bellavista Travel Suites. Simples e confortável, com quarto de casal, closet, internet free, tv a cabo, split, cozinha completa. Pessoal da recepção bem atencioso, apto limtpo. Só não tem café da manhã. E fica pertinho do Pattio Bellavista, dá pra ir a pé, uns 10min de caminhada, bem tranquilo. Bem, agora iremos jantar e amanhã começaremos os passeios. Abraço!!

    • Diego M. 10 de junho de 2013 at 13:06 #

      Oi Alex, obrigado pelo relato. Aproveite sua viagem, um abraço!

  55. Alex Carvalho 23 de junho de 2013 at 19:42 #

    Ola, Diego. Agora que retornamos ao Brasil, com mais calma, contarei um pouco da nossa viagem. No primeiro dia ficamos em Santiago. Começamos com La Chascona (muito legal) e seguimos para o Cerro San Cristóbal. Subimos no funicular e a vista é linda. Após fomos para o centro conhecer Plaza de Armas, Teatro Municipal, etc. Almoçamos no Mercado Central (muito bom, restaurante Augustos). Dali partimos para o Cerro Santa Lucia. Isso tudo num domingo. Na segunda-feira fomos para o Valle Nevado. Tivemos muita sorte pois recém abriu a temporada de esqui. Estávamos em dois casais, e eu e meu amigo resolvemos fazer uma aula de snow enquanto as meninas passeavam de teleférico. Para esse passeio contratamos um guia (indicado por 06 turistas de SP que já estavam passeando com ele há 05 dias) e ele nos pegou no hotel com uma van. Foi muito compensador porque, além da estrada ser muito complicada ele nos deu várias barbadas: levou num mercado comprar mantimentos (no Valle Nevado tudo é muito caro, preços europeus, lata de coca a R$ 10,00 e de cerveja a R$ 18,00) e também alugamos as roupas e os snowboards em Santiago. Além disso, ele mesmo deu as aulas para nós. No final de contas gastamos muito menos do que se tivéssemos ido por conta própria ou com passeios de empresas como a Turistik. A noite jantamos no Como Agua Para Chocolate (ficava a 10 min de caminhada do apart). Achei excelente, nossa melhor refeição. No dia seguinte, terça feira, ficamos em Santiago novamente. De manhã conhecemos La Moneda (Palácio e Centro Cultural), a Bolsa de Comércio, a Biblioteca Pública. As meninas “descobriram” as lojas Paris e fizemos algumas compras. Após, fomos na parte da tarde para o Shopping Parque Arauco. Recomendo, pois tem uma área muito legal ao ar livre para refeições ou happy hours. A noite acabei fazendo uma aventura e fui sozinho assistir Chile x Bolívia pelas eliminatórias no Estádio Nacional. Foi complicado ir até o estádio (metrô + táxi) e lá também foi difícil e caro conseguir ingresso, mas no final deu tudo certo. O Chile ganhou por 3×1 e está quase classificado para a Copa. No último dia, quarta-feira, acordei cedo e aluguei um carro na United Rent a Car (dica tua). Fui super bem atendido e loquei um Hyundai Accent Sedan, mecânico (não dava pra pegar um carro pequeno, estávamos em 04 pessoas), e partimos para Valparaíso e Vina Del Mar. Com o GPS incluso gastamos 38000 pesos na diária da caranga (uns 160 reais) e de combustível mais uns 20000 pesos (80 reais). Em Valparaíso fomos conhecer La Sebastiana (muito legal também, visita com audioguias), mas depois tivemos dificuldades em nos orientar. Cidade difícil. Estávamos procurando o Museu Naval e Marítimo e quando vimos, meio que sem querer, já estávamos em Vina Del Mar. Gostamos bem mais de Viña (lembra um pouco Punta Del Este). Fomos no Relógio de Flores, Castelo Wulff, Cassino Municipal. Almoçamos num restaurante chamado Divino Pecado, bem em frente ao Cassino (muito bom, recomendo). A tardinha voltamos e, como estávamos de carro, aproveitamos para conhecer o Outlet Buenavista Premium. O lugar é enorme, tem algumas coisas que valem a pena comprar, mas é necessário bastante calma, tempo e procura. Estávamos cansados e retornamos a Santiago a noite. Devolvi o carro, saímos para jantar e encerramos o passeio. Nosso vôo partia as 6.50hs e reservamos o translado para o Aeroporto por intermédio do pessoal do hotel (custou 15000 pesos um carro exclusivo, um pouco mais barato que a Transvip, que cobra 18000, e como foi reservado pelo pessoal do hotel, sentimos confiança). Exatamente no horário marcado (4.30hs) o transporte estava lá, e 20min depois já estávamos no aeroporto (acho que o motorista era meio parente do Fernando Alonso). Tudo bem certinho, seguro, pontual. Ah, em relação a compras em Duty Free, nessa viagem estivemos nos Aeroportos de Santiago, Porto Alegre (destino final), Galeão (escala da ida) e Guarulhos (escala no retorno), e este último mostrou ter os melhores preços, com diferenças bastante significativas em alguns produtos (perfumes, por exemplo). Regressamos e posso dizer que gostamos MUITO do Chile e certamente retornaremos mais adiante. A cidade é limpa, segura, ali na comuna de Providência, no bairro Bellavista onde ficamos dá pra caminhar durante a noite, o povo é bastante prestativo, e só tivemos problemas com um taxista (de todos os vários que pegamos) que nos “assaltou” na hora de dar o troco (demos uma nota de 10000 pesos e o sem vergonha trocou rapidamente a nota e nos disse que era apenas de 1000 pesos). Mas utilizamos cerca de 10/12 táxis em todos os passeios, já que o custo não era alto, e a grande maioria foi bastante legal e honesta conosco. Desculpe se me estendi, mas fiz questão de compartilhar com os leitores do blog nosso passeio para que possam aproveitar algumas dicas. Um grande abraço e meu muito obrigado por todas as valiosas dicas deste blog!!!!!

    • Diego M. 24 de junho de 2013 at 13:53 #

      Oi Alex, muito obrigado pelo seu relato, certamente será muito útil para os outros leitores do blog. Um abraço!

    • Amélia 28 de junho de 2013 at 15:35 #

      Oi Alex,

      Estou de viagem para Santiago em fins de julho e gostaria que vc me informasse o contato do guia que os conduziu a Valle Nevado.

      Grata,

      Amélia

      • Diego M. 2 de julho de 2013 at 14:51 #

        Oi Amélia, eu visitei o Valle Nevado por conta própria com carro alugado, mas se você ler os comentários do post sobre o Valle Nevado vai encontrar várias dicas de outros leitores do blog sobre como visitar a estação. Um abraço!

      • Alex Carvalho 2 de julho de 2013 at 21:54 #

        Olá, Amélia.
        O nome do guia é Andrés Pérez.
        No cartão de visitas dele tem um email de contato: fenapavictour@hotmail.com e alguns telefones também: 569 9343 1757, Nextel 46 206 492 e 46 207 11589.
        No meu caso, liguei do meu celular lá mesmo em Santiago para o primeiro número e foi bem tranquilo, ele atendeu na hora e já combinamos o passeio para o dia seguinte..
        Um abraço e bom passeio!!!!
        Alex.

    • Andrea 27 de março de 2014 at 16:22 #

      oi Alex, vamos para o Chile em agosto para conhecer a neve com a filhota de 9 anos, vc teria o contato desse guia?! Desde já super obrigada, abçs

  56. Doralicemaria 16 de julho de 2013 at 0:11 #

    Perfeito ! Direto e seguro! Estou indo em agosto,2013.
    Já tenho meu roteiro agora! Parabéns pelo post!

    • Diego M. 16 de julho de 2013 at 13:08 #

      Oi Doralice, obrigado pela mensagem. Um abraço e boa viagem!

  57. Erick Stengrat (@mydest_anywhere) 27 de julho de 2013 at 17:50 #

    Fala Diego, tudo bem?
    Muito legal o seu post cara !!! Parabéns !!! Ótimas informações…
    Abraços,
    Erick Stengrat

    • Diego M. 28 de julho de 2013 at 22:24 #

      Oi Erick, obrigado pela mensagem. Um abraço!

  58. Alessandro 28 de julho de 2013 at 14:03 #

    Sensacional o seu post, Diego! É um guia completo para uma viagem a Santiago…

    No reveillon 2013-2014 vou estar em Santiago e terei exatamente 3 dias inteiros. Seu roteiro caiu como uma luva.

    Eu tenho um blog de viagens também e em breve vou publicar um post sobre o planejamento da minha viagem…
    Você se importa se eu citar seu blog como fonte no meu site?

    Grande abraço,
    Alessandro Batalha

    • Diego M. 28 de julho de 2013 at 22:28 #

      Oi Alessandro, obrigado pelo comentário. Pode citar sim, depois me passe seu link para eu ver como ficou. Um abraço!

      • Alessandro Batalha 19 de agosto de 2013 at 23:57 #

        Muito obrigado Diego!
        Estou começando a avançar com o planejamento da viagem, então criei um post no meu blog para poder compartilhar o andamento das coisas com meus amigos.

        Depois dá uma passada lá:
        batalhaspelomundo.wordpress.com/2013/08/19/planejando-um-novo-destino-reveillon-2013-2014-em-santiago-do-chile/

        Certamente seu blog vai será muito útil em minhas pesquisas.

        Grande abraço,
        Alessandro Batalha

        • Diego M. 20 de agosto de 2013 at 19:59 #

          Oi Alessandro, obrigado pela citação. um abraço!

        • Mary La Rosa 21 de agosto de 2013 at 10:07 #

          Oi Alessandro.
          Você e seus amigos irão gostar muito do Chile. Neste momento sei que está nevando bastante lá. Estive no período do carnaval e utilizei todas as dicas do blog do Diego. Foram muito boas. Estive em Viña Del Mar, Valparaiso, Valle Nevado, Isla Negra (a casa de Neruda em Isla Negra é fantástica e com certeza vale à pena conhecer, ela fica na costa, um cenário maravilhoso. E a casa nem se fala), Viña Undurraga (que gostei mais do que a visita a Concha y Toro que também fiz), El Totoral e Pomaire, em Santiago destaco alguns lugares como Cerro Santa Lucia, Centro Cultural La Moneda, Parque das Esculturas junto ao rio, San Domenico (artesanatos), a Catedral (que também está em reforma, mas é possível visitar) é muito bonita inclusive vale a pena ver um altar todo feito em prata em uma pequena capela a esquerda de quem entra. Uma dica que recebi de um guia foi ir ao Empório La Rosa, pois tem os melhores sorvetes de Santiago. Fui e apreciei muito um sorvete de doce de leche e chocolate.
          Cuidado com as refeições, pois as porções são bem grandes!!! É sempre muito farto nos restaurantes (cuide ao pedir).
          Outra coisa que destaco é a limpeza das ruas que são muito floridas e bem cuidadas e é claro o metrô que é super eficiente, limpo e utilizei para todos os lugares e a tabelinha do blog do Diego é ótima.
          O clima no Chile é muito seco (muuuuito seco). Leve estas gotas tipo soro fisiológico ou medicações afins. É muito necessário. E isso também ocorre no inverno. Sempre beber muita água!!!!!!! Carregue garrafa com água o tempo todo. Uma recomendação que recebi de um amigo que vai todo ano esquiar é se alguém for hipertenso, e ir ao Valle Nevado, por precaução leve sua medicação.
          Adorei a viagem e pretendo ir novamente para conhecer outros locais como Atacama, Vale de La Luna, Patagônia Chilena e Pucon.

          Um grande abraço e espero que gostem do Chile.

          • Diego M. 21 de agosto de 2013 at 13:17 #

            Oi Mary, muito obrigado pela contribuição. Um abraço!

          • Alessandro Batalha 21 de agosto de 2013 at 22:27 #

            Olá Mary,
            Muito obrigado pelas dicas. Com certeza serão muito importantes pra gente!

            Dentre as opções que você passou, a única que sobre a qual eu ainda nao tinha visto absolutamente nada foi Isla Negra.Vou pesquisar um pouco mais sobre o local…

            Grande abraço.

            PS: vou tomar a liberdade de publicar suas dicas no meu site, ok?

          • Mary La Rosa 22 de agosto de 2013 at 10:46 #

            OI Alessandro.
            Sem problema. Aproveitem a viagem. Abraço

  59. Mariselma Mendonça Di Pietro 8 de agosto de 2013 at 16:00 #

    Oi Diego, adorei seu Blog, eu e meu Marido estamos pensando em fazer essa viagem até o Chile final do Ano, e já comecei a pesquisar , mais na frente vou pedir algumas dicas porque vamos fazer a viagem de carro..
    Se puderes já me adiantar alguma coisa sobre o caminho mais perto e mais tranquilo, saindo aqui de Santa Catarina, vou ficar imensamente agradecida..
    Obrigada
    Mariselma

    • Diego M. 11 de agosto de 2013 at 22:05 #

      Oi Mariselma. Vai ser uma longa viagem, viu? Pelo que vi no Google são quase 3000 km entre Floripa e Santiago. Se você estiver no litoral de SC, o caminho é via BR 101 até Porto Alegre, depois RS-290 até Uruguaiana. Na Argentina você vai passar pelas cidades de Rosário, Vila Maria, Mercedes e Mendoza, para então atravessar a Cordilheira dos Andes, rumo a Santiago. Um abraço!

  60. Angela 8 de agosto de 2013 at 22:33 #

    Olá! Tenho dois passeios programados, um para Vale Nevado, outro para Portillo. Gostaria de trocar um deles por Vina del Mar e Valparaiso, porque acredito que dois dias de esqui são demais prá meu marido e eu. (Nem esquiamos, só queremos curtir uma neve). Qual deles devo trocar?

    • Diego M. 8 de agosto de 2013 at 23:31 #

      Oi Angela… difícil dizer, porque tanto Valle Nevado quanto Portillo vão te proporcionar belas paisagens. Elimine talvez Portillo, que é bem mais distante de Santiago e pode ser uma viagem cansativa. Quando voltar deixe uma mensagem contando como foi sua viagem. Um abraço!

  61. Renato Domingues 10 de agosto de 2013 at 10:44 #

    Diego !!! Vc é o cara, seu blog esta perfeito. estou indo para o Chile em setembro 3 dias, vou seguir a risca suas dicas, só tenho uma duvida, eu consigo visitar as duas cidades alugando carro indo de manha e voltando depois do almoço? ( cidades do 3º dias, perto do mar, esqueci o nome), pois meu voo e bem no final da tarde, abraços \o/

    • Diego M. 11 de agosto de 2013 at 21:57 #

      Oi Renato. Você pode visitar Valparaíso e Viña del Mar no segundo dia, caso tenha vontade de conhecê-las. E no terceiro dia você pode visitar apenas a vinícola Concha y Toro no horário mais cedo possível, para poder ir com calma pro aeroporto após o almoço. É bom deixar o Valle Nevado para uma próxima, pois pode ser um passeio bem demorado caso a estrada nas montanhas não esteja em boas condições, com muita neve, por exemplo. Na volta me conte como foi sua viagem. Um abraço!

      • renato 16 de agosto de 2013 at 17:47 #

        Diego so uma duvida, para eu alugar o carro , eu preciso deixar uma quantia de dinheiro grande na united rent a car , primeiro??

        • Diego M. 18 de agosto de 2013 at 21:18 #

          Oi Renato. No aluguel do carro é feita uma pré autorização no seu cartão e na devolução do veículo esta operação é cancelada. Um abraço!

  62. Gustavo 13 de agosto de 2013 at 23:35 #

    Estou em Santiago arrumando as malas pra voltar pro Brasil, depois de uma semana passeando por aqui.
    Com certeza este site com as dicas nos ajudou bastante pra fazer nosso roteiro dos passeios.
    Algumas dicas:
    - Fomos na maior parte desses lugares do roteiro do site. Só a praça do Palácio La Moneda que está fechada com tapumes para reforma e fica pronto em março de 2014 (informação de um guia). Não dá pra ver nada mesmo.
    - Taxistas: unanimidade entre os brasileiros que os taxistas são malandros, principalmente os carros com teto amarelo. Fiquem muito espertos. Aconteceu comigo a mesma coisa que outras pessoas relataram aqui no site. O taxista trocou rapidamente sem perceber uma nota de 10 mil por uma de mil pesos. Como eu tinha certeza que tinha dado o dinheiro correto, abri a porta do carro e saí. Dica: combinem o preço antes da corrida, prestem muita atenção na hora de pagar. Desconfiem se não o taxi não parar na porta do hotel (o que aconteceu comigo) ou se parar em lugares desertos.
    Alguns preços padrão: aeroporto / hotel (Transvip): 20 mil pesos.
    hotel / aeroporto (taxi hotel): 15 mil pesos
    estação metrô Plaza Puenta Alta / Concha y Toro: 3 mil pesos
    - Metrô: muito usado em Santiago, principalmente se for fazer os passeios pela cidade. Durante o dia pode usar tranquilamente. Não andei a noite por isso não posso falar nada. Só pegar um mapa na estação que ajuda bastante. O trânsito de carro na rua é muito ruim, por isso use o metrô o máximo possível, economiza tempo e dinheiro.
    - Comida: muitos restaurantes bons, mas bem caro tb. Isso é uma outra coisa bastante comentado, o preço da comida. Como Água Para Chocolate é o restaurante que é frequentado 90% por brasileiros. A comida é ótima e preço um pouco salgado (aprox. 200 reais para um casal). Outro que gostei muito foi o Liguria, na avenida Providência, próximo a estação de metro M. Montt e hotel Ibis. Comida muito boa e preço mais justo (pouco mais de 100 reais por casal). Tem vários outros bons tb.
    - Compras: não pensem em ir para Santiago para fazer compras. O preço é muito parecido com o Brasil e não tem nada demais. Os outlets tem preço bom até, mas pouca variedade e bem longe de tudo. O Easton outlet oferece transporte gratuito. Passa no hotel aprox. 15h e volta as 20h, muito tempo pra pouca coisa. Dá até pra ir a pé em outros outlets próximos. Mas tem que ligar antes e reservar o transporte.
    Os shoppings (Parque Arauco e Costanera Mall) são bonitos pra conhecer….
    - Câmbio (agosto 2013): 1 real = 200 pesos 1 dolar = 500 pesos

    Depois escrevo mais em outra parte do site sobre os passeios.
    Espero que ajude um pouco com a minha experiência que tive em Santiago.
    abraço e boa viagem!

    • Diego M. 14 de agosto de 2013 at 18:14 #

      Oi Gustavo, agradeço muito sua contribuição. Em breve vou editar todos os meus posts de Santiago atualizando com as opiniões deixadas nos comentários. Suas palavras certamente ajudarão muito as outras pessoas. Um abraço!

  63. M Teresa 15 de agosto de 2013 at 17:18 #

    Parabéns Diego! Seu site é sensacional, repleto de dicas e informações importantíssimas! Irei com meu marido para Santiago, Puerto Varas, daí fazer a travessia dos Lagos Andinos até Bariloche e depois volto ao Recife. Vamos passar 5 dias em Santiago, 2 em Puerto Varas e mais 5 em Bariloche. Estou montando nosso roteiro a partir do seu site e também através de informações dos seus “seguidores”. Valeu e obrigada!

    • Diego M. 15 de agosto de 2013 at 20:14 #

      Obrigado pela mensagem. Na volta conte aqui no blog como foram os passeios. Um abraço e boa viagem!

  64. André 19 de agosto de 2013 at 16:09 #

    Olá Diego,
    Primeiramente parabéns pelo Blog, estou indo no final do mês que vem, vou ficar 3 noites, chego quinta feira as 12:00 hrs e volto no domingo no voo das 22:00 hrs, queria ´tirar algumas dúvidas.
    É tranquilo para andar de carro por lá? No caso que eu alugue é mais valido?
    É possível conseguir vagas nas visitações marcando por lá, ou vc aconselha reservar antes?
    Final de Setembro encontro neve ainda?
    O que vc sugere em relação a moeda, seria interessante comprar Dolar ou o Real é bem aceito?

    Grande Abraço

  65. Aline Cavalcante 25 de agosto de 2013 at 10:54 #

    Ótimas dicas para Santiago, porém tenho uma dúvida: sempre que chego numa cidade gosto de fazer o City Tour pra ter uma visão geral do local, mas pela Turistik existem duas opções que é o Tradicional City Tour e o Hop On-Hop Off. Percebi que os dois tem paradas diferentes. Qual seria o passeio mais indicado?

    Obrigada,

    Aline

    • Diego M. 28 de agosto de 2013 at 13:40 #

      Oi Aline, obrigado pela mensagem. O Tradicional é mais rápido, passa pelos principais pontos turísticos, mas acho que você não sai do ônibus. Já o Hop On você passa por vários pontos turísticos, pode descer do onibus quando quiser e embarcar no próximo que passar para continuar o passeio. Um abraço!

  66. Valéria 24 de setembro de 2013 at 10:47 #

    Adorei as dicas , suepr valiosas . Vou com meu marido em Outubro. É uma boa época? qual a temperatura lá?
    abs

    • Diego M. 24 de setembro de 2013 at 13:24 #

      Oi Valéria, obrigado pela mensagem. Outubro é meia estação, então você pode encontrar dias quentes e noites amenas. Mas não custa olhar a previsão do tempo dias antes de embarcar. Um abraço!

      • Gustavo 24 de setembro de 2013 at 14:13 #

        Galera, alguem esta sabendo se vale mais trocar o real por peso aqui no brasil ou posso deixar pra trocar no chile? Achei na minha cidade Belo Horizonte 186.000 por R$ 1.000

        • Helton Cesar 30 de setembro de 2013 at 10:02 #

          Gustavo,

          Voltei do Chile no dia 22/09/13 e vi nas casas de cambio 200 pesos por 1 real e, também, 190 pesos por 1 real. Isto numa casa de cambio na Calle(rua) Paseo Ahumada.
          Você pode levar um pouco daqui e trocar o resto lá.

    • Gustavo 24 de setembro de 2013 at 14:15 #

      Valéria também vou em outubro a previsão sera de 18º durante dia e 6º na madrugada

  67. Valéria 24 de setembro de 2013 at 11:15 #

    Outras perguntas quantos ao aluguel e carros e reservas para visitar os museus: devo fazer antes , aqui mesmo no Brasil pelos sites, ou chegando lá consigo com facilidade?
    e sobre a Toca de Guarda vcs pdoem informar alguma coisa?

    obrigada

  68. Valéria 24 de setembro de 2013 at 11:25 #

    Agora “Pilhei” tenho mil perguntas desculpem rsrs

    qto ao seguro viagem vi um link aqui no seu blog da Cardenal Assitance , posso fazer ? vc recomenda? pq gostei das opções !!

    abs

    • Diego M. 24 de setembro de 2013 at 13:26 #

      Oi Valéria, quando viajo costumo fazer seguro com a Mondial Travel. Um abraço!

      • Valéria 24 de setembro de 2013 at 14:35 #

        Diego

        Muito obriagada pelas dicas!! Cara, seu blog é sensacional!! Parbens!!

        Um Abraço!

  69. Helton Cesar 30 de setembro de 2013 at 9:45 #

    Ola a todos e Ola Diego,

    Fui a Santiago no dia 14/09/13 e voltei dia 22/09/13. Fiquei hospedado no Hotel na Rua San Martin a cinco minutos do Metro La Moneda. Fiquei neste hotel por ser próximo do Metro; e em Santiago você chega em qualquer lugar de Metro exceto no Shopping Parque Arauco que será necessario tomar um taxi. De onde estava até o Shopping foram 6000 pesos visto que conhecemos um pessoal no hotel que estava indo para la também fizemos a famosa vaquinha.

    Todas as informações deste blog são extremamente precisas, quando passava as informações sobre aonde ir em Santiago para os brasileiros que conheci no hotel eles nunca acreditavam que aquela era minha primeira vez.

    Faça amizade com o pessoal do Hotel e sempre que for tomar um taxi pergunte ao pessoal do hotel qual o valor aproximado até o destino final.
    Para não se perder sobre valores veja o post, neste blog, sobre os taxis e o metro em santiago.

    Para aqueles que vão para a estação de esqui fica a dica; esteja sempre atento a previsão do tempo, se for chover em Santiago ou estiver chovendo, corra para o Valle Nevado e desfrutarás o prazer de conhecer a neve e com certeza estará nevando. E se possível evite ir no final de semana.

    Embora estivesse bem proximo da Plaza das Armas, acreditem, não tive tempo de ir lá. O Palacio La Moneda esta em reforma então não será possivel visita-lo, pelo menos no tempo em que estava lá.

    Não esqueçam de experimentar o Pisco Sour, o Mango Sour, o terremoto, lembrando que são bebidas agradaveis, porém, fortes.

    Fui a Val Paraiso e Viña del Mar num tour que contatei por intermedio de um folheto que estava na recepção do Hotel. Primeiro conversei com a concierge sobre o que queria que ela perguntasse sobre o passeio e depois pedi, por favor, para que ela ligasse.
    Para a alegria de todos os brasileiros que contrataram este tour o guia é um Capitão de navio aposentado que nos contou toda a historia de Val Paraiso e Viña del Mar. Ele pediu para o motorista parar no meio do caminho para nos mostrar uma vinícola. Visto que os chilenos não gostam muito de Argentinos tivemos o prazer de ouvir uma piada de Argentino contada pelo guia chileno.

    No dia 18 de setembro é o dia da Independência Chilena, na vespera do feriado o comercio fechou as 18:30 – 19:00hrs não abriu no dia 18,19,20 no dia 21 o comercio começou a abrir, mas isso não foi problema.
    Comam pão com palta.
    Vão ao restaurante El Giratorio, basta descer na estação Las Condes.
    Ao ir ao Cerro San Cristobal fique atento ao horário de funcionamento do funicular pois descer a pé toma muito tempo.(muito tempo mesmo)

    E não esqueçam, na ida e na volta escolham o assento ao lado da janela e desfrute a visão das cordilheira dos andes.

    O segredo para se dar bem com os Chilenos?

    Sempre use Por Favor e Muchas Gracias.

    Muito Obrigado Diego por seu excelente Blog graças as informações encontradas aqui não me senti perdido um só segundo.

    E boa viagem a todos que estão planejando ir para Santiago.

    • Diego M. 30 de setembro de 2013 at 21:40 #

      Olá Helton, fico muito agradecido pelas suas palavras. Isto me dá um estímulo a mais para continuar me dedicando ao blog. Grande abraço!

  70. Eduardo 30 de setembro de 2013 at 21:20 #

    Boa noite srs.
    Como contrapartida as inúmeras dicas do site gostaria de fazer algumas considerações a respeito de viagem a Santiago já que estivemos por lá no início de setembro/13.
    - As dicas em relação aos motoristas de táxi são válidas. Nem todos são desonestos, mas muito cuidado na hora de pagar.
    - O metrô é ótimo, simples e prático.
    - Além das dicas do post recomendaria o Restaurante Giratório, preferencialmente no final de tarde em um dia ensolarado – a visão da Cordilheira é ótima. A comida também é muito boa.
    - Não recomendaria a ida ao Mercado para degustar o Centolla. Aqui em Joinville(SC) compramos um caranguejo desses por uns R$ 200,00 e dá para umas 4-5 pessoas. Lá no Mercado não vai sair por menos de R$ 400,00. Mas tive que ir lá pra ter essa percepção.
    - Com a cotação do dólar não encontramos grandes promoções. Mas também não ficamos fuçando nas lojas.
    - Como estávamos em 2 casais alugamos um carro (http://www.chileanrentacar.cl/pt/). Com GPS tudo fica mais fácil e só com a economia do translado até o hotel e mais o passeio a COncha e Toro no dia seguinte já valeu muito a pena.
    - Ainda que a estrada seja razoável não recomendo ir de carro locado até o Valle Nevado. É muita curva… Estou acostuma a subir uma serra (+- 1100 mts) a cada 15 dias, mas a estrada lá é bem complicada.
    Valeu, grato pelas informações e boas viagens a todos.
    Saudações

    • Diego M. 30 de setembro de 2013 at 21:32 #

      Olá Eduardo, agradeço pelas suas considerações. Grande abraço!

  71. Gláucia 1 de outubro de 2013 at 10:49 #

    Oi Diego!
    Parabéns pelo blog, está perfeito, repleto de informações úteis para viajantes como eu (que adoram garimpar boas dicas na web … rsrsrs)
    Continue com esse belo trabalho e tenha certeza de ele faz toda a diferença.
    Abraço.

    • Diego M. 1 de outubro de 2013 at 21:22 #

      Olá Gláucia, agradeço pelas suas palavras. Um abraço!

  72. Renato Domingues 2 de outubro de 2013 at 7:01 #

    Olá Diego, suas dicas foram pertinentes na minha ida para Chile , concerteza ajudou muito em tudo, queria saber se você já foi para Ukrania ou Hungria, ou conhece alguém que tenha ido para eu ter uma noção antes de ir , \o/ abraço

  73. Sergio 8 de outubro de 2013 at 8:11 #

    Diego, bom dia!!

    Recém chegado de Mendoza e Santiago, optei por trazer algumas informações para o pessoal que pretende fazer este roteiro também, pois encontrei um pouco de dificuldade quando pesquisei por informações sobre os trâmites para travessia da Argentina para o Chile e algumas informações desencontradas. Nossa viagem começou saindo de GRU, com uma escala em Buenos Aires para posterior chegada em Mendoza. Loquei um carro antecipadamente pelo site da rentalcars. Também me comuniquei com a locadora (Alamo), pois nossa intenção era de Mendoza, cruzar a Cordilheira e ir até o Chile. Não tivemos problema nenhum, o documento para cruzar a fronteira com carro alugado na Argentina sai praticamente na hora (emitido somente em dias úteis), tudo por meio eletrônico. Pagamos uma taxa de 400 pesos para a locadora por conta do documento mas isso fica para daqui a pouco. Bem, em Mendoza, optamos por conhecer a cidade em um dia, tendo agendado previamente, via email, visita a duas vinícolas (Salentein e Zuccardi). Amigos, que passeio…. Na Salentein, é coisa feita para turista mesmo, muito lindo. Tem um restaurante maravilhoso, com opões para todos os bolsos. A única coisa é que, quem foi para a Argentina há bastante tempo, vai se assustar com os preços, subiram muito, quase tudo está bem mais caro. O passeio na Zuccardi, por ser uma das vinícolas mais tradicionais da região, para quem gosta de mais informações e conhecimento, sem se importar tanto com o visual, vai gostar mais. O almoço também é excelente (peçam o menu regional, divino e à vontade – comida e vinhos!!!). A única coisa é que em ambas as vinícolas necessita-se reserva antecipada, tanto para o tour quanto para o almoço. Dificilmente chega-se direto e se consegue fazer as atividades. Uma dica de câmbio, para quem não se importa com meios muito ortodoxos: como na Argentina a venda de dólares para argentinos está restrita, criou-se um câmbio paralelo, onde se paga muito mais pelos dólares. Para ter uma ideia, a cotação oficial no Banco de La Nacion estava em 5,5 e, facilmente, conseguimos 8,5. Uma amiga voltou de Bariloche e disse que chegou a pegar 9,0!!!. Então, vale a pena levar dólar e trocar por lá, num lugar confiável. Quanto à cruzar a fronteira, quem tiver coragem e não tiver problema em dirigir a noite, vale a pena fazer a travessia de madrugada, pois é muito mais tranquilo. Para ir ao Chile, saímos de Mendoza pela manhã, chegando no Paso de Los Libres por volta do meio-dia. Foram 3h30m de espera, na fila, para passarmos pelos procedimentos de imigração. Vale a pena enquanto se espera, retirar os formulários para preenchimento antecipadamente. Para quem vai de carro, os procedimentos são até mais rápidos, pois há alguns guichês que atendem exclusivamente para este caso – veículo particular. Para quem vai de ônibus…… Há somente um guichê e, quando chegam vários ônibus, as filas aumentam muito. Fica a dica da restrição ao transporte de materiais de origem orgânica (flores, frutos, vegetais) – existe fiscalização sanitária forte para isto. Além, claro, da tradicional revista no carro, abertura de malas, etc. Outra coisa importante – se vc não fala e não entende absolutamente nada de espanhol, é bom fazer algumas lições para o básico, pois na aduana, a paciência e esforço em se fazer entender dos fiscais não é uma virtude, principalmente por parte dos chilenos. Importante também é levar uma quantia de peso chileno, pois há dois pedágios para chegar em Santiago. Troquem pouca coisa na Aduana (tem uma casa de câmbio por lá) pois a cotação não é lá estas coisas. Estando de posse do “cruce Chile”, que a locadora forneceu e de todos os formulários preenchidos, fica até tranquilo o procedimento, tirando tempo enorme de espera. Para voltar a Mendoza, fizemos o trajeto contrário de madrugada – só tinha um veículo na nossa frente e foi super rápido!!!! Bem, no Chile, ficamos espantados com o preço de tudo!! Uma lata de refrigerante = R$ 6,50, uma cerveja long neck = R$ 15,00!!!!!! E olha que não era em lugar de turista, em qualquer lanchonete de shopping se encontra estes preços!!! Santiago é uma cidade que está em processo de modernização muito grande – ficamos em Providência e, a impressão, é que estava em Dubai ou Los Angeles, prédios modernos e nas ruas, vc não vê carro velho – só tem carro novo e caro. Fomos ao Vale Nevado – para quem já foi a Bariloche não vai achar nada demais. Para quem não viu neve ou não conhece estação de esqui vale a pena até. Optei por fazer também um passeio na Santa Helena. Aí sim valeu a pena a viagem ao Chile. Fomos atendidos pela Gloria, muito atenciosa e com profundos conhecimentos em enologia. Mesma ideia da Zuccardi, em Mendoza = passeio tradicional, para quem realmente quer conhecer mais sobre a essência do negócio, sem perfumarias… Para a dica do almoço, ao lado da Santa Helena existe a Casa Silva, vinícola também. A partir do meio-dia, o restaurante abre para o almoço. São poucas mesas, então é melhor não demorar para chegar ou fazer reserva antecipada. Excelente opção para o almoço e, em se tratando de Chile, com preços bem justos pelo nível do restaurante. Importante também lembrar a restrição ao consumo de álcool e condução de veículos no Chile = tolerância zero!!! Se os Carabineros tem pegam e vc tiver tomado uma taça de vinho que seja, lascou!!! Na Argentina é mais tranquilo, dá para tomar um vinho no almoço ou degustar em adegas. Vale a pena o passeio pelos pontos turísticos de Santiago (Museu Nacional, Palácio La Moneda, Cerro Santa Lúcia, Mercado, Calle Ahumada…). O La Moneda não estava abrindo todos os dias para visitação – intercalava os dias com visita. Agora, o trânsito em Santiago é coisa de louco. Dirijo em São Paulo há muito tempo e fiquei abismado com a falta de educação, grosserias e desorganização no trânsito, sem falar na buzina. O pessoal dirige com um dedo na buzina, é brincadeira. Saindo de Santiago é mais tranquilo, pois o país concentra a população em grandes centros, como é o caso de Santiago. As estradas são bem sinalizadas – e pedagiadas obviamente. O preço da gasolina está na casa dos R$ 3,00 no Chile e um pouco menos na Argentina. Uma dica de conversão para chegar no preço em R$ é simples: Argentina = divida o valor em pesos pela metade. No Chile = como eles não tiraram os zeros dos valores, corte 3 zeros do valor (p. ex.: um refrigerante custa 1.300,00 pesos chilenos, sem os 3 zeros, ficaria 1,3) e depois multiplique por 5. Assim, o refrigerante de 1.300,00 pesos chilenos corresponde a R$ 6,50. Enfim, valeu conhecer o Chile a título de informação mas, como fã da Argentina, não volto para o Chile tão cedo. Boa sorte a todos!!!

    • Diego M. 9 de outubro de 2013 at 13:51 #

      Oi Sérgio, seu relato ficou ótimo, agradeço sua contribuição. Tenho vontade de visitar Mendoza e cruzar a Cordilheira de carro, gostei das suas dicas. Grande abraço!

  74. Juliana 8 de outubro de 2013 at 21:39 #

    Oi Diego! Muito boas suas dicas, parabens!
    Tenho uma duvida: vou ter apenas 1 dia e meio em Santiago e 3 dias no Atacama.
    Estava pensando em pegar a metade de um dia pra conhecer o centro de Santiago e o outro dia inteiro para ir a Concha y Toro e a Vina del Mar e Valparaiso. A pergunta eh: quanto tempo dura a visita a Concha? Daria pra seguir a Vina e a Valparaiso no mesmo dia, ou ficaria muito apertado? Em quanto tempo consigo conhecer essas duas cidades? E outra, vc recomenda o Vale Nevado ou Vina/Valparaiso? Qual vc acha q deve ser a prioridade nessa minha primeira viagem?

    Obrigada de verdade ;)

    • Diego M. 9 de outubro de 2013 at 14:01 #

      Oi Juliana, acho que você não consegue visitar a vinícola + Viña e Valparaiso no mesmo dia. As duas cidades exigem um dia inteiro para visita-las fazendo o bate-volta. Não sei a época que você vai, mas certamente não haverá mais neve para esquiar no Valle Nevado, só vale subir se você gosta de paisagens e montanhas. Eu fiz Concha y Toro de manhã cedo e Valle Nevado à tarde no mesmo dia. É meio função, ambos são distantes um do outro. Eu estava com carro alugado e peguei bastante trânsito, foi uma correria, subi as montanhas, almocei e logo desci, antes do por do sol. Recomendo metade de um dia no centro de Santiago, incluindo o Cerro Santa Lucia, e no outro dia a vinícola de manhã e o Cerro San Cristobal + Museu La Chascona à tarde. Um abraço!

      • Juliana 15 de outubro de 2013 at 13:14 #

        Obrigada, Diego!
        Vou seguir suas dicas! Mto valiosas!! Estou indo dia 20/10, voltando dia 26/10, sendo que desses, 3 dias serao no atacama. Corrido, mas foi o q consegui…
        Abracos!

  75. Roberto 17 de outubro de 2013 at 16:00 #

    Olá Diego,…
    Inicialmente, parabéns pela organização do blog. Você foi muito bom… dicas, claras, essenciais… etc…

    Muito obrigado pelas dicas…
    Estou planejando ficar de 6 a 7 dias em Santigado… em fins de março e inicio de abril de 2014 com um amigo.

    Muito obrigado mesmo.

    Sucesso e continues com suas dicas brilhantes!!

    • Diego M. 18 de outubro de 2013 at 13:27 #

      Oi Roberto, obrigado pela mensagem. Um abraço!

  76. Valéria 23 de outubro de 2013 at 14:54 #

    Olá

    pessoal chegamos ontem de Santiago, meu marido e eu. Seguimos alguns roteiros sugeridos pelo blog e tivemos muito sucesso.
    Estamos encantados com a hospitalidade dos Chilenos, são pessoas super educadas, generosas, disponíveis para ajudar as pessoas, sobretudo os Brasileiros. Estão muito preparados para receber os turistas do mundo todo. Super indico esta viagem e torço para que possamos evoluir em nossoas prestações de serviços e atendimentos aqui no Brasil, não só pela Copa do Mundo mas também para transformar nosso país em referência internacional com a qualidade.
    Nos sentimos muito bem no Chile. obriaga a todos pelas dicas!!
    Não deixem de ir ao Pátio Bellavista no restuarante Backstage Life, peçam lula com camarões: são divinos!! Com preços honestos.

    abraços

    Valéria

    • Diego M. 24 de outubro de 2013 at 19:27 #

      Oi Valéria, obrigado pelo relato.
      Um abraço!

  77. Camila Grazziotti 24 de outubro de 2013 at 22:57 #

    Adorei as dicas, li todos os seus posts sobre Santiago e todos estão claros e bem detalhados! Estou indo semana que vem e já programei muitas coisas com base nos seus relatos. Muito obrigada! Beijos

    • Diego M. 29 de outubro de 2013 at 19:53 #

      Oi Camila, obrigado pelo comentário. Um abraço e boa viagem!

  78. Antenor 2 de novembro de 2013 at 21:38 #

    Olá!Muito obrigado pelas dica!Estou indo a Santiago em Dezembro. Já me disseram que não é uma época interessante, que seria melhor num período mais frio,com neve, mas enfim, foi quando deu certo encaixar nos meus planos. Ficarei 5 dias. Mesmo sendo verão, ainda vale a pena ir ao Vale Nevado, ou deixo pra outra oportunidade??

    • Diego M. 4 de novembro de 2013 at 10:46 #

      Oi Antenor, nesta época acho que não vale ir ao Vale Nevado, a não ser que você curta a paisagem das montanhas. Um abraço!

  79. Paulo 4 de novembro de 2013 at 16:30 #

    Boa tarde Diego.

    estarei indo ao Chile em dezembro e curto muito uma bike.
    subir o Vale Nevado de bike é difícil e o principal, perigoso?

    Grato,

    Paulo

    • Diego M. 4 de novembro de 2013 at 18:33 #

      Oi Paulo, a subida de carro já é difícil, de bike deve ser muito mais. São dezenas de curvas e subidas muito íngremes. Recomendo buscar a opinião de blogs especializados em bike, procurar algum relato de alguém que já tenha feito este trajeto de bicicleta para saber como foi. Um abraço!

      • Paulo 6 de novembro de 2013 at 14:01 #

        Tem razão. Valeu a dica.
        Abraço,

        Paulo

  80. Falcão 6 de novembro de 2013 at 16:53 #

    Diego, vou a Santiago em dezembro com dois idosos (mas muito dispostos e animados) e outro adulto de minha idade (26), e gostaria de saber se há necessidade de fechar algum pacote de city tour com a Turistik ou Turistour para conhecer Santiago e Concha y Toro uma vez que não vamos alugar carro e fico com receio de tentar fazer tudo por conta própria de taxi e metrô.

    Desde já agradeço.
    Abraços

    • Diego M. 6 de novembro de 2013 at 22:20 #

      Oi Falcão, se eles são dispostos e animados você pode tentar fazer tudo por conta própria. Isso é uma questão muito pessoal, sabe… fica difícil eu te dizer qual é a melhor opção. Um abraço!

  81. Felipe 18 de novembro de 2013 at 19:35 #

    Ola ,
    Gostaria de agradecer , e parabenizá-lo pela ajuda e pelo ótimo trabalho aqui no site,é como uma fonte d’água no deserto!!
    q Deus o abençoe

    • Diego M. 18 de novembro de 2013 at 21:35 #

      Oi Felipe, obrigado pelas palavras. Um abraço!

  82. Dirce Paes 27 de novembro de 2013 at 18:52 #

    Olá Diego! Sou do Rio de Janeiro e vou à Santiago com minha filha maior de idade passar o Ano Novo, ficaremos 6 dias, e gostaria de saber como reservar para ir aos vinhedos, e quais os mais legais (Concha Y Toro por ex.); se é necessário com antecedência ou se qdo chegarmos. Se puder me dizer agradeço. Também gostaria de dica para se é mais vantagem alugar carro ou andar nos transportes públicos. Como será na época do reveillon, sei que nada funciona nos dias 31/12 e 1/1/14. Nesse caso, não sei se as visitas a vinhedos funcionam nesses dias ou se seria melhor ir à Valparaíso e Viña del Mar, Gostaria de saber, ainda, quais os outlets que valem à pena visitar? Outra informação: como faço pra converter real em pesos chilenos? Sei que tem que cortar 3 zeros e depois? Uns dizem que multiplica por 5 e outros que divide por 3. Obrigada pelas dicas, adorei o site.

  83. Pedro Mauro Dutra Toledo 1 de dezembro de 2013 at 16:18 #

    Estive no Chile em Novembro de 2013, achei a capital Santiago muito moderna, limpa com um metro que realmente funciona, mas a limpeza só se aplica aos bairros de las condes e providencia, o centro é sujo e cheio de pessoas mal encarada alguns pedintes pelas ruas, não aconselho ninguem ir ao centro com joias como cordão de ouro, relogios e aneis, celulares caros e tablets , o mercado municipal é pura ilusão tudo muito caro tanto os peixes como os restaurantes, enfim o chile é um pais caro, bem mais caro que a europa. Fui roubado Perto do Cerro de santa Lucia, enquanto estava distraido olhando o mapa depois de visitar o cerro o moleque de aproximadamente uns 18 a 20 anos chegou sorrateiramente pelas minhas costa e puxou meu cordão de ouro arrebentando ele em varios pedaços consegui ficar com um bom pedaço dele e sua pesada cruz, após este incidente fiz uma loucura, abandonei a minha mochila com minha carteira cheia de cartões de credito, maquina fotografica, filmadora e documentos juntamente com minha esposa e fui ao encalço do meliante, ele infelizmente obteve uma vantagem sobre mim pois ele atravessou a Avenida Bernardo O’Higgins com um tráfego violento correndo e quase foi atropelado, esperei a minha vez e quando fui atravessar vinha um carro dos Carabineiros do Chile fiz sinal para pararem mais fui ignorado, atravessei e fui ao encalço dele deixando minha esposa com a mochila e os pertences dela. Corri atras dele por uns 5 minuitos mas ele desapareceu parece que morava ali perto pois estava vestindo um roupa de aspecto bom e tinha boa aparencia não era descendente do povo andino. Fiquei circulando pelo trajeto que ele fez por uns 10 minutos e nada tentei chamar a policia e esperei por cerca de 1 hora e nada, fomos ignorados pela policia chilena, um enorme desrespeito ao povo Brasileiro que são os maiores turista em numeros no chile , cerca de 70 porcento dos turistas por lá são Brasileiros, Voltei a encontrar minha esposa e fomos embora decepcionados com a policia. No outro dia fiquei sabendo atraves de uma Brasileira que estava no mesmo Flat que nós que muitos tiveram o cordão roubado por lá do mesmo modo inclusive ela. Mas não foi tudo de mal no Chile, conhecemos um operador de turismo por lá super gente boa muito honesto e sincero e faço questão de mencionar o nome dele e quando forem ao chile procure por ele, pessoa muito agradavel e honesta , seu nome é Guillermo Espindola Seu celular 09-75475644 Nextel :09- 64303722 e 46 208 19966 E-mail e facebook :espinndola771@hotmail.com. Ele irá te levar a qualquer parte de Santiago, Vinã del Mar e Valparaiso, pessoa de confiança e gentil. Fica a dica, tomem muito cuidado por lá pois o centro é perigoso como o centro de São Paulo ou igual a qualquer centro de uma grande capital.

    • Diego M. 2 de dezembro de 2013 at 14:00 #

      Oi Pedro, agradeço seu relato e lamento o ocorrido. Você correu risco ao correr atrás do moleque, eu não faria isso… mas entendo que na hora a gente acaba agindo por impulso sem pensar nas possíveis consequências. Um abraço!

      • Pedro Mauro Dutra Toledo 4 de dezembro de 2013 at 21:16 #

        É diego foi um ato impensado, só depois que eu esfriei a cabeça é que eu deparei com o meu erro. Mas no centro de Santiago todo cuidado é pouco fiquei indignado com o descaso da policia de lá com o ocorrido. Mas na região dos Bairros da Providencia e las Condes é muito tranquila e limpa e organizada! um abraço e obrigado!

  84. Pedro Mauro Dutra Toledo 4 de dezembro de 2013 at 21:01 #

    Estive no Chile em Novembro de 2013, achei a capital Santiago muito moderna, limpa com um metro que realmente funciona, mas a limpeza só se aplica aos bairros de las condes e providencia, o centro é sujo e cheio de pessoas mal encarada alguns pedintes pelas ruas, não aconselho ninguem ir ao centro com joias como cordão de ouro, relogios e aneis, celulares caros e tablets , o mercado municipal é pura ilusão tudo muito caro tanto os peixes como os restaurantes, enfim o chile é um pais caro, bem mais caro que a europa. Fui roubado Perto do Cerro de santa Lucia, enquanto estava distraido olhando o mapa depois de visitar o cerro o moleque de aproximadamente uns 18 a 20 anos chegou sorrateiramente pelas minhas costa e puxou meu cordão de ouro arrebentando ele em varios pedaços consegui ficar com um bom pedaço dele e sua pesada cruz, após este incidente fiz uma loucura, abandonei a minha mochila com minha carteira cheia de cartões de credito, maquina fotografica, filmadora e documentos juntamente com minha esposa e fui ao encalço do meliante, ele infelizmente obteve uma vantagem sobre mim pois ele atravessou a Avenida Bernardo O’Higgins com um tráfego violento correndo e quase foi atropelado, esperei a minha vez e quando fui atravessar vinha um carro dos Carabineiros do Chile fiz sinal para pararem mais fui ignorado, atravessei e fui ao encalço dele deixando minha esposa com a mochila e os pertences dela. Corri atras dele por uns 5 minuitos mas ele desapareceu parece que morava ali perto pois estava vestindo um roupa de aspecto bom e tinha boa aparencia não era descendente do povo andino. Fiquei circulando pelo trajeto que ele fez por uns 10 minutos e nada tentei chamar a policia e esperei por cerca de 1 hora e nada, fomos ignorados pela policia chilena, um enorme desrespeito ao povo Brasileiro que são os maiores turista em numeros no chile , cerca de 70 porcento dos turistas por lá são Brasileiros, Voltei a encontrar minha esposa e fomos embora decepcionados com a policia. No outro dia fiquei sabendo atraves de uma Brasileira que estava no mesmo Flat que nós que muitos tiveram o cordão roubado por lá do mesmo modo inclusive ela. Mas não foi tudo de mal no Chile, conhecemos um operador de turismo por lá super gente boa muito honesto e sincero e faço questão de mencionar o nome dele e quando forem ao chile procure por ele, pessoa muito agradavel e honesta , seu nome é Guillermo Espindola Seu celular 09-75475644 Nextel :09- 64303722 e 46 208 19966 E-mail e facebook :espinndola771@hotmail.com. Ele irá te levar a qualquer parte de Santiago, Vinã del Mar e Valparaiso, pessoa de confiança e gentil. Fica a dica, tomem muito cuidado por lá pois o centro é perigoso como o centro de São Paulo ou igual a qualquer centro de uma grande capital. O melhor bairro para se hospedar em santiago é o bairro da Providencia, um local seguro com muitos restaurantes, Supermercados e casas de Cambio e dos maiores Shoppings de Santiago que são o Costanera e o PARQUE ARAÚCO .É mais vantajoso levar real e trocar no chile a cotação por lá é muito boa e voce não paga taxa.

    • Diego M. 6 de dezembro de 2013 at 11:35 #

      Olá Pedro, agradeço sua contribuição. Um abraço!

  85. Eduardo Amaral 26 de dezembro de 2013 at 20:25 #

    Olá Diego!!

    Acabei de fechar hoje a viagem para Santiago e seu blog é ótimo! Será minha primeira viagem internacional, de avião…
    Eu e minha namorada ficaremos 5 dias lá (inteiros) 2 viajando, que separei para descanso. Nesse seu roteiro de 3 dias, quanto mais ou menos você aconselha a levar para gastar lá? Contando os gastos com parques e etc. E quanto saí um guia turístico +/-? Pelo que vi do mapa, fica muito fora me deslocar de táxi até o vale nevado e a vinícola. Não sei se tem algum trem ou ônibus. Não quero me arriscar a alugar um carro.

    Agradeço desde já.

    Abraços,
    Eduardo

    • Diego M. 27 de dezembro de 2013 at 21:47 #

      Oi Eduardo, é muito difícil eu te dizer quanto levar, pois gasto é muito pessoal. Realmente é fora de mão se deslocar da vinícola ao Valle Nevado, recomendo subir as montanhas em um dia exclusivo para isto, através de alguma agência de turismo, caso não alugue carro para ir por conta própria. Um abraço e boa viagem!

    • Pedro Mauro Dutra Toledo 28 de dezembro de 2013 at 21:56 #

      Eduardo amaral, olhe o meu post logo acima do seu, lá tem muitas dicas para voce se dar bem em Santiago, muito cuidado com joias e relogios no centro de Santiago, se for ficar no bairro de las condes e Providencia, se voce quiser transporte barato e honesto contrate o sr guilhermo ele te leva a qualquer lugar de santiago e valparaiso e vinâ del mar, Vale nevado e etc… o trajeto para a vinicola concha y toro voce pode fazer de metrô é muito mais barato e tranquilo quando voce chegar lá voce pega um taxi que fica mais ou menos 2000,00 pesos chilenos. VocÊ pega a linha vermelha do metro e quando chegar na estação tobalaba voce faz a conexão para a linha azul e desce na penultima estação daí voce pega o taxi que mencionei anteriormente. Mas não se esqueça contrate o sr guilhermo e diga pra ele que fui eu que lhe indiquei, concerteza ele fará um otimo desconto pra você, o sr Guillermo é um chileno muito honesto e gente boa pra caramba o cara ficou meu chapa e me levou até pra jantar em sua casa para conhecer sua familia, minha esposa adorou ! Ficamos amigos inclusive ele virá ao Brasil em setembro e ficará em minha casa! Muito cuidado com cordão de ouro e relogios deixe-os no cofre do seu hotel ou flat, fica a dica . Qualquer coisa pode me contatar através do meu e-mail !

      • Diego M. 29 de dezembro de 2013 at 21:39 #

        Obrigado pela contribuição, Pedro. Um abraço!

  86. Malvina 1 de janeiro de 2014 at 23:50 #

    Olá Diego,

    Seu blog é de grande valia, parabéns! Estamos eu e meu marido no Chile, hospedados no NH, que vc faz referência e estamos gostando bastante. Muito bem localizado, quartos grandes e confortáveis e atendimento muito gentil, principalmente do recepcionista Andrés. Ele foi muito solícito ligando para vários hotéis e restaurantes na tentativa de reservar uma ceia para o réveillon, apesar de não obtermos sucesso. (Os restaurantes não funcionam a partir das 20h do dia 31/12, em sua maioria.)

    Fomos ver os fogos próximo a Torre Entel, compramos tickets do metrô com antecedência e a estação de chegada e retorno foi a da Universidad de Chile. As pessoas são bastante educadas, tinha muita família e no final gostamos muito de ter vivido a festa da rua de perto e improvisado a “ceia” no quarto do hotel, com espumante, pães, frios e snacks comprados no mesmo dia (o comercio fechou por volta de 17:30, inclusive shoppings) no hiper Jumbo do Costanera, onde estávamos passeando à tarde. Aliás, os pães aqui são bem gostosos!

    Hj, dia 1/1/2014, praticamente nada funciona, inclusive as autoridades pedem que denunciem o estabelecimento que estiver funcionando ilegalmente. Então fizemos um passeio guiado por Valparaiso e Viña del Mar, com o prejuizo da La Sebastiana fechada, mas muito proveitoso. Em Santiago, a partir das 17h os restaurantes e algumas lojas abrem no Patio Bellavista. Aliás, o Patio é um local alto astral, com artes, boa gastronomia e algum artesanato.

    Recomendo o restaurante Azul Profundo, que fica na Constitucion, rua no entorno do Patio. E o La Casa em El Aire. Como nos disse um guia, a comida chilena é insossa = saudável, mas as salsas (molhos) compensam. Aguardo ansiosa para ir ao Como Água para Chocolate que só li boas recomendações. Como vc citou, o Backstage não é lá essas coisa, o que nos atraiu foi o astral e a descontração.

    Gostamos bastante de conhecer o MallSport – para quem é amante e/ou praticante de esportes em geral é um playground. Tem TUDO relacionado a produtos esportivos e ainda algum entretenimento (escola de surf, skate, escalada e outros). Não é tão longe como dizem, uns 25 min de taxi (9.000 pesos chilenos ~ R$45,00).

    Ainda teremos amanhã para mais atrações que vc indica, mas na sexta nos despediremos cedo desta cidade que nos deixará com muito boas lembranças, tenho certeza!
    Estou à disposição caso possa contribuir com mais alguma informação e obrigada.

    PS.: taxistas nos surpreenderam positivamente, em vista das inúmeras queixas.

    • Diego M. 2 de janeiro de 2014 at 19:10 #

      Oi Malvina, agradeço seu ótimo relato. Aproveitem o restinho da viagem, um abraço!

  87. Ana 16 de janeiro de 2014 at 13:58 #

    Olá…
    Adorei as dicas, ainda mais por ser tão parecido ao roteiro que pensávamos em fazer!
    Só tenho algumas dúvidas que gostaria que me ajudasse.
    Eu e meu namorado chegaremos em Santiago em fevereiro numa terça, as 11:00 horas, e o city tour foi o único passeio incluído pela agência de viagem, porém ele foi marcado para o dia seguinte das 8:00 a 12:00. Estamos achando que isso vai quebrar um pouco do nosso roteiro, pelo fato de ficarmos 4 noites e voltarmos no 5 dia as 19:30.
    Você acha melhor já fazemos o city tour por conta assim que chegarmos no período da tarde e deixar para ir no dia seguinte para Conche Toro e Vale nevado a tarde ou dá pra ir no Vale nevado no dia que chegarmos e fazer o City tour e a Vinícola no dia seguinte???
    No terceiro dia pensamos em ir para Valparaiso e Vina del Mar, dormir lá para aproveitarmos a noite e voltar no dia seguinte.
    Não pensamos em alugar carro, então, existe empresas que nos levaria para o Vale Nevamos após o meio dia???
    E o que é recomendado fazer por lá já que estamos no verão e não iremos esquiar???

    Consegue nos ajudar a montar um roteiro legal para aproveitarmos o máximo por lá???

    Obrigada!!!

    • Diego M. 16 de janeiro de 2014 at 22:47 #

      Ana, como é verão, você só vai ver montanhas no Valle Nevado. Não sei se nessa época as agências oferecem passeio por lá, justamente pela baixa procura. Quem sabe deixa o Valle para uma outra viagem, caso não consigam achar uma agência que leve para lá. No primeiro dia podem ir na Vinícola à tarde e no segundo tentar fazer a montanha depois do city tour, ou então visitar outros locais da cidade que não foram incluídos nesse tour. Um abraço!

      • Ana 18 de janeiro de 2014 at 7:56 #

        Pesquisei em alguns sites e vi que agora, no verão, eles oferecem algumas atrações como trekking, cavalgada, teleférico…
        A minha dúvida é mesmo se vamos conseguir uma agência que leve depois das 12:00, porque alguns amigos que foram, porém no inverno, me informaram que só se subia pela manhã e descia-se somente a tardezinha. Você sabe???
        Se alugarmos um carro, tem alguma empresa pra nos sugere??? Sabe nos informar quanto custa o aluguel e se é perigoso subirmos sozinhos já que existe tantas curvas???
        Você sugere levar que moeda? Mais dólar e ir trocando conforme a necessidade de pesos, por lá mesmo, ou já levamos a maior parte em pesos???

        Obrigada!

        • Mary 18 de janeiro de 2014 at 9:18 #

          Oi Ana.
          Estive em março passado no Chile. Fui ao Valle com a empresa Turistour indicada pelo hotel. Na época havia opção de passeio no período da manhã e no da tarde. E são muitassss curvas, se não estou enganada são 60 curvas. Mas cuidado pois o tempo muda muito rápido lá em cima. E mesmo sem neve é maravilhoso.
          As dicas do Diego foram ótimas e todas muito bem aproveitadas.
          Aproveite muito, você vai gostar.
          Abraço.

        • Diego M. 20 de janeiro de 2014 at 13:04 #

          Oi Ana, sobre o aluguel de carro, recomendo que leia este post:
          http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/aluguel-carro-santiago-chile-united.html
          E para informações do câmbio, este outro post:
          http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/casa-de-cambio-santiago-chile.html
          Um abraço!

        • pedro 20 de janeiro de 2014 at 15:02 #

          Veja o meu post, só precisa levar Real pois lá tem varias casas de cambio e com uma troca justa !!

      • Alexandre 18 de janeiro de 2014 at 8:00 #

        Olá, pesquisei em alguns sites e vi que agora, no verão, o Valle Nevado oferece algumas atrações como trekking, cavalgada, teleférico…
        A minha dúvida é se vamos conseguir uma agência que possa oferecer o transporte depois das 12:00 horas, porque alguns amigos que foram, porém no inverno, me informaram que só se subia pela manhã e descia-se somente a tarde. Você sabe informar???
        Se alugarmos um carro, tem alguma empresa pra sugerir??? Sabe informar quanto custa o aluguel e se é perigoso subirmos sozinhos já que existe tantas curvas???
        Você sugere levar qual moeda? Dólar e ir trocando conforme a necessidade em pesos, por lá mesmo, ou já levamos a maior parte em pesos???

        Obrigado!

        • Diego M. 20 de janeiro de 2014 at 13:04 #

          Oi Alexandre, veja minha resposta para a Ana ali em cima. Abs!

  88. Thatyane 24 de janeiro de 2014 at 13:59 #

    Parabéns pelos posts de Santiago! Vou para lá em julho/2014 e estava começando as pesquisas para roteiro, foi aí que cheguei no seu site e para minha surpresa, diferente de todos os outros que eu havia entrado, o seu tem absolutamente tudo que eu queria saber muito bem explicado. Novamente parabéns e obrigada pela ajuda ;)

    • Diego M. 24 de janeiro de 2014 at 18:03 #

      Agradeço pelas palavras, um abraço!!

  89. Viviane 24 de janeiro de 2014 at 14:28 #

    Adorei seu detalhamento sobre a viagem.
    Estou programando uma viagem para o Chile agora em março/2014 e estou em duvida de quantos dias serão considerados satisfatorios para os passeios principais.
    Pensamos em ia a Valparaiso e Vina del Mar, as vinicolas e conhecer os pontos turisticos da cidade de Santiago.
    Pelo que li de voce e de outros blogs, o Valle nevado nessa epoca não é muito interessante.
    Tirando 2 dias de viagem, pensamos em ficar de 4 a 6 dias por la, na sua opinião em 4 dias conseguimos fazer os passeios tranquilamente?
    Obrigada
    Viviane

    • Diego M. 24 de janeiro de 2014 at 18:05 #

      Viviane, quatro dias da pra conhecer tudo tranquilamente sim, tem muito mais na cidade para se conhecer além do que mencionei no roteiro. Boa viagem!

  90. Alexandre 26 de janeiro de 2014 at 19:01 #

    Segui muitas de suas dicas e meu passeio foi muito bacana, registrado aqui:

    http://mottinha.net/2014/01/15/cervejando-no-chile/

    Abraço

  91. Eduardo Braga 2 de fevereiro de 2014 at 10:38 #

    Olá Diego, parabéns pela iniciativa, as dicas são maravilhosas!

    Estou pensando fazer este roteiro com minha esposa em janeiro/15.
    O que acha, o passeio pelo Valle Nevado nesta época vale a pena? Tem alguma neve por lá em janeiro?

    Agradeço desde já, um abraço!

    • Diego M. 2 de fevereiro de 2014 at 21:09 #

      Oi Eduardo, obrigado pelo comentário. Nessa época não vai ter neve, você só vai ver montanhas. Eu particularmente achei um ótimo passeio, mesmo sem neve… mas daí vai do gosto pessoal de cada um. Um abraço!

  92. Igor 12 de fevereiro de 2014 at 15:53 #

    Para lua de mel; a dúvida:
    Chile (Santiago e região dos lagos) ou Argentina (Buenos Aires)?

    • Diego M. 12 de fevereiro de 2014 at 21:49 #

      Realmente é uma dúvida Igor… mas acho que Buenos Aires, pela facilidade de visitar as atrações. Tenho um roteiro da cidade aqui no blog, abs!

  93. Eduardo 7 de março de 2014 at 2:02 #

    Parabéns pelo post e pelo blog!
    São de grande ajuda!

    • Diego M. 7 de março de 2014 at 10:53 #

      Obrigado, Eduardo. Abs!!!

  94. Josimary 15 de março de 2014 at 11:00 #

    Oi Diego!

    Não estou achando a sua resposta sobre o roteiro de 2 dias (o que priorizar). Sumiu! Lembra que eu escrevi que ia com meu marido em maio chegando por Santiago – Puerto Varas – Bariloche – Buenos Aires. Você poderia me responder novamente > Vou ficar muito agradecida. Você sabe me dizer se em maio 14 – 25 as cidades desse roteiro estão muito frias.
    Obrigada! Fico no aguardo! Josimary

    • Diego M. 15 de março de 2014 at 18:40 #

      Josi, a perguntinha tinha sido feita em outra página, no post “Vale a pena fazer passeios…”
      http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/agencia-passeio-tour-santiago-chile.html
      Mas eu repito aqui pra você a minha resposta: Nesses dois dias em Santiago tente visitar a Concha y Toro, o centro da cidade e os Cerros Santa Lucia e San Cristobal, além do Patio Belavista. Boa viagem!
      Sobre a temperatura difícil saber, mas acho que ainda não vai estar tão frio. Boa viagem!!

    • Carol 2 de abril de 2014 at 18:58 #

      Oi Josimary!
      Eu fui exatamente nesse período em maio de 2013. Em Santiago estava frio a noite, mas durante o dia eu andava com camiseta e no máximo uma malha. Para Puerto Varas vc precisa se preparar, a temperatura durante o dia era em torno de 6ºC, mas venta bastante e a sensação era de mais frio.
      Vc vai fazer o trajeto Puerto Varas – Peulla – Bariloche de barco e ônibus, correto? Esse trajeto é bem frio e de novo o vento piora a situação, mas é MARAVILHOSO!
      Me encantei com o sul do Chile e pretendo voltar em breve.
      Espero ter ajudado.

  95. Joana Nery 20 de março de 2014 at 21:13 #

    Dei muito mole quando comprei as passagens, achei que em 3 dias faria muita coisa..mas não! Preciso de mais um dia! :(
    E trocar a passagem… mais 400,00. Ah.. essa minha falta de experiência!
    :(

  96. Anna Paula 29 de março de 2014 at 10:42 #

    Diego,

    quero te agradecer pelo post, pois viajei sozinha e foi minha primeira viagem assim. Dessa forma, as dicas que encontrei aqui foram muito importantes para o meu passeio, que foi incrível. Parabéns!

    • Diego M. 31 de março de 2014 at 22:26 #

      Oi Anna, obrigado pela mensagem. Um abraço!!!

  97. Mariana T. 2 de abril de 2014 at 9:16 #

    Olá Diego, como vai?

    Sei que este post é antigo, mas me ajudou mto a organizar minha viagem até Santiago.

    Muito Obrigada.

    Entretanto eu embarcaria no dia 10/04 e hoje teve um terremoto com alerta de tsunami no Norte do Chile.

    Infelizmente, estou pensando em cancelar minha viagem. Você acha que há riscos?

    Você escreve muito bem e seus roteiros são ótimos…

    Parabéns!!!

    • Diego M. 2 de abril de 2014 at 11:15 #

      Oi Mariana, acho que não há riscos não. Terremotos acontecem com uma certa frequência no Chile, mas poucos são tão fortes como o de ontem. E Santiago está bem longe do litoral, sem risco algum em relação aos tsunamis. Por coincidência, dias antes da minha viagem para lá também teve um terremoto bem próximo da cidade, mas nada de grave aconteceu. Boa viagem, um abraço!

  98. Nathalia 4 de abril de 2014 at 13:24 #

    Olá!!

    Planejo viajar com uma amiga para o Chile em outubri deste ano. Como vamos só as duas, estamos esperando passar essa temporada de outono/inverno para que a gente possa passear bastante, sair muito… e com frio e chuva acho que não seria tão legal.
    Gostaria de saber como é a primavera no Chile. Acha que ainda vou pegar muito frio ou chuva??

    Obrigada!

    • Diego M. 5 de abril de 2014 at 17:29 #

      Nathalia, dificil responder sobre o tempo, mas é provavel que já esteja quente. Abs!

  99. marcius 22 de abril de 2014 at 21:28 #

    Muito bom seu blog.
    Estou indo com minha esposa passar três dias em junho, , mas ja achamos otimas sugestões aqui obrigado.

    Sabe como e a temperatura em Junho (vou no inicio).

    • Diego M. 23 de abril de 2014 at 8:16 #

      Obrigado Marcius. Em junho já deve estar frio por lá, um abraço e boa viagem!

  100. Soraia 28 de abril de 2014 at 23:19 #

    Diego, estaremos indo agora em maio/2014 para Santiago, 03 dias apenas, tentarei fazer seu roteiro, mas nessa época, vc pode me informar sobre o clima?
    Soraia

    • Diego M. 29 de abril de 2014 at 13:42 #

      Soraia, acho que você deve pegar noites e manhãs mais geladas e tardes quentes, mas recomendo ver a previsão dias antes do seu embarque para ter certeza. Boa viagem, abraço!

  101. Daiane 30 de abril de 2014 at 10:44 #

    Bom dia! Eu e meu marido estamos indo para o chile no final de julho e incio de agosto. Estamos pensando em ficar 5 dias para passear, 3 dias em santiago é 1 em valparaiso e 1 em vina del mar muito?

    • Diego M. 30 de abril de 2014 at 14:34 #

      Oi Daiane, é uma boa ideia, mas talvez um dia só para Valparaíso seja muita coisa, pois não há tanta coisa assim para ver na cidade. Um abraço e boa viagem!

      • Daiane 6 de maio de 2014 at 11:33 #

        obrigada! Vou refazer o roteiro, ficando mais em Santiago e na neve.

  102. Whallison 1 de maio de 2014 at 10:42 #

    Diego obrigado pelas recomendacoes. vou passar 5 dias em santiago no mês de julho é muito frio para ir a val paraiso e vina del mar, eu minha familia o que recomendaria? chegaremos as 11 horas da manha horario local. vamos ficar no centro. obrigado.

    • Diego M. 1 de maio de 2014 at 12:46 #

      Whallison, é provável que esteja frio, mas mesmo assim vale o passeio até essas duas cidades. Abs!

  103. eline 8 de maio de 2014 at 21:26 #

    Olá, Diego. Estou indo em Agosto e você sabe informar se há neve nessa época? gostaria de fazer esse passeio ao valle Nevado.

    • Diego M. 8 de maio de 2014 at 22:09 #

      Oi Eline, é bem provável que você encontre bastante neve nesta época. Boa viagem!

  104. Daiane 9 de maio de 2014 at 8:36 #

    Estou indo pra santiago em Julho, e tenho dúvidas sobre o cambio, vi varios textos sobre o assunto, mas não me esclareceu. Queria saber, como que levo o dinheiro, na conta corrente mesmo, ou em dinheiro vivo, ou saque com cartão.

    Obrigada

    • Pedro Mauro dutra toledo 9 de maio de 2014 at 11:47 #

      Minha amiga Daiane! É coisa muuito simples, leve seus reais em cash pois em Santiago tem varias casas de cambio e a cotação por lá é otima, nunca troque seus reais nas casas de cambio no aeroporto a cotação lá é pessima !!!! Se você for ficar no bairro da Providencia lá se encontra dezenas de boas casas de cambio com ótima cotação !!! Nunca saque dinheiro em sua conta por lá pois as taxas são altissimas juntamente com os quase 7 % de iof. Entendeu agora ??? O termo cash quer dizer dinheiro ” vivo “

      • Daiane 11 de maio de 2014 at 21:00 #

        obrigada! Entendiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii tá?

      • pedro mauro dutra toledo 11 de maio de 2014 at 23:22 #

        Por nada Daiane, qualquer duvida sobre o Chile ou japão, coreia do sul, china, argentina, uruguai, França, Itália, Espanha, Reino unido, portugual ou alemanhã pode me perguntar que terei o maximo prazer em sanar sua dúvidas. Um grande abraço e boa viagem !!!

    • Diego M. 10 de maio de 2014 at 19:13 #

      Daiane, suas dúvidas de câmbio podem ser tiradas neste post:
      http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/04/casa-de-cambio-santiago-chile.html
      Abs!

      • Daiane 11 de maio de 2014 at 20:56 #

        ok obrigada.

  105. Daiane 11 de maio de 2014 at 20:54 #

    Oi Diego, queria agradecer a vc, pelas dicas do seu Blog, está ajudando muito para fazer a minha viagem.
    Para ir ao Chile comprei passagem pela Americanas Viagens, o custo total com as taxas foi R$1800,00 para casal, foi o mais barato que encontrei, olhei em todos os sites de comparação, na TAM, estava 500 a mais.
    Pela Americanas é bom, ou fiz besteira?

    Obrigada!

    • Diego M. 11 de maio de 2014 at 22:23 #

      Oi Daiane, acho que não fez besteira não. Nunca comprei na Americanas Viagens, mas ela é do mesmo grupo do Submarino Viagens, que é bem confiável. Um abraço!

  106. Daiane 13 de maio de 2014 at 12:41 #

    Boa tarde Diego!
    Eu de novo …rsrsr
    Ai essa viajem, vai dá viajem viu.
    Acabamos de marcar os assentos no voo. E descubro que que o sobrenome do meu marido, está com 2 vogais ivertidas Almieda. e o correto é Almeida.
    E a americanas, não quer consertar. quer que eu cancele pague as taxas abusivas, e compre outra.
    O que faço agora minha gente?
    Será que tento viajar assim mesmo. Pois é evidente que foi um erro de digitação.

    • Diego M. 14 de maio de 2014 at 23:08 #

      Oi Daiane, realmente não sei te dizer como fica neste caso. Procure a companhia aérea para tentar resolver esta situação diretamente com ela. Abs!

      • Daiane 26 de maio de 2014 at 9:16 #

        Graças a Deus com muito custo, a Americanas Viagens, realizou a alteração do sobrenome do meu marido, depois de muitas ligações, e muito choro. Entrei no reclame aqui, e depois de 2 dias eles entraram em contato, e tudo foi resolvido.

        • Diego M. 27 de maio de 2014 at 13:45 #

          Que noticia boa Daiane. Agora você viaja sem preocupação :)

  107. Alessandra 24 de maio de 2014 at 15:20 #

    Olá!

    Estou indo a Santiago e arredores pela primeira vez no início de julho e seu blog ajudou muuuuito! Obrigada.

    • Diego M. 24 de maio de 2014 at 17:41 #

      Oi Alessandra, obrigado pelo comentário. Boa viagem!

  108. Leandro 24 de maio de 2014 at 23:26 #

    Parabens para a proposta do site, quero sua ajuda:
    vou viajar dia 16/06 chegando às 11:00 e volto no dia 20/06 às 13:00.
    Gostaria de sua sugestão para o meu roteiro de passeio, roupa que devo utilizar, uma média de gasto com passeios e alimentação. Eu ainda não fechei o hotel apenas o aéreo, alguma sugestão de hotel e localização mais adequada?

    Agradeço e mais uma vez obrigado pelo post. excelente;

    • Diego M. 25 de maio de 2014 at 21:58 #

      Oi Leandro, o roteiro e as dicas de Santiago já estão nesta página. Sobre a roupa, leve o que você usaria num dia de inverno aqui no Brasil, pois vai estar frio nessa época. Quanto aos gastos, difícil estipular, pois isso é uma coisa muito pessoal e depende de vários fatores. Veja neste outro post dicas de hoteis:
      http://www.meusroteirosdeviagem.com/2013/05/hoteis-em-santiago-chile.html
      Abs!

      • Alessandra 26 de maio de 2014 at 9:21 #

        Oi, Diego!

        Tenho 5 dias em Santiago. Seguindo seu roteiro dá pra conhecer o que eu queria em 3 dias. Vc acha que vale a pena ir até a região dos lagos, nos 2 outros dias? Ou vc acha melhor aproveitar mais o Vale Nevado ou outro lugar perto de Santiago?
        Obrigada

        • Diego M. 27 de maio de 2014 at 13:46 #

          Oi Alessandra, acho que vale mais explorar a região de Santiago, pois a região dos lagos exige mais tempo, é uma outra viagem. Abs!

  109. Ariádine Morgan 28 de maio de 2014 at 17:47 #

    Diego, você foi a Pucón. Se sim, tem algum post de lá?

    Obrigada!

    • Diego M. 29 de maio de 2014 at 14:55 #

      Oi Ariádine, não fui não, vou ficar te devendo essa. Mas um dia irei, rs. Um abraço!

  110. Edson Viana 3 de junho de 2014 at 22:11 #

    Olá,
    Vou passar 7 dias em Santiago e ainda estou montando meus roteiros. Vou com esposa e filhos.
    Estou dividindo o roteiro entre opções locais, Valparaiso e Viña del Mar e Vale Nevado, mas não fechei ainda. Possivelmente vou fechar com alguma agência local, por conta dos transfers.
    Olhei seu site e ainda não encontrei: Você chegou a conhecer o deserto do Atacama? É um passeio interessante para família?
    Obrigado!

    • Diego M. 5 de junho de 2014 at 22:18 #

      Edson, ainda não conheço o Atacama, mas pretendo viajar para lá o quanto antes, deve ser incrível. Não sei se é tão interessante com crianças, pois lá é só paisagens e paisagens. Abs!

  111. Lairton 7 de junho de 2014 at 18:19 #

    Oi Diego parabéns pelo site!
    Estou indo para Santiago ficar 03 dias de 17/7 a 20/7 chegaremos as 14:30 em Santiago, será que vale a Pena ir direto a Concha & Toro ou que indicas para fazer neste periodo>
    Abraço!

    • Diego M. 8 de junho de 2014 at 11:58 #

      Oi Lairton, acho que pode ficar meio corrido pois a Concha y Toro é meio longe. Sugiro nesse final de tarde visitar o Cerro San Cristóbal e o Museu La Chascona. Abs!

  112. Lairton 7 de junho de 2014 at 18:24 #

    Oi Diego outra dúvida para me situar em relação a preço:
    Saberias informar quanto custa 01 coca cola, ou um Big Mac, pois sempre uso isso como parâmetro em relação ao Brasil.
    Abraço

    • Diego M. 8 de junho de 2014 at 11:59 #

      Oi Lairton, é um bom parâmetro, mas realmente não sei te informar quanto eles estão custando lá. Abs!

  113. Thiago 8 de junho de 2014 at 16:46 #

    Diego,

    Viajarei em breve para o Chile em família, e achei muito interessante o roteiro apresentado, mas tenho uma dúvida/curiosidade, como irei com meu filho de 2 anos, sei que o ritmo da viagem será um pouco mais lento, qual sua opinião em relação a visita aos locais sugeridos com uma criança?

    Obrigado

    • Diego M. 9 de junho de 2014 at 13:10 #

      Oi Thiago, obrigado pelo comentário. Não tenho muitas dicas do que fazer com crianças em Santiago, recomendo que você procure as dicas do blog “Chile para Crianças”, acho que vai encontrar bastante coisa bacana para fazer com o seu pequeno. Abs!

  114. Jessica B. 8 de junho de 2014 at 21:29 #

    Olá Diego… Estou adorando todas as dicas do seu blog.

    Estou indo para Santiago semana que vem e ouvi falar que para os Brasileiros que não possuem passaporte, as casas de cambio não estão aceitando fazer a troca mediante a apresentação do RG.
    Você saberia me dizer se isso é verdade?

    Obrigada.

    • Diego M. 9 de junho de 2014 at 13:12 #

      Jessica, realmente não sei te dizer… quando fui não tive problemas para trocar dinheiro. Abs!

  115. railany 14 de junho de 2014 at 12:14 #

    gostaria de sabe se o rg precisa ter 10 anos de uso?

    • Diego M. 15 de junho de 2014 at 18:05 #

      Railany, o RG precisa ter sido emitido nos últimos dez anos, não pode ser antigo. Abs!

  116. Sebastian 14 de junho de 2014 at 20:54 #

    Amigos a rota aos centros de ski esta com neve, estas 2 ultimas semanas a nevado muito na cordilheira agora em Junho

    saludos

    • Diego M. 15 de junho de 2014 at 18:07 #

      Obrigado por nos informar, abraço!

  117. alberto 20 de junho de 2014 at 21:08 #

    É seguro visitar Viña del Mar de ônibus, e dá para fazer isso de forma tranquila, sem pressa? Os ônibus circulam pelo dia todo?

    • Diego M. 22 de junho de 2014 at 0:14 #

      Oi Alberto, acredito que seja seguro sim, mas não consigo te dar detalhes mais precisos pois não fui para a cidade de ônibus. Abs!

  118. heloisa 5 de julho de 2014 at 9:06 #

    Bom dia !

    Estou indo para o Chile em setembro é uma estação legal?
    vou chegar dia 25/09 a noite e volto no dia 28/09 a noite.
    acho pouco tempo,mais o que me aconselha a fazer/

    dESTE JÁ OBRIGADA!

    • Diego M. 6 de julho de 2014 at 9:43 #

      Oi Heloisa, setembro é meia estação, acredito que seja uma boa época. Como você tem apenas dois dias e meio, melhor concentrar seus passeios pela cidade e vinicola, deixando de fora desta viagem a visita às cidades mais distantes. Abs!

  119. Virginia 5 de julho de 2014 at 19:09 #

    Olá!Estou indo a Santiago dos dias18/09 a 23/09,vc sabe me dizer se ainda encontro neve?Pois queria passar um dia no Vale Nevado para esquiar…

    • Diego M. 6 de julho de 2014 at 9:46 #

      Oi Virgínia, acredito que no final de setembro a temporada de esqui já terá terminado. Abs!

  120. Carolina 7 de julho de 2014 at 8:50 #

    Olá Diego!

    Estou indo para Santiago em agosto, terei 4 dias inteiros de passeios, pensei em apenas uma mudança neste roteiro…
    Pensei:
    Dia 1: igual ao seu com jantar naquele restaurante famoso que tem o show (se souberes valor, por favor me informe);
    Dia 2: Valle Nevado/Farellones (com uma empresa de turismo já que fico com receio de ter muita neve no trajeto);
    Dia 3: Alugar o carro (achei ótima sua sugestão) e ir até a Concha y Toro com bastante tempo e depois outlets (você acha que os preços por lá compensam?);
    Dia 4: Ainda com o carro ir até Viña del Mar e Valparaíso.

    Meu hotel fica a cerca de 100 metros do Palácio de la Moneda, então o primeiro dia pensei em fazer a pé e transporte público até o morro San Cristóbal.

    Achas que “meu roteiro” está de acordo com a realidade de lá?

    Obrigada!

    • Diego M. 8 de julho de 2014 at 22:42 #

      Oi Carolina, seu roteiro está 10. Não sei te dizer o valor do restaurante que tem o show. E tb não sei te dizer se os preços dos outlets compensam, pois não consegui fazer compras neles. Depois me diga se valeu a pena. Um abraço e boa viagem!!

  121. Neto 14 de julho de 2014 at 21:32 #

    Diego, blz? Meu caro, estou pensando em ir para o Chile no começo do mês de Agosto, mas estou com umas dúvidas. Compensa ir para lá sozinho? Não é uma cidade muito romântica? Qual é o número de dias que você recomenda caso eu fique em Santiago? Obrigado!

    • Diego M. 15 de julho de 2014 at 14:02 #

      Oi Neto, vale ir sozinho sim, a cidade só é romântica se você quiser fazer programas românticos, rs. Santiago é uma grande cidade, tem muito o que ver e fazer, seja sozinho ou acompanhado. Acho que em 3 dias você consegue explorar bem a cidade. Abs!

    • Carolina 15 de julho de 2014 at 14:06 #

      Olá Neto!
      Estamos indo eu e mais duas amigas em agosto também, ficamos com esse mesmo “receio”, porém vários amigos que já foram disseram o mesmo que o Diego, que é possível fazer a cidade ser de quem quer apenas conhecer!
      Se estiveres sozinho, fica o convite para alguns passeios conosco!

    • Mary 15 de julho de 2014 at 17:29 #

      Oi Neto.

      Passei 9 dias no Chile sozinha e foi muito bom.
      Fui a diversas vinícolas próximas a Santiago, além de Isla Negra, Valparaiso, El Totoral, Valle Nevado, Vinã del Mar.
      Na verdade foi ótimo.
      E todas as dicas do Diego deram certo.
      Boa viagem!!

      • Diego M. 16 de julho de 2014 at 13:26 #

        Oi Mary, obrigado pela contribuição :)

        • Pedro Mauro Dutra Toledo 16 de julho de 2014 at 18:44 #

          Hola Diego todo Bien???? Eu coloquei varias informações no seu site no inicio de Dezembro de 2013 e as postagens simplesmente sumirão, o que aconteceu???? Pois tem muitas dicas boas pra nós Brasileiros principalmente com valores carregados pelas ruas de Santiago, cambio, shoppings e etc. Aguardo seu retorno, um abraço!! Pedro Mauro Dutra Toledo.

          • Diego M. 17 de julho de 2014 at 14:55 #

            Oi Pedro, os comentários não sumiram não… é que agora limitei o numero de comentários por página… se você clicar em “Older Comments” ele vai carregar os mais antigos. Vou alterar a configuração para que apareçam mais comentários novamente. Um abraço!

  122. Leandro 27 de julho de 2014 at 10:48 #

    Vou a Santiago no final de Novembro com minha esposa, o que vc me diz sobre esta época e o q vale a pena fazer? Terei 1 semana de viagem.

    • Diego M. 30 de julho de 2014 at 22:26 #

      Oi Leandro, você pode fazer tudo que eu indiquei nesse roteiro, só não vai encontrar neve nas montanhas. Um abraço!

    • Pedro Mauro Dutra Toledo 31 de julho de 2014 at 10:49 #

      Amigo Leandro, não contradizendo o nosso Afitrião Diego, fui ao chile nesta mesma epoca que você irá e foi no ano passado e felizmente encontrei um pouco de neve no vale nevado mas não dá pra esquiar só pra ver e pegar. Amigo vou te dar algumas dicas utéis !!! Não vale a pena ir no mercado municipal, tudo lá é altamente caro e lá é bem perigoso é cheio de pessoas mau encaradas, vá a Valparaiso, vinã del Mar, as casas de Pablo neruda, cerro são cristoban, cerro santa lucia, conheça as vinicolas, as vinicolas em santiago como a Concha y Toro dá pra ir de Metro, é super rapido e muito barato, só vai gastar taxi para você ir da estação do Metrô até a vinicola e isto custou pra mim menos de 2000 pesos chilenos. Tome muito cuidado com joias, relogios caros, filmadoras e maquinas fotograficas no centro de Santiago, pois fui roubado lá na Avenida Libertador General Bernardo O’Higgins, enquanto olhava o mapa da cidade para me situar eu e minha esposa veio um rapaz de uns 22 anos no maximo e puxou o meu cordão de ouro, o qual se partiu em varios pedaços e o vagabundo só levou um pequeno pedaço dele, então não ande com relogios por lá e tão pouco com joias caras, deixe no cofre do hotel ou até mesmo deixe em sua casa no Brasil. Não troque seus Reais por peso chileno no Brasil e tão pouco no aeroporto, deixe pra troca-los em Santiago, lá tem inumeras casas de cambio e voce não paga nenhuma tarifa ou imposto e a cotação é ótima. Procure se hospedar no Bairro da Providencia, lá tem tudo que você precisa inclusive inumeras e ótimas casas de cambio. Eu fiquei hospedado o ano passado em um bom flat que tinha uma ótima cozinha, eletrodomesticos e uma excelente piscina em seu terraço e foi otimo(Travel place departamentos) Não vá do aeroporto até o hotel ou vice e versa pela Transvip, além de ficar esperando um bom tempo pela condução você paga bem além do que vale, conheci um dono de Van que faz este tipo de trajeto inclusive leva você para o vale nevado, Valparaiso, vina del Mar e pra qualquer lugar de Santiago e imediações, uma pessoa muito educada, honesta e gentil se quiser o Telefone, facebook, nextel dele pode me contatar pelo meu e-mail que é Pmdt19@hotmail.com. Será um grande prazer em ajudar você em sua viagem, posso até te passar as linhas de metro que você deve usar pra ir a concha y toro. Abraços e boa viagem !!!

      • Diego M. 31 de julho de 2014 at 19:54 #

        Oi Pedro, agradeço sua contribuição. A neve é imprevisível na baixa temporada, pode ter como pode não ter. Eu fui no final de abril e não consegui toca-la, estava apenas no topo das montanhas mais altas. Um abraço!

        • Pedro Mauro Dutra Toledo 31 de julho de 2014 at 20:40 #

          concordo plenamente com você tive sorte, um abraço !!

  123. Marcus Paes 30 de julho de 2014 at 11:43 #

    Diego, bom dia.

    Li seu blog e achei interessantíssimo seu roteiro, estarei indo a Santiago de 21 a 26/12/14. Passaremos o Natal por lá, eu e minha esposa.

    Pergunto; Esse rotiero está atualizado ? Estamos indo para passeios mais econômicos, tem mais algumas sugestões? No tocante em que bairro ficar, sugere algum, pois temos receio de assaltos e a noite ser deserto.

    Deus abençoe seu trabalho, ajudou muita gente por aqui.

    Um forte abraço e aguardo seu retorno.

    Att

    Marcus Paes – Niterói/RJ

    • Diego M. 31 de julho de 2014 at 19:43 #

      Oi Marcus, esse roteiro foi o que eu coloquei em prática, mas algumas atrações da cidade ficaram de fora por de tempo. Recomendo ficar no bairro Providencia, é perto dos ponto turísticos. Aqui nesse outro post você encontra algumas sugestões:
      http://www.meusroteirosdeviagem.com/2013/05/hoteis-em-santiago-chile.html
      Um abraço!

    • Pedro Mauro Dutra Toledo 31 de julho de 2014 at 20:44 #

      Melhor bairro para ficar em Santiago é no Bairro da Providencia perto de Tudo e tome muito cuidado com suas joias, celulares caros, maquinas fotograficas filmadoras quando for no centro de Santiago, lá sim é perigoso, no Bairro da Providencia é tranquilo, pode sair a noite sem nenhum problema mas não ostente joias e relogios caros, é perigoso em qualquer parte do mundo>

  124. Henrique Miranda 30 de julho de 2014 at 22:01 #

    Diego, gostamos muito de suas dicas. Estou indo para o Chile com meus pais e gostaria de informações sobre a Berna Tour e a Saitue. Obrigado desde já

    • Diego M. 31 de julho de 2014 at 19:51 #

      Oi Henrique, obrigado. Não tenho informações sobre essas empresas, vamos ver se alguém aparece para te ajudar. Um abraço!

    • Pedro Mauro Dutra Toledo 31 de julho de 2014 at 20:57 #

      Meu caro Henrique, estas empresas também não conheço mas conhecemos um operador de turismo por lá super gente boa muito honesto e sincero e faço questão de mencionar o nome dele e quando forem ao chile procure por ele, pessoa muito agradavel e honesta , seu nome é Guillermo Espindola Seu celular 09-75475644 Nextel :09- 64303722 e 46 208 19966 E-mail e facebook :espinndola771@hotmail.com. Ele irá te levar a qualquer parte de Santiago como : Pegar você no aeroporto e te levar para o seu hotel, podera tambem te levar do hotel até ao aeroporto quando você for deixar Santiago, seu preço é bem mais em conta do que Transvip ou qualquer outra empresa de Turismo de Santiago ,Tambem poderá levar você para conhecer o vale nevado, as vinicolas e Vinã del Mar e Valparaiso, pessoa de confiança e gentil. Fica a dica, tomem muito cuidado por lá pois o centro é perigoso como o centro de São Paulo ou igual a qualquer centro de uma grande capital. O melhor bairro para se hospedar em santiago é o bairro da Providencia, um local seguro com muitos restaurantes, Supermercados e casas de Cambio e dos maiores Shoppings de Santiago que são o Costanera e o PARQUE ARAÚCO .É mais vantajoso levar real e trocar no chile a cotação por lá é muito boa e voce não paga taxa. Você poderá mencionar o meu nome e pedir a ele um possivel desconto. Não ostente joias no centro de Santiago e tome muito cuidado com celulares caros e filmadoras, conheci muitos Brasileiros que foram roubados no centro de Santiago perto do cerro de santa lúcia. No mais uma ótima viagem !!!

  125. Alessandro Marques 18 de agosto de 2014 at 13:14 #

    Olá! Chegamos nesta semana de Santiago e temos um ALERTA. Não recomendamos a Agência MITUR, com escritório no Mercado Municipal de Santiago (ponto turístico importante no Centro da capital chilena). Diferentemente do acertado, eles não compareceram na hora do serviço de transfer para o aeroporto. Tivemos de arrumar outro serviço às pressas, senão perderíamos o voo. No mais, o país é maravilhoso e vale a pena conhecê-lo.

    • Diego M. 18 de agosto de 2014 at 13:19 #

      Oi Alessandro, agradeço seu relato e lamento o ocorrido. Um abraço!

  126. daiane 18 de agosto de 2014 at 13:32 #

    Relato aqui minha Viagem a Santiago Chile. Viagem PERFEITA
    Saimos de guarulhos, chegando em Santiago, quando fui pegar minha mala, ela estava quebrada fui na LAN, reclamar, ele me deram de imediato 120 dólares pela mala velha quebrada. Uma grana a mais para a viagem.
    Ficamos no Hostel Providencia, lugar um pouco velho, mais seguro, perto do metrô, restaurante perto de tudo.
    Sou muito preocupada com detalhes, e muito desconfiada, ainda mais em um lugar desconhecido. Tudo foi perfeito, sem sustos, ou imprevistos. O pessoal desse hostel, são muito atenciosos e amigáveis.
    Quando tiver oportunidade vou voltar.

    • Diego M. 20 de agosto de 2014 at 13:12 #

      Oi Daiane, obrigado pelo relato. Um abraço!!

  127. Letícia 6 de setembro de 2014 at 0:06 #

    Olá… gostaria de registrar a minha experiência no passeio a Valparaíso e Viña del Mar. Realizei o passeio pela empresa Turistour, pois, contratei os serviços pela internet e há mais descontos se realizar com antecedência. Creio que quem é marinheiro de primeira viagem, compensa sim fazer o passeio com uma agência de turismo, pois, eles nos fornecem mtas informações sobre a região e também sobre os locais com segurança para transitar, pois, Valparaíso é um lugar perigoso e não muito bonito de se andar sozinho.. é preciso saber onde ir para conhecer as antigas casas habitadas pelos imigrantes.
    Abraços.

    • Diego M. 8 de setembro de 2014 at 15:09 #

      Oi Letícia, obrigado pelo relato. Um abraço!

  128. Lays 30 de setembro de 2014 at 15:36 #

    Oi, Diego. Qual seu email? Preciso tirar algumas dúvidas. Se vc puder, claro!

    • Diego M. 30 de setembro de 2014 at 22:11 #

      Lays, o e-mail do blog é meusroteirosdeviagem@gmail.com
      Mas você pode enviar sua duvida por aqui, pois ela pode ser a duvida de outros leitores tb. Um abraço!

  129. Érika Monteiro 30 de setembro de 2014 at 22:12 #

    Olá!
    Estou planejando uma viagem para Santiago em janeiro e gostaria de saber se vale a pena ir ao Valle Nevado.
    Obrigada!

  130. Raquel 7 de outubro de 2014 at 11:39 #

    Oi Diego.

    Queria te parabenizar pelo blog. Estou planejando uma viagem ao Chile no final de novembro, e já pesquisei diversos sites e blogs de viagem, mas o seu é o mais completo, detalhado e organizado que encontrei até agora! Vai ser a minha principal referência para a viagem!!! Não consigo nem imaginar o trabalho que deve ter dado organizar todas essas informações!!! Parabéns mesmo!!! E continue com esse trabalho, porque está muito bem feito e ajuda demais!!!!!! Depois eu passo por aqui para contar como foi a minha experiência!!!

    Abraço

    • Diego M. 7 de outubro de 2014 at 12:50 #

      Oi Raquel, muito obrigado pela sua msg, só aumenta minha motivação para continuar. Grande abraço e boa viagem!

  131. André 9 de outubro de 2014 at 18:25 #

    Muito bom seu blog, VC pode me a notar um roteiro de 6 dias para março?
    Obrigado

    • Diego M. 11 de outubro de 2014 at 11:13 #

      Oi André, por enquanto só posso te sugerir esse roteiro de 3 dias mesmo. Abs!

  132. Thiago 25 de outubro de 2014 at 21:52 #

    Roteiro completissimo!!
    Vou pra na primeira semana de novembro/14 e suas dicas vão me ajudar muito. Parabéns!!
    Abraço. Thiago

    • Diego M. 30 de outubro de 2014 at 17:06 #

      Obrigado Thiago, boa viagem!

  133. Bárbara 29 de outubro de 2014 at 16:24 #

    Parabéns pelo blog, Diego! Está me ajudando bastante no planejamento da minha viagem, que será no final de novembro. Você acha que a pena fazer um passeio para Viña del Mar, Valparaiso e Isla Negra no mesmo dia? Ou fica muito corrido? Esse tour é oferecido pela “mitour”. Inicialmente, eu tinha reservado um dia para Viña del Mar e Valparaiso e outro para Isla Negra. Mas se der pra fazer os três no mesmo dia, terei um dia para conhecer Cajón del Maipo.

    • Diego M. 30 de outubro de 2014 at 17:47 #

      Oi Bárbara, não visitei a ilha, mas talvez seja melhor fazer tudo isso em dois dias, pois um único dia deve ficar bem corrido. Depois volte para contar como foi o passeio, um abraço e boa viagem!

Trackbacks/Pingbacks

  1. Santiago do Chile – planejando a viagem .: O mundo aos meus pés - 21 de abril de 2013

    [...] http://viagem.decaonline.com/santiago-dicas-de-passeios/ http://oviajantecomilao.blogspot.com.br/search/label/Santiago http://www.meusroteirosdeviagem.com/2012/05/roteiro-de-3-dias-em-santiago-do-chile.html [...]

  2. Planejando um novo destino: Reveillon 2013-2014 em Santiago do Chile | Batalhas pelo mundo - 19 de agosto de 2013

    [...] Meus roteiros de viagem: Roteiro de 3 dias em Santiago do Chile [...]

  3. Mochilão pela América do Sul, partiu? (Planejando a viagem) | Pequeno Grande Mundo - 1 de setembro de 2014

    [...] you travel, Viagem em Cena, Matraqueando, The Way Travel Santiago: Muita Viagem, 4Pies, Viaje Sim, Meus Roteiros de Viagem, e o que a Chris já escreveu aqui no PGM Pucón: Point da Neve, Diário de Mochileiro, Seu [...]

Deixe uma resposta