No deserto do Atacama, uma dos passeios que você pode realizar na sua viagem é a visita às Termas de Puritama, um conjunto de oito piscinas de águas termais bem quentinhas que te permitem relaxar bastante e curtir a natureza. Não é um tour que está entre os mais requisitados, mas pode ser uma alternativa bem agradável se você tiver meio período sobrando em seu roteiro. Neste post vou relatar como foi a minha visita, mostrando em detalhes como são as águas termais e a estrutura do local.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Termas de Puritama – San Pedro de Atacama

Este artigo faz parte de uma série de posts sobre o Chile
Clique aqui para acessar o índice com todas as dicas do Atacama e Santiago

 

Veja também:
Roteiro de 5 dias no Atacama
Onde ficar no Atacama: Dicas de Hotéis
Roteiro de 3 dias em Santiago do Chile
Roteiro de 4 dias em Mendoza
Roteiro de 4 dias em Buenos Aires

 

Eu visitei as Termas de Puritama no meu primeiro dia de passeios no Atacama. Minha intenção era visitá-las nos últimos dias da viagem, para dar uma relaxada depois de realizar tantos passeios, mas no roteiro preparado pela minha agência esta visita às termas acabou ficando para a manhã do primeiro dia, bem no início da minha viagem.

Essa mudança acabou sendo ótima, pois passei o dia anterior inteiro viajando do Brasil para o Chile e com o atraso do meu voo só cheguei no meu hotel em San Pedro de Atacama depois da meia noite, sendo que poucas horas depois já tive que acordar para começar este passeio, então consegui descansar da viagem relaxando nas águas termais.

Este tour de meio período, que pode ser de manhã ou à tarde, foi feito com a agência Araya Atacama, sobre a qual dou mais detalhes no post “Dica de agência para fazer passeios no Atacama“. O custo foi de 35.000 pesos chilenos por pessoa para a agência, aproximadamente 194 reais, seguindo a cotação que eu encontrei nesta viagem (180 pesos = 1 real). Este valor inclui o transporte na van da agência com poucas pessoas, acompanhamento de guia, coquetel com comidas e bebidas ao fim do passeio, e também toalhas para se secar após o banho nas piscinas. A visita às termas também é oferecida por outras agências.

Além deste valor pago à agência, foi preciso pagar um ingresso no início do passeio para entrar na propriedade das termas. Este ingresso custou 15.000 pesos chilenos por pessoa (aprox. 83 reais). Este é o valor de entrada para quem visita as termas de manhã ou aos finais de semana. Para quem vai à tarde, o preço é um pouco mais baixo, 9.000 pesos chilenos por pessoa (aprox. 50 reais). Valores de março de 2018 e sujeitos a alteração.

Na estrada com os guias da Araya

 

As Termas de Puritama encontram-se a cerca de 35 km de San Pedro de Atacama. A van da agência, com o motorista Patrício e a guia Vânia, nos buscou no hotel às 8:30 e chegamos ao local cerca de meia hora depois. A estrada tem um longo trecho de chão batido e o cenário é típico do Atacama, muito árido, com pouquíssia vegetação, incluindo alguns cactos, e muitas montanhas e vulcões ao fundo.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Estrada para as Termas de Puritama

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Vulcões na estrada

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Cactos no caminho

 

Você já adquiriu um seguro viagem para visitar o Chile?
Clique aqui para saber como comprar na SegurosPromo com o cupom de desconto do blog!

 

As termas funcionam das 9h15 às 17h30. Chegamos lá poucos minutos antes da abertura, o portão ainda estava fechado. O ingresso foi pago ali mesmo, no guichê da entrada. De manhã o local não enche tanto, acredito que por ser mais caro e também pelo clima mais frio. Dizem que à tarde fica bem cheio, há mais turistas visitando as águas termais.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Portão de entrada

 

A altitude no local das termas é de aproximadamente 3.400 metros, cerca de mil metros a mais que a altitude encontrada em San Pedro de Atacama. Essa variação brusca em pouco tempo pode causar certos efeitos colaterais em algumas pessoas, como enjoo e dor de cabeça, por isso um remedinho é sempre importante. Como era o meu primeiro dia no Atacama e eu ainda não estava aclimatado às altitudes elevadas senti um pouco no começo. Qualquer caminhada de poucos metros já era o suficiente para ficar ofegante. Mas aos poucos você vai se acostumando com isso e vai deixando de sentir os efeitos.

As termas estão localizadas num grande e impressionante vale, que pode ser visto de um mirante próximo ao portão de entrada. No local há um estacionamento, onde os veículos grandes devem ficar. Nestes casos o passageiro precisa descer uma grande ladeira para chegar às águas termais. A van da nossa agência teve permissão para descer, com isso estacionamos bem na entrada das piscinas.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Vista panorâmica das termas

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Descida para as termas

 

Ao todo são 8 piscinas termais, abastecidas com água do Rio Puritama, um nome que na língua indígena local significa águas calientes (águas quentes). É fácil entender porque as águas são naturalmente aquecidas, afinal a região do Atacama há séculos possui uma grande atividade de vulcões e com isso seu solo é repleto de rochas vulcânicas quentes.

As Termas de Puritama são de propriedade do grupo Explora, que também é proprietário do hotel de luxo Explora Atacama. Por causa disso, uma das piscinas de águas termais, a número 1, é fechada para uso exclusivo dos hóspedes do hotel. As outras 7 piscinas estão liberadas para uso dos turistas.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Águas termais

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Piscina nas termas

 

A temperatura das águas termais varia de 28 a 33 graus. As piscinas encontram-se dispostas num terreno com leve declive, então a água vai descendo de uma para a outra formando pequenas quedas d’água. A impressão que eu tive é que a temperatura ia diminuindo conforme a água ia descendo, ou seja, achei a piscina 2 a mais quente e a piscina 8, a última, a menos quente de todas. Tomei banho em todas elas, começando da última e depois subindo até a segunda. No fim escolhi a que mais gostei para gastar os últimos minutos do passeio.

Minha visita foi no final do mês de março, últimos dias de verão. O clima neste dia estava agradável, começou friozinho de manha, mas ao longo da manhã o tempo foi esquentando. Fazer a transição de uma piscina quente para a outra era um pouco gelado, mas a toalha fornecida pela agência ajudou a manter o corpo aquecido.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Queda entre as piscinas

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Uma das piscinas das termas

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Curtindo o visual

 

Todos os caminhos no interior das Termas de Puritama são formados por um extenso deck de madeira que dá acesso a todas as piscinas de águas termais.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Passarela de madeira ligando as piscinas

 

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Deck em uma das piscinas

 

Está gostando das dicas?
Compartilhe-as nas redes sociais utilizando os botões no canto esquerdo da tela
ou, caso esteja no celular, utilize a barra inferior para enviar também pelo whatsapp

 

No local há banheiros e também vestiários com armários para se trocar e guardar os pertences.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Vestiário e banheiros

 

Há ainda um espaço coberto com algumas mesas. É ali que os guias ficam esperando os seus clientes. Nossa guia Vânia ficou o tempo todo ali cuidando de nossas mochilas e preparando o coquetel.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Mesas para comer e descansar

 

Ao final do tour, a agência Araya nos ofereceu um saboroso coquetel, com fajitas mexicanas, frios, frutas, água, suco e garrafas de vinho branco. Foi uma refeição saborosa que deixou o passeio relaxante nas águas termais ainda mais agradável.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Coquetel ao final do passeio

 

Perto do meio-dia saímos das termas, pegando a estrada de volta para San Pedro de Atacama. Neste mesmo dia, à tarde, fizemos o ótimo tour do Vale da Lua e Vale da Morte, cujo relato completo você encontra neste link.

A visita às Termas de Puritama não está entre os passeios imperdíveis no Atacama, mas pode ser uma boa opção se você tiver mais folga no seu cronograma. Eu tinha cinco dias inteiros para realizar passeios, por isso decidi reservar meio período para conhecê-las e não me arrependi. Eu e meus amigos gostamos muito do passeio, foi bem gostoso e relaxante.

Termas de Puritama - San Pedro de Atacama, Chile

Relaxando nas termas

 

Você já visitou as Termas de Puritama? Como foi a sua experiência?
Deixe um comentário no final deste post!

 

Acesse o índice com todas as dicas do Deserto do Atacama

 

⇒ PARA SUA VIAGEM ⇐

+ Seguro Viagem
Para fazer uma viagem tranquila e segura, lembre-se de adquirir o seu seguro de viagem na SegurosPromo, que compara a cotação de algumas das principais operadoras de seguros do mercado, sempre com os melhores preços. Obtenha 5% de desconto na sua compra inserindo o código promocional MEUSROTEIROS5 no campo indicado da tela de pagamento. Você pode pagar o seu seguro em até 12x no cartão, mas se preferir pagar no boleto, ganha na hora mais 5% de desconto.

+ Hotéis
Confira as melhores ofertas de hotéis em Santiago San Pedro de Atacama no Booking.com, parceiro do blog desde 2012.

+ Aluguel de Carro
Se você está pensando em alugar um carro no Chile, faça sua cotação e reserva pelo RentCars, o portal que garante o melhor preço na sua locação, faz cobrança em reais e sem taxa de IOF, permite parcelar em até 12x no cartão, dá 5% de desconto no boleto e oferece atendimento em português.

 

Posts Relacionados:
Roteiro de 5 dias no Atacama
Onde ficar no Atacama: Dicas de Hotéis
Onde comer no Atacama: Dicas de Restaurantes
Atacama: Os cenários incríveis no tour do Salar de Tara
Atacama: A visita ao impressionante Geiser el Tatio
Atacama: Um banho nas Lagoas Escondidas de Baltinache
Atacama: O Tour do Vinho e o Salar do Atacama

 

⇒ REDES SOCIAIS ⇐

+ Siga o blog no Instagram @meusroteirosdeviagem e marque suas fotos com a hashtag #meusroteirosdeviagem

+ Curta e compartilhe os posts no Facebook seguindo a fan page do Meus Roteiros de Viagem