Um pedacinho da Europa no Sul do Brasil. É assim que podemos definir Gramado, um dos principais destinos turísticos do nosso país fora do litoral. A cidade, junto com sua vizinha Canela, recebe muitos turistas o ano inteiro e oferece atrações que atendem a todos os públicos, de casais em busca de uma viagem romântica a famílias com crianças em busca de lazer e diversão. Há muito o que ver e fazer na região, como atividades ao ar livre, museus, parques temáticos, uma boa oferta gastronômica sem falar nos famosos chocolates caseiros. Veja neste post uma sugestão de roteiro de 3 dias em Gramado e Canela para visitar as suas principais atrações turísticas.

Pórtico de Gramado via Nova Petrópolis (para quem vem de Caxias do Sul)

Pórtico de Gramado – Entrada via Nova Petrópolis

 

Veja também outros roteiros para sua viagem:
Roteiro de 4 dias em Buenos Aires
Roteiro de 4 dias em Montevidéu
Roteiro de 4 dias em Mendoza
Roteiro de 4 dias em Santiago
Roteiro de 5 dias em Florianópolis
Roteiro de 4 dias em Balneário Camboriú

 

As cidades de Gramado e Canela estão localizadas na região serrana do Rio Grande do Sul, a pouco mais de 100 km da capital Porto Alegre. Quem vai de avião precisa ir até a capital gaúcha ou a Caxias do Sul e depois seguir de ônibus ou carro. Algumas linhas de ônibus ligam Gramado a cidades em outros estados, mas às vezes também é necessário ir até Porto Alegre para depois pegar um segundo ônibus.

Quem vai de carro encontra várias opções de trajeto, entre eles a Rota do Sol, que liga o litoral à Serra Gaúcha e que possui alguns mirantes na beira da estrada com uma bela vista panorâmica. Veja mais detalhes sobre estes meios de transporte no post “Como chegar a Gramado e Canela e estrada da Rota do Sol“.

Para quem deseja alugar um carro no aeroporto Porto Alegre ou diretamente em Gramado, recomendo site RentalCars, que eu utilizei nas minhas últimas viagens e que pertence ao mesmo grupo do site de reserva de hotéis Booking.com. A pesquisa pelo RentalCars apresenta no resultado várias locadoras e tipos de veículos com os respectivos valores de locação, deixando bem especificado a questão dos seguros que estão incluídos no orçamento, evitando surpresas na hora da retirada do veículo. O site é todo em português e bem fácil de utilizar. Clique aqui para ver as opções de Porto Alegre ou neste outro link para ver pesquisar o aluguel de carro em Gramado.

Vista do mirante na Rota do Sol

Vista do mirante na Rota do Sol

 

Em relação à hospedagem, há diversas opções disponíveis tanto em Gramado quanto em Canela, de pousadas mais simples a resorts de montanha mais sofisticados, em várias faixas de preço e agradando a todos os públicos. Para escolher e reservar o seu hotel, não deixe de conhecer as sugestões do post “Onde ficar em Gramado e Canela: dicas de hotéis“.

A melhor forma de se deslocar pelas cidades para conhecer as atrações turísticas é de carro. É muito fácil dirigir por lá, as vias são bem sinalizadas e as atrações turísticas são próximas umas das outras. O transporte urbano também pode ser uma opção, assim como o serviço de agências de turismo local. Há ainda os ônibus turísticos, como o Fumacinha Turismo ou o Bus Tour, que ficam circulando entre uma atração e outra.

Fumacinha Turismo - Gramado

Fumacinha Turismo – Gramado

 

A seguir apresento uma sugestão de roteiro de 3 dias em Gramado e Canela com base no que coloquei em prática na minha última viagem à Serra Gaúcha. Mesmo que você fique menos ou mais dias na cidade, pode utilizar as dicas de cada dia como base para montar o seu próprio roteiro.

 

Dia 1

 

A sugestão para o primeiro dia é passear a pé e sem pressa pelo centrinho de Gramado, para visitar alguns dos principais pontos turísticos da cidade. O ponto de partida pode ser a Praça Major Nicoletti, onde fica o Centro de Informações Turísticas, um bom local para pegar mapas turísticos da região e dicas de última hora.

A praça fica na Av. Borges de Medeiros, uma das principais avenidas da cidade, com várias lojinhas, centros comerciais, cafés, casas de chocolate e restaurantes. As calçadas são largas e você vai encontrar com frequência os termômetros típicos de Gramado com relógio de ponteiro, que ficam congestionados para fotos principalmente nos dias em que a temperatura está bem baixa.

Entre as principais atrações turísticas do centrinho de Gramado, todas bem próximas umas das outras, estão a Rua Coberta, o Palácio dos Festivais, a Igreja Matriz São Pedro e a Fonte dos Desejos.

Há vários restaurantes na região central de Gramado, para todos os gostos. Um que eu gostei bastante e recomendo é o Josephina, que fica na rua ao lado da igreja. Veja outras sugestões de onde comer na região, seja de dia ou à noite, no post “Dicas de restaurantes, cafés e chocolates em Gramado e Canela“.

Av. Borges de Medeiros - Gramado

Av. Borges de Medeiros – Gramado

Igreja Matriz São Pedro

Igreja Matriz São Pedro

Rua Coberta - Gramado

Rua Coberta

 

A cerca de 700 metros da Igreja Matriz está a Rótula das Bandeiras, onde há uma grande estátua do Kikito, e bem próximo a ela fica o pequeno e agradável Lago Joaquina Rita. Você pode ir até lá a pé ou então de carro.

Numa rua próxima ao lago fica a atração Mini Mundo, uma pequena cidade em miniatura, com a reprodução reduzida de vários castelos, palácios, estações de trem e outras construções. É um bom local para levar as crianças, mas que pode ser sem graça se você não estiver viajando com filhos.

Lago Rita Bier - Gramado

Lago Rita Bier

Mini Mundo - Gramado

Mini Mundo

 

O dia pode terminar no Lago Negro, que fica um pouco mais afastado do centrinho de Gramado. É possível andar de pedalinho no lago ou então caminhar ao seu redor e sentar num banco para curtir a natureza e a tranquilidade do local.

Veja mais fotos e informações sobre estes locais do primeiro dia no post “Um passeio no centrinho de Gramado: as principais atrações turísticas“.

Lago Negro - Gramado

Lago Negro

 

Está gostando do roteiro?
Compartilhe-o com sues amigos nas redes sociais
utilizando os botões coloridos no canto esquerdo da tela

 

Dia 2

 

O segundo dia deste roteiro é dedicado à cidade de Canela. Se você estiver hospedado em Gramado vai precisar pegar a Avenida das Hortênsias, que possui em sua extensão várias atrações que podem ser visitadas, mas recomendo deixa-las para mais tarde. Logo no início da avenida você pode fazer uma parada rápida no Mirante do Belvedere, para fotografar a vista panorâmica do vale.

Vista do Mirante do Belvedere - Gramado

Vista do Mirante do Belvedere

 

Em Canela o primeiro destino é a Cascata do Caracol. Há duas formas de vê-la: a partir do Parque do Caracol, que é a forma mais econômica e tradicional; ou a partir dos bondinhos fechados do Parque da Serra, uma atração inaugurada recentemente que é um pouco mais cara, mas que permite ver a cascata de um outro ângulo. A cascata é tão bonita que você pode até visitar os dois locais, para fotografa-la de diferentes ângulos.

Mais informações sobre como ver a cascata você encontra no post “Canela: Os bondinhos do Parques da Serra e o Parque do Caracol“.

Cascata do Caracol vista do bondinho Parques da Serra - Canela

Cascata do Caracol vista do bondinho Parques da Serra

Cascata do Caracol - Canela

Cascata do Caracol vista do Parque do Caracol

 

Depois da cascata você pode atravessar a cidade para conhecer o Alpen Park, um pequeno parque de diversões com direito a montanha-russa, tirolesas, trenó de montanha, cinema 4D, arvorismo, quadriciclos, mirante com vista para o vale, entre outros atrativos. O estacionamento é pago, mas a entrada no local é gratuita. Você só paga se quiser brincar nas atrações do parque.

Alpen Park - Canela

Alpen Park – Canela

 

O passeio continua no centrinho de Canela, onde você pode fazer uma caminhada tranquila para visitar o comércio da região e também para visitar a imponente Catedral de Pedra, um dos principais cartões postais da Serra Gaúcha. Uma sugestão para o almoço pode ser o Empório Canela, que fica a poucos metros da igreja.

Veja mais detalhes sobre o que ver e fazer em Canela no post “Um dia em Canela: as principais atrações turísticas“.

Catedral de Pedra de Canela

Catedral de Pedra de Canela

 

No período da tarde, no retorno para Gramado, você pode aproveitar para visitar algumas das atrações que se encontram ao longo da Av. das Hortênsias. Há várias opções, como o Museu de Cera, o Museu da Harley, o Museu da Moda, o Super Carros, o Reino do Chocolate, a Aldeia do Papai Noel, entre outras atrações, vai depender do seu grau de interesse por cada uma delas.

Caso queira visitar todas ou muitas delas e não tenha tempo suficiente nesta tarde, pode deixar algumas para o dia seguinte. Destas atrações mencionadas, aqui no blog há o relato da visita ao Dreamland no post “Gramado: A visita ao Museu de Cera e ao Museu da Harley‘.

Museu de cera Dreamdland - Gramado

Rainha da Inglaterra, Ladi Di e Mister Bear no Museu de Cera Dreamland

 

 

Dia 3

 

A dica para o terceiro dia é visitar atrações mais distantes do centrinho de Gramado, começando pelo zoológico, passando pela vinícola (caso você tenha interesse por vinhos) e curtindo o resto do dia no parque da neve.

A Gramado Zoo é o único zoológico do país dedicado apenas a animais que pertencem à fauna brasileira, como araras, tucanos, papagaios, onça-pintada, puma, macaco-prego, anta, jacaré, entre outros bichos. Ele encontra-se a cerca de 7 km do centrinho de Gramado, às margens da rodovia RS-115. No retorno você pode aproveitar para bater uma foto de um dos pórticos de entrada da cidade.

Veja mais detalhes no post “Gramado Zoo, o Zoológico com Animais da Fauna Brasileira

Gramado Zoo - Zoológico

Araras no Gramado Zoo

 

Se você gosta de vinhos pode visitar Vinícola Ravanello, uma pequena empresa familiar que oferece aos turistas uma visita guiada pela propriedade e pela produção, incluindo a degustação de três diferentes vinhos. A vinícola fica a cerca de 6,5 km do centrinho de Gramado, às margens da rodovia RS-235, em frente ao Snowland.

Leia o relato da visita no post “Gramado: Degustação de vinhos na Vinícola Ravanello“.

Vinícola Ravanello - Gramado

Vinícola Ravanello

 

O Snowland é um parque de neve indoor inaugurado há poucos meses e que já se tornou umas das principais atrações turísticas de Gramado. O local possui uma grande estrutura, com lojas, cafés, restaurante e várias atrações para brincar, entre elas uma pista de patinação no gelo e uma montanha de neve artificial, onde é possível esquiar e praticar snowboard. Veja mais detalhes sobre tudo que você pode fazer lá, como chegar e quanto custa, no site do parque.

É na estrada que leva à vinícola e ao parque da neve que se encontra o pórtico de entrada mais famoso de Gramado, cuja imagem encontra-se no início deste roteiro. Então na ida a estas atrações, ou na volta, aproveite para fotografa-lo!

Snowland - Parque de Neve, Gramado

Snowland – Parque de Neve

 

Viagem com Crianças

Gramado e Canela possuem diversas atrações voltadas ao público infantil. Algumas delas estão sugeridas neste roteiro, mas há outras que você pode considerar acrescentar ao longo da programação. Descubra as possibilidades no post “Gramado e Canela com crianças: 15 locais para levar seus filhos

Pórtico de Gramado - entrada Taquaras (passagem para quem vem de Porto Alegre)

Pórtico de Gramado – entrada Taquaras (passagem para quem vem de Porto Alegre)

 

Chocolates

Independente do dia ou horário, você não pode deixar de visitar as lojinhas de chocolate caseiro, que estão espalhadas por todos os cantos de Gramado e Canela, e provar um delicioso chocoalte quente se estiver frio. Algumas empresas possuem a fábrica aberta para visitação. Veja algumas sugestões no final deste post.

 

Chocolates Pawer Gramado

Chocolate quente na Prawer

 

Para finalizar, veja a seguir um mapa com a localização de todas as atrações turísticas de Gramado e Canela mencionadas neste roteiro.

 

 

 

Você já visitou Gramado e Canela? Como foram seus passeios na região?
Deixe seu comentário no final deste post!

 

Conheça os roteiros de outras cidades brasileiras publicados no blog:
Roteiro de final de semana em Aparados da Serra para casais
Feriadão em Floripa: Roteiro de 3 dias
Roteiro de 5 dias nas praias de Florianópolis
Roteiro de 4 dias em Balneário Camboriú
Roteiro de 3 dias na Serra Catarinense
Roteiro de 2 dias em Salvador

 

Faça parte da comunidade “Meus Roteiros de Viagem”
Acompanhe o blog nas redes sociais FacebookTwitter e Google+
Siga o perfil @meusroteirosdeviagem no Instagram
e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...