Duas das principais atrações de Budapeste estão localizadas no lado da antiga Peste: o parlamento e a basílica de São Estevão. A região em torno destas atrações possui grandes praças, avenidas largas e prédios centenários. Apesar de ser uma área predominantemente residencial, ali estão alguns dos melhores restaurantes, hotéis e lojas da cidade.

O Parlamento Húngaro

 

O Parlamento Húngaro (Országház) abriu suas portas em 1902 e na época era considerado um dos maiores parlamentos do mundo, sendo superado apenas pelo Parlamento Britânico, que foi a principal inspiração para a sua construção. De estilo neo-gótico, é considerado um dos principais símbolos da cidade, juntamente com o Palácio Real.

O edifício está localizado junto à praça Kossuth Lajos. A melhor maneira de vê-lo por inteiro e tirar uma bela foto é a partir da margem oposta do Rio Danúbio. O jeito mais rápido de chegar do outro lado do rio é pegando a linha M2 de metrô na estação Kossuth Lajos tér, que fica ao lado do parlamento, e saltar na estação seguinte, Batthyány tér, que fica em frente ao parlamento, na margem oposta do rio.


Praça Kossuth Lajos

 

Seus dois lados são simétricos. Há 27 entradas e mais de 700 salas e gabinetes. O edifício ostenta muita riqueza, com dezenas de objetos e detalhes em ouro, pisos e paredes cobertas de mármore, colunas de granito e diversas pinturas e obras de arte. Na entrada principal há dois grandes leões esculpidos, e na escadaria principal há três belos afrescos no teto.

As jóias do coroa – a coroa de São Estevão e o Cetro real – são mantidas no parlamento, devidamente vigiadas por membros da guarda real. Elas são mantidas no salão central, considerado o coração do edifício. Este salão é atualmente utilizado para cerimônias oficiais e um dos principais destaques deste salão é sua grandiosa cúpula. Ela é sustentada por 16 pilares, sendo que em cada pilar há a estátua e um brasão de armas homenageando 16 antigos reis da Hungria. Sua altura é de 96 metros, homenageando o ano de fundação da Hungria (896), e é a mesma altura do domo encontrado na Basília de São Estevão.

Escadaria principal

 


A cúpula do Parlamento

 

Conhecer o interior do parlamento húngaro é um passeio muito interessante e imperdível! As visitas duram em torno de uma hora e meia e não podem ser realizadas de maneira individual, apenas em grupos guiados organizados pelo próprio parlamento. Elas ocorrem todos os dias, inclusive sábados e domingos, exceto feriados públicos. Os tours são divididos por idioma e por horário. Os ingressos precisam ser comprados com antecedência, geralmente de manhã cedo, pois só podem ser utilizados no mesmo dia da compra. Eles se esgotam muito rápido, já que o número é limitado e a procura é muito grande. As visitas não acontecem em dias de sessão parlamentar ou dias com visitas oficiais. Os idiomas e seus respectivos horários são:

Inglês – Todos os dias: 10h, 12h e 14h.
Alemão – Segunda a sábado: 11h e 15h. Domingo: 11h.
Francês – Todos os dias: 14h.
Russo – Segunda a sábado: 15h. Domingo: 12:30h.
Hebraico – Todos os dias: 10:30h e 1:30h.
Italiano – Segunda a sábado: 11:30h e 16h. Domingo: 11:30h.
Espanhol – Segunda a sábado: 11:30h e 16h. Domingo: 11:30h.

O tour em inglês é o mais procurado e os ingressos terminam rápido. Apesar de falarmos inglês, optamos por realizar o tour em espanhol pela questão do horário. A guia que nos acompanhou era húngara e funcionária do parlamento. Ela era extremamente simpática e seu espanhol muito fluente e fácil de compreender. Conosco haviam, além de espanhóis, vários portugueses e nenhum brasileiro. Ao longo do percurso visitamos os principais salões do edifício onde diversas histórias interessantes foram contadas e ainda presenciamos uma troca de guarda perante as jóias da coroa.

Os guardas e as jóias da coroa

 




 

A bilheteria fica no portão X, localizado junto à praça Kossuth Lajos.  Ela abre abre as 8h, quando uma longa fila já está formada. Por dois dias seguidos tentamos adquirir nossos ingressos para a visita, mas fomos tarde e os ingressos já estavam esgotados. No terceiro dia, as 8h em ponto já estávamos uma longa fila, debaixo de sol forte. Cidadãos europeus comprovando sua nacionalidade não pagam a entrada, enquanto os estrangeiros pagam 3400 huf, aproximadamente R$30,00.

Preste atenção se o idioma e o horário solicitados foram impressos corretamente no seu ingresso. Quando compramos, apesar de termos solicitado o tour em espanhol, nos foi entregue um ingresso para o tour em alemão. Só descobrimos isso na hora de entrar no parlamento. Por sorte, a guia foi muito simpática e nos deixou entrar mesmo assim.




Outra atração imperdível da cidade, localizada a poucas quadras do parlamento (1km), é a riquíssima Basílica de São Estevão (Szent Istvan Bazilika), uma das atrações mais fotografadas de Budapeste. Com capacidade para mais de 8 mil pessoas, é a maior e mais importante igreja da Hungria. Seu nome é homenagem ao primeiro rei húngaro, fundador do estado húngaro, que tornou-se santo após sua morte. Sua cúpula atual possui 96m, a mesma altura da cúpula do parlamento, e foi construída após a cúpula original ter cedido devido a sua má construção. Ela é decorada com mosaicos e possui uma plataforma de observação, acessada por elevador e escadas.

Na sua entrada principal há uma inscrição em latim: “EGO SUM VIA VERITAS ET VITA”, que em português significa “”Eu sou o caminho, a verdade e a vida”. Acima da inscrição estão várias estátuas de santos húngaro em homenagem à Virgem Maria e ao menino Jesus. Uma grande estátua de mármore em tamanho natural de São Estevão domina o principal altar da basílica. Em ambos os lados, pinturas do século XIX retratam cenas da vida do santo-rei.



A basílica é repleta de objetos preciosos, muitos deles de prata e ouro. Uma réplica da santa coroa húngara, cuja versão original encontra-se no parlamento, é a peça central de uma pequena coleção de jóias religiosa. Presentes dados para os reis da Hungria também estão em exposição, assim como o antebraço mumificado de São Estevão, que é exibido na Capela Mão Direita Sagrada, perto do altar.

É possível conhecer de graça o interior da basílica, mas para entrar em determinados setores, como a torre e os tesouros da igreja, é necessário pagar. Há também a opção de uma visita guiada, que ocorre de segunda à sexta, das 10h às 15h. Um ingresso deste tour custa 1600 huf para o passeio completo ou 1200 huf para a visita sem acesso à cúpula.




A cúpula da Basílica

 

 

Panorâmica

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 3 dias em Budapeste
Budapeste – Impressões Gerais
Budapeste – O Parlamento Húngaro e a Basílica de São Estevão
Budapeste – O Palácio Real, A Igreja Mathias e a região do Castelo de Buda
Budapeste – A Região Central e atrações do lado Peste
Budapeste – As Pontes, As Termas e a Ilha Margarita
Dica de Hotel em Budapeste – Best Western Premier Hotel Parlament
Dicas de Restaurantes e Compras em Budapeste
O Aeroporto de Budapeste e Transfer para o Hotel

 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...