Quem visita Gramado e quer conhecer alguma vinícola da Serra Gaúcha não precisa se deslocar até as cidades de Caxias do Sul ou Bento Gonçalves para fazer degustação de vinhos. A poucos minutos do centrinho da cidade encontra-se a Vinícola Ravanello, uma pequena empresa de origem familiar que produz vinhos de qualidade e oferece uma visita guiada bem agradável por sua propriedade. Veja neste post mais detalhes do passeio.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinícola Ravanello – Gramado

 

Veja também:
Roteiro de 3 dias em Gramado e Canela
Onde ficar em Gramado e Canela: dicas de hotéis
Gramado e Canela com crianças: 13 dicas de onde levar seus filhos
Um dia em Canela: as principais atrações turísticas

 

A Ravanello está localizada às margens da RS-235, no Km 28 – sentido Gramado-Caxias do Sul, a apenas 6,5 km da Igreja Matriz no centrinho da cidade, num rápido trajeto de carro que dura de 10 a 15 minutos. Nas proximidades da vinícola há placas na rodovia indicando a sua localização, mas para facilitar, a rua que dá acesso ao portão principal da empresa fica bem em frente ao recém-inaugurado Snowland, o parque da neve.

A visita guiada, que inclui degustação de três vinhos, custa 20 reais por pessoa e acontece de segunda à sábado nos seguintes horários: 10hrs, 11hrs, 14hrs, 15hrs e 16hs. Eu fiz a minha visita no primeiro horário de um dia da semana, no final do mês de julho, e estava bem tranquilo, nem cheguei a fazer reserva, fui direto na vinícola. Mas se você quiser reservar o seu passeio, as informações de contato podem ser entradas no site da Ravanello.

Vinícola Ravanello - Gramado

Jardim da vinícola

 

A visita teve início na recepção da vinícola, onde também funciona a loja para visitantes. Quem conduziu a primeira etapa foi o Alexandre Ravanello, um dos filhos do dono e que ajuda o pai a administrar a empresa. A primeira parada foi no jardim da vinícola, onde ele nos deu as primeiras informações gerais sobre a história da empresa, que eu vou resumir rapidamente.

A vinícola foi fundada pelo sr. Normélio Ravanello, um executivo formado em engenharia, mas que desde jovem sempre esteve envolvido nas atividades vitivinícolas da sua família. Em 2005 decidiu montar sua própria empresa, com a ajuda de sua esposa e seus filhos, e após alguns anos de preparação e pesquisa, a Ravanello deu início à sua vinificação na propriedade no começo de 2010.

Vinícola Ravanello - Gramado

Recepção e Loja

 

A segunda etapa da visita guiada passou pelos vinhedos da empresa, que possuem cerca de 2,4 hectares e situam-se numa encosta com cerca de 800 metros de altitude. O cima da região, com dias quentes e noites frescas, proporciona a amplitude térmica ideal para produzir vinhos de boa qualidade.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhedos

 

A Ravanello também adquire uvas de produtores parceiros localizados em outros municípios da região, cujo produção passa por uma inspeção com rigoroso controle de qualidade para garantir a qualidade dos bons vinhos que a empresa produz.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhedos

 

A minha visita foi feita no auge do inverno, quando os vinhedos estavam bem secos. Para encontra-los bem verdes e com uvas, eu teria que ter visitado a vinícola no início do ano, pouco antes da época da colheita.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhedos

 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as com sues amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 

Em seguida o passeio continuou dentro da produção e o primeiro ambiente visitado foi a sala com tanques de aço inoxidável onde ocorre a fermentação da bebida, uma das primeiras etapas do processo.

Vinícola Ravanello - Gramado

Tanques de Fermentação

 

No ambiente posterior fizemos nossa primeira degustação, um vinho branco Chardonnay 2012. Quem nos acompanhou a partir deste ponto foi o Luiz Gustavo, um jovem rapaz que é o enólogo da empresa e que demonstrou total domínio do assunto.

Vinícola Ravanello - Gramado

Degustação de vinho branco

 

Nesta sala há algumas máquinas que fazem parte da primeira etapa da vinificação. Uma delas é essa desengaçadeira, que separa os bagos da uva do cacho, sem esmaga-los.

Vinícola Ravanello - Gramado

Máquina para separar a uva

 

Ali nos foi explicado sobre todas as etapas iniciais do processo de produção dos vinhos. Na parede um mural também nos ajuda a entender como funciona a sequência de etapas, que começa com o plantio das mudas, passa pelo ciclo anual da planta para gerar as uvas e termina com o processo de vinificação, que consiste nos seguintes estágios: caixa de uva, câmara fria, desengace, seleção dos grãos, fermentação e estabilização em tanques de aço inoxidável, fermentação e estabilização em barricas de carvalho, envase automático e por fim o descanso das garrafas, para só depois serem enviadas para o consumo.

Vinícola Ravanello - Gramado

aa

Vinícola Ravanello - Gramado

Laboratório da vinícola

 

Na adega, onde encontram-se as barricas de carvalho com vinho em repouso, fizemos nossa segunda degustação, sempre acompanhada de explicações acerca do vinho que está sendo provado. Desta vez foi um tinto, mas eu realmente não me lembro qual era a uva nem a safra.

Vinícola Ravanello - Gramado

Adega

 

Passamos por um corredor onde encontravam-se centenas de garrafas em repouso, a última etapa da vinificação antes do envio para o consumo.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhos em repouso

 

A última degustação, que foi de um outro vinho tinto que eu não me lembro (peço desculpas!), ocorreu na sala onde está a máquina que engarrafa os vinhos.

Vinícola Ravanello - Gramado

Máquina para engarrafar

 

Ali o enólogo também nos explicou sobre o processo de produção das espumantes, cujas garrafas encontravam-se em repouso numa posição inclinada.

Vinícola Ravanello - Gramado

Espumantes em repouso

 

A visita terminou na recepção, onde funciona a loja da Ravanello. Aproveitei para comprar um vinho branco Chardonnay, o primeiro da degustação, que custou 38 reais.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhos Ravanello

 

A Ravanello é uma vinícola de pequeno porte, não produz vinhos em uma grande escala comercial, por isso não encontramos seus produtos em grandes redes de supermercado, por exemplo. Seus vinhos finos podem ser encontramos em restaurantes ou em adegas e empórios especializados. A visita à empresa pode ser uma boa oportunidade de levar algumas garrafas para casa de produtos exclusivos que não são encontrados com tanta facilidade.

O passeio durou cerca de 45 minutos e eu gostei bastante. O fato de ser uma pequena empresa familiar cria um clima mais intimista, bem diferente daquelas grandes vinícolas que possuem grandes estruturas para receber turistas. Tenho certeza que quem aprecia um bom vinho vai gostar de conhecer a Ravanello.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinhos Ravanello

 

No retorno ao centrinho de Gramado pela RS-235 paramos neste famoso pórtico de boas-vindas para tirar umas fotos.

Pórtico de Gramado via Nova Petrópolis (para quem vem de Caxias do Sul)

Pórtico de Gramado via Nova Petrópolis (para quem vem de Caxias do Sul)

 

Você já visitou a Ravanello? Conhece alguma outra vinícola na região?
Deixe seu comentário no final deste post!

 

Posts Relacionados:
Um passeio no centrinho de Gramado: as principais atrações turísticas
Gramado Zoo, o Zoológico com Animais da Fauna Brasileira
Gramado: A visita ao Museu de Cera e ao Museu da Harley
Canela: Os bondinhos do Parques da Serra e o Parque do Caracol
Como chegar a Gramado e Canela e estrada da Rota do Sol
Dica de hotel no centro de Gramado: Serrano Resort e SPA

 

Outras vinícolas já visitadas pelo blog:
São Joaquim – Degustação de Vinhos na Vinícola Villa Francioni
Mendoza: Degustação de espumantes e almoço na Bodega Chandon
Mendoza: As vinícolas do Valle de Uco – Andeluna e Salentein
Mendoza: A degustação de vinhos em etapas na Bodega Norton
Montevidéu – Visita Guiada e Degustação de Vinhos na Bodega Bouza
Santiago – Degustação de Vinhos na Vinícola Concha y Toro

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...