O solo em boa parte do deserto do Atacama está repleto de sal e na região há muitas lagoas de água salgada. Alguns passeios permitem que você tome banho nessas lagoas, como no caso do tour da Laguna Cejar, um passeio que também inclui a parada em dois outros pontos, os Ojos del Salar e a Laguna Tebinquinche. Neste post vou mostrar como é este tour e contar como foi a experiência de entrar numa bem salgada.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Laguna Cejar

Este artigo faz parte de uma série de posts sobre o Chile
Clique aqui para acessar o índice com todas as dicas do Atacama e Santiago

 

Veja também:
Onde ficar no Atacama: Dicas de Hotéis
Roteiro de 5 dias no Atacama
Roteiro de 3 dias em Santiago do Chile
Roteiro de 4 dias em Mendoza
Roteiro de 4 dias em Buenos Aires

 

Eu fiz o tour da Laguna Cejar no quarto dia da minha viagem. Este é um passeio de meio período, geralmente realizado pelas agências no período da tarde.  Neste mesmo dia, pela manhã, conheci o Geiser el Tatio, que será assunto de um outro post em breve aqui no blog.

O passeio foi feito com a agência Araya Atacama, sobre a qual dou mais detalhes no post “Dica de agência para fazer passeios no Atacama“. O custo foi de 30.000 pesos chilenos por pessoa, que, na cotação encontrada na minha viagem (180 pesos = 1 real), equivale a aproximadamente 166 reais. Este valor inclui transporte, serviço de guia turístico, toalhas para se secar após o banho na lagoa e uma refeição ao final do passeio. Além do valor pago à agência, foi preciso pagar um ingresso de 15.000 pesos chilenos (aprox. 83 reais) para entrar no parque das lagoas.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Banho na Lagoa Cejar

 

A Laguna Cejar está localizada a pouco mais de 20 km de San Pedro de Atacama, em um setor que faz parte do grande salar do Atacama. A van da agência nos buscou no hotel pouco depois das 16:00h e em cerca de meia hora já estávamos estacionando no local, onde encontravam-se vans de muitas outras agências. Esse é um passeio bem popular na região e costuma ficar cheio de turistas no período da tarde.

No local há banheiros, vestiário para se trocar e também muitos chuveiros de água doce, essencial para tirar o sal do corpo após o banho na lagoa. Não há armários no local, então os pertences devem ser levados junto com a pessoa até a beira da lagoa, onde há alguns bangalôs para deixá-los.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Banheiro e vestiários

 

No local há três lagoas: Laguna Cejar, Laguna Piedra e Laguna Baltinache. O banho só é permitido em uma delas, a Laguna Piedra, que é a menor. As outras duas lagoas, maiores, só podem ser vistas bem de perto por trilhas e mirantes.

Para chegar na Laguna Piedra, onde acontece o banho, é preciso andar por um caminho que tem cerca de 200 metros de extensão partindo do estacionamento. A distância, apesar de curta, incomoda um pouco quando você precisa sair da lagoa com o corpo cheio de sal para chegar até as duchas de água doce, pois o atrito do sal excessivo no seu corpo enquanto você caminha é meio desagradável.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Caminho de acesso às lagoas

 

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Acesso às lagoas

 

Você já adquiriu um seguro viagem para visitar o Chile?
Clique aqui para saber como comprar na SegurosPromo com o cupom de desconto do blog!

 

Não é permitido utilizar protetor solar no local para não poluir as águas da lagoa. Por isso a recomendação é que você passe protetor no hotel, antes de iniciar o passeio. O uso de protetores é fundamental neste e em todos os passeios do Atacama, pois o sol na região é bem forte, especialmente no período da tarde. Outro item indispensável é a garrafinha de água, de preferência grande, pois você vai precisar se hidratar constantemente nos passeios.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Lagoa para banho

 

Estas lagoas possuem um índice de sal bem elevado, cerca de 33%, muito acima do que encontramos no mar, por isso ao entrar na água na água você não precisa fazer o mínimo esforço para ficar boiando. É o mesmo que acontece no Mar Morto, o gigante lago de água salgada do Oriente Médio.

Você pode entrar nesta lagoa mesmo que não saiba nadar, pois assim que o seu corpo estiver na água, você já estará flutuando. Em lagoas como esta não se deve mergulhar de cabeça. Também é bom evitar molhar o rosto, especialmente os olhos e a boca, devido ao excesso de sal que pode ser prejudicial.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Laguna Cejar

 

A água da lagoa é muito gelada, isso acaba fazendo algumas pessoas desistirem de tomar banho nela. Eu entrei e posso garantir que, após alguns segundos na água, você se acostuma e a temperatura deixa de ser um incômodo.

O banho é refrescante, especialmente se estiver fazendo uma tarde bem quente como a que estava no dia do meu passeio, realizado no final do mês de março. E a facilidade em boiar deixa o banho mais divertido e também relaxante, pois você não precisa fazer nenhum esforço para se manter na água.

Laguna Cejar - San Pedro de Atacama, Chile

Boiando na Laguna Cejar

 

Após cerca de uma hora no complexo da Laguna Cejar, da chegada à ducha de água doce, pegamos a estrada por cerca de 15 minutos para nossa próxima parada, um local chamado Ojos del Salar, onde é preciso pagar um ingresso de 2.000 pesos chilenos (aprox. 11 reais) para visitar.

Os Ojos del Salar, ou olhos do salar, são dois grandes buracos, bem próximos um do outro, provavelmente formados pela pressão da água em um solo fraco há muito tempo atrás. Diferente das lagoas visitadas anteriormente, a água nesses buracos é doce.

O banho é permitido só em um dos buracos, onde há algumas pedras na beirada que facilitam a pessoa sair da água. A água é gelada e o buraco é bem fundo, por isso é preciso saber nadar. A maioria das pessoas entra nele apenas para dar um salto na água, sem ficar na água tomando banho depois. Do meu grupo, apenas duas pessoas entraram na água. Eu e algumas outras pessoas optamos por não entrar, pois já estávamos secos do banho anterior e não queríamos nos molhar de novo.

Ojos del Salar - San Pedro de Atacama, Chile

Ojos del Salar

 

No outro buraco, onde o banho não é permitido, você pode caminhar ao redor dele e aproveitar o reflexo da água para tirar uma foto bem bacana.

Ojos del Salar - San Pedro de Atacama, Chile

Ojos del Salar

 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as nas redes sociais utilizando os botões no canto esquerdo da tela
ou, caso esteja no celular, utilize a barra inferior para enviar também pelo whatsapp

 

Ficamos pouco tempo nos Ojos del Salar, o suficiente para tirar algumas fotos e esperar as pessoas que queriam pular na água. Logo pegamos a estrada novamente por poucos minutos e chegamos na última parada do dia.

A Lagoa Tebinquinche é uma grande lagoa no salar do Atacama que impressiona pela quantidade de sal existente. No dia da minha visita, praticamente não havia água no local, apenas uma espessa camada de sal, formando um cenário impressionante com o chão branquinho contrastando com o azul do céu, tendo como pano de fundo montanhas e vulcões.

Lagoa Tebinquinche - San Pedro de Atacama, Chile

Lagoa Tebinquinche

 

Não é permitido entrar na lagoa, nem chegar muito perto. Toda a área é preservada e só podemos caminhar por uma trilha demarcada no entorno da Laguna Tebinquinche. Neste local fizemos uma caminhada que durou cerca de meia hora, com algumas paradas pelo caminho onde a nossa guia Vânia deu diversas explicações sobre a origem do local e também outras informações interessantes da região do Atacama.

Lagoa Tebinquinche - San Pedro de Atacama, Chile

Trilha demarcada na Lagoa Tebinquinche

 

Lagoa Tebinquinche - San Pedro de Atacama, Chile

Lagoa Tebinquinche

 

Ao final do passeio pudemos saborear um coquetel oferecido pela agência Araya, com tortas doce e salgada, frios, frutas, biscoitos e patês, além de água, suco e garrafas de vinho tinto. A refeição foi servida poucos minutos antes de mais um por do sol incrível no Atacama.

Lagoa Tebinquinche - San Pedro de Atacama, Chile

Coquetel ao fim do passeio

 

Lagoa Tebinquinche - San Pedro de Atacama, Chile

Por do sol na Lagoa Tebinquinche

 

No retorno para San Pedro de Atacama ainda foi possível observar um belíssimo anoitecer, com montanhas no horizonte e a participação da lua, que estava em sua fase crescente.

Por do sol em San Pedro de Atacama, Chile

Anoitecer no Atacama

Além do tour na Laguna Cejar, há um outro passeio no Atacama que oferece banho em lagoa salgada, o tour das Lagunas Escondidas de Baltinache, que na minha opinião é um pouco melhor que este que eu acabei de mostrar. O relato da visita às lagoas escondidas você pode ler neste link.

 

 

Você já visitou fez este passeio? Como foi a sua experiência?
Deixe um comentário no final deste post!

 

Acesse o índice com todas as dicas do Deserto do Atacama

 

⇒ PARA SUA VIAGEM ⇐

+ Seguro Viagem
Para fazer uma viagem tranquila e segura, lembre-se de adquirir o seu seguro de viagem na SegurosPromo, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços. Obtenha 5% de desconto na sua compra inserindo o código promocional MEUSROTEIROS5 no campo indicado da tela de pagamento. Você pode pagar o seu seguro em até 12x no cartão, mas se preferir pagar no boleto, ganha na hora mais 5% de desconto.

+ Hotéis
Confira as melhores ofertas de hotéis em Santiago San Pedro de Atacama no Booking.com, parceiro do blog desde 2012.

+ Aluguel de Carro
Se você está pensando em alugar um carro no Chile, faça sua cotação e reserva pelo RentCars, o portal que garante o melhor preço na sua locação, faz cobrança em reais e sem taxa de IOF, permite parcelar em até 12x no cartão, dá 5% de desconto no boleto e oferece atendimento em português.

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 5 dias no Atacama
Onde ficar no Atacama: Dicas de Hotéis
Atacama: O melhor passeio nas Lagoas Altiplânicas e Pedras Vermelhas
Atacama: A visita ao Vale da Lua e ao Vale da Morte
Atacama: Céu estrelado no Tour Astronômico da Astrocoya
Atacama: As águas termais das Termas de Puritama

 

⇒ REDES SOCIAIS ⇐

+ Siga o blog no Instagram @meusroteirosdeviagem e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

+ Curta e compartilhe os posts no Facebook seguindo a fan page do Meus Roteiros de Viagem